Efetividade de um programa de exercícios combinados sobre as variáveis antropométricas, composição corporal e testes neuromotores em mulheres idosas

Jorge Luiz de Brito-Gomes, Manoel da Cunha Costa, Raphael José Perrier-Melo, Ademar Lucena, Marcos André Moura dos Santos, Fernando José de Sá Pereira Guimarães

Resumo


Introdução: o envelhecimento é um processo irreversível constituído por declínios de diversos componentes do corpo humano. Sabe-se que o envolvimento nas diferentes formas de expressão dos exercícios físicos tem sido considerado de grande importância para redução deste declínio. Objetivos: verificar o impacto de 12 semanas de treinamento combinado sobre as variáveis antropométricas, composição corporal e aptidão neuromotora de idosas. Materiais e Métodos: trata-se de um estudo transversal, realizado com 160 mulheres (63,8 ± 2,9 anos), divididas em Grupo experimental (GE), que realizaram uma intervenção sistematizada durante 12 semanas com 5 sessões semanais e o Grupo controle (GC) que mantiveram suas atividades habituais. Resultados: os resultados demonstraram diferenças significativas nas variáveis antropométricas e composição corporal após o tempo de intervenção no GE e GC. No entanto, apenas no GE foi observado evoluções significativas nas variáveis relacionadas à aptidão física (flexibilidade, 13.7 ± 4.4 vs 14.1 ± 4.3 cm; e força de preensão 23.0 ± 6.2 vs 23.4 ± 5.8 Kg/F). Conclusão: o treinamento combinado foi capaz de alterar positivamente a composição corporal, melhorar a flexibilidade e força muscular em idosas após 12 semanas de intervenção.

 

ABSTRACT

Effectiveness a combined exercise program on anthropometric variables, body composition and neuromotor tests in elderly women

Introduction: Aging is an irreversible process consisting of declines of several systems of the human body. It is known that the involvement in different forms of expression of physical exercises has been considered of great importance to reduce this decline. Objective: to investigate the impact of 12 weeks of combined training on anthropometric variables, body composition and neuromotor fitness of elderly women. Methods: This is a cross-sectional study involving 160 women (63,8 ± 2,9 years) were divided into experimental group (GE), which conducted a systematic intervention for 12 weeks with 5 weekly sessions and control group (GC) who maintained their usual activities.Results: The results showed significant differences in anthropometric variables and body composition after the time of intervention in the experimental and control groups. However, only in GE significant changes were observed in the related physical fitness (flexibility, 13.7 ± 4.4 vs 14.1 ± 4.3 cm; and grip strength, 23.0 ± 6.2 vs 23.4 ± 5.8 Kg/F). Conclusion: Combined training was able to positively alter body composition, improve flexibility and muscle strength in elderly women after 12 weeks of intervention.


Palavras-chave


Treinamento concorrente; Flexibilidade; Idoso

Texto completo:

PDF

Referências


-Assunção, W. A. C. A.; e colaboradores. Comportamento da gordura abdominal em mulheres com avanço da idade. Revista da Educação Física. Vol. 24. Num. 2. 2013. p. 287-294.

-Borganha, V.; e colaboradores. Força muscular e composição corporal de mulheres na pós-menopausa: Efeitos do treinamento concorrente. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. Vol. 13. Num. 2. 2009. p.1-7.

-Cabral, A.; e colaboradores. Body composition and functional autonomy of older adult women after a resistance training program. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online. Vol. 6. Num. 1. 2014. p.74-85.

-Campos, A. L. P.; e colaboradores. Efeitos do treinamento concorrente sobre aspectos da saúde de idosas. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 15. Num. 4. 2013. p.437-447.

-Chodzko-Zajko, W. J.; e colaboradores. American College of Sports Medicine position stand. Exercise and physical activity for older adults. Medicine and science in sports and exercise. Vol. 41. Num. 7. 2009. p.1510-1530.

-Haskell, W. L.; e colaboradores. Physical activity and public health: updated recommendation for adults from the American College of Sports Medicine and the American Heart Association. Circulation. Vol. 116, Num. 9. 2007. p.1081-1093.

-Heyward, V. H. Avaliação Física e Prescrição de Exercício: técnicas avançadas. 4ª edição. Artmed.

-Izquierdo, M.; e colaboradores. Once Weekly Combined Resistance and Cardiovascular Training in Healthy Older Men. Medicine & Science in Sports & Exercise. Vol. 36. Num. 3. 2004. p.435-443.

-Jackson, A S.; Pollock, M. L. Generalized equations for predicting body density of men. The British journal of nutrition. Vol. 40. Num. 1. 1978. p.497-504.

-Jiménez, M. M. C.; Párraga, J. J.; Lozano, E. Incidencia de un programa de entrenamiento en mujeres mayores de 60 años. Revista Internacional de Medicina y Ciencias de la Actividad Física y del Deporte. Vol. 13. Num. 50. 2013. p.217-233.

-Leveritt, M.; e colaboradores. Concurrent Strength and A Review. Jounal of Sports of Medicine. Vol. 28. Num. 6. 1999. p.413-427.

-Mathews, D. K. Medidas e avaliação em educação física. 5ª edição. Rio de Janeiro. Editora Interamericana. 1980.

-Matsudo, S. M.; Matsudo, V. K. R.; Neto, T. L. B. Impacto do envelhecimento nas variáveis antropométricas , neuromotoras e metabólicas da aptidão física physical fitness Efeitos do Envelhecimento e sua Relação com a Aptidão Física. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 8. Num. 4. 2000. p.21-32.

-Mcardle, W. D.; Katch, F. I.; Katch, V. L. Fisiologia do exercício: energia, nutrição e desempenho humano. 5ª edição. Guanabara Koogan.

-Poehlman, E. T. Menopause, energy expenditure, and body composition. Acta obstetricia et gynecologica Scandinavica. Vol. 84. Num. 11. 2002. p.1131.

-Rebelatto, J.; e colaboradores. Influência de um programa de atividade física de longa duração sobre a força muscular manual ea flexibilidade corporal de mulheres idosas. Rev. bras. fisioter. Vol. 10. Num. 1. 2006. p.127-132.

-Rossato, M.; e colaboradores. Efeito de um treinamento combinado de força e endurance sobre componentes corporais de mulheres na fase de perimenopausa. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 7. Num. 1. 2007. p.92-99.

-Seco, J.; e colaboradores. A long-term physical activity training program increases strength and flexibility, and improves balance in older adults. Rehabilitation nursing : the official journal of the Association of Rehabilitation Nurses. Vol. 38. Num. 1. 2013. p.37-47.

-Silva, M. C.; Rombaldi, A. J.; Campos, A. L. P. Ordem dos exercícios físicos aeróbio e com pesos na aptidão física de mulheres acima de 50 anos. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 12. Num. 2. 2010. p.134-139.

-Siri, W. E. Body composition from fluid spaces and density. In: Brozek J, Henschel A, editors. Techniques for measuring body composition.

-Sousa, L. G. O.; e colaboradores. Estudo transversal de variáveis antropométricas e da aptidão fisica de mulheres idosas do Recife-PE. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte. Vol. 9. Num. 2. 2010. p.121-133.

-Stewart, A.; e colaboradores. International society for the advancement of kinantropometry. International Standards for Anthropometric Assessment. Australia. 2012.

-Teixeira, A. V.; Rocha, G. M. Efeito de um protocolo de treinamento de força periodizado sobre a composição corporal de mulheres com idade entre 50 e 60 anos. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercicio. Vol. 8. Num. 44. 2014. p.117-124. Disponível em:

-WHO, W. H. O. Obesity: Preventing and managing the global epidemic. 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui