Comparativo do treinamento aeróbico antes e depois do treinamento resistido para a redução do percentual de gordura em mulheres jovens iniciantes na musculação

Vitor Flenik Guimarães, Carla Werlang-Coelho, Ruan Feliphe Maresana

Resumo


Introdução: Segundo projeção da Organização Mundial de Saúde (2015, web), para o ano de 2025, haverá 2,3 bilhões de pessoas com sobrepeso e mais de 700 milhões de obesos. Objetivo: Comparar se há diferença entre a realização do treinamento aeróbico antes ou depois do treinamento contra resistência para a redução do percentual de gordura corporal em mulheres jovens. Metodologia: Participaram desse estudo 14 mulheres, com idade média de 20,7±3,0 anos, IMC de 27,1 ± 3,55 kg/m² e com percentual de gordura 30,0 ± 2,82. As mulheres foram divididas em dois grupos experimentais que realizaram 20 minutos de corrida com intensidade intervalada antes (TCRAA) e depois (TCRDA) de um protocolo de oito exercícios contra resistência durante 12 semanas. Também foram realizadas coletas de lactato em diferentes sessões. Resultados: No grupo TCRAA, houve um aumento de 0,3kg na massa corporal total, redução em 2,09% do percentual de gordura (p=0,12) o equivalente a uma perda de 0,69kg de tecido adiposo e aumentou 2,61kg de massa muscular. Todos os valores sem diferenças significativas. No grupo TCRDA, aumentou 0,29kg na massa corporal total, reduziu o percentual de gordura em 1,24% (p=0,34), representando 0,94kg, e a massa muscular aumentou 1,71kg. Conclusão: Conclui-se que não houve diferença significativa entre os dois grupos na diminuição do percentual de gordura entre as avaliações iniciais e finais do protocolo experimental, porém houve aumento significativo no ganho de massa muscular.

 

ABSTRACT 

Comparison of aerobic training before and after training resisted for the reduction of percentage of fat in young women initiating in musculation

Introduction: According to the World Health Organization, in 2025 there will be 2.3 billion overweight and 700 million obese people. A sedentary lifestyle is a major factor for this increase. Objective: To compare the difference between performing aerobic training before and after resistance training to reduce the percentage of body fat in young women. Materials and methods: 14 women participated in this study, mean age 20.7 ± 3.0 years, BMI 27.1 ± 3.55 km / m² with fat percentage 30.0 ± 2.82. The women were divided into two groups that performed 20 minutes of running with Interval intensity before (TRAA) and after (TRDA) from a protocol of eight exercises against resistance for 12 weeks. Also lactate samples were taken at different sessions. Results: In TRAA group, there was an increase of 0.3kg in total body mass, decreased by 2.09% fat percentage (P> 0.12) equivalent to a loss of 0,69kg adipose tissue and increased 2,61kg of muscle mass. All values without significant differences. In TRDA group 0,29kg there was increase in total body mass, fat percentage decreased 1.24% (p> 0.34), in kilograms, 0,94kg, and muscle mass increased 1,71kg between final evaluation and initial. Conclusion: It is concluded that there was no significant difference between the two groups in the percentage of body fat (p> 0.27) between the initial and final evaluations of the experimental protocol, but there was an increase in muscle mass.

Palavras-chave


Treinamento de resistência; Treinamento aeróbico; Gordura abdominal; Emagrecimento; Mulheres jovens

Texto completo:

PDF

Referências


-American College of Sports Medicine. A quantidade e o tipo recomendados de exercícios para o desenvolvimento e a manutenção da aptidão cardiorrespiratória e muscular em adultos saudáveis. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 4. Núm. 3. p.96-106. 1998

-Arruda, D.P.; Assumpção, C. O.; Urtado, C. B.; Dorta, L. N. O.; Rosa, M. R. R.; Zabaglia, R.; de Souza, T. M. F. Relação entre treinamento de força e redução do peso corporal. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 4. Núm. 24. p.605-609. 2010. Disponível em:

-Domingues, F. L. A. Obesidade & atividade física. Jundiai. Fontoura. 2000.

-Dorneles, G. P.; Sant’Anna, M. M.; da Silva, R. N.; de Lemos, L. S.; Cassales, M. H.; Medeiros, F. M.; Peres, A.; Ribeiro, J. L. Comparação das respostas de frequência cardíaca e concentrações de lactato entre dois métodos de treinamento de musculação. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 6. Núm. 34. p.379-387. 2012. Disponível em:

-Fisiologia do exercício. Brasília. Fundação Vale. UNESCO. 2013. p.74. Cadernos de referência de esporte 2.

-Gentil, P. Emagrecimento: quebrando mitos e paradigmas. 3ª edição. 2014

-Gueths, M. As características e prescrições de um exercício aeróbico. Revista digital EfDeportes. Buenos Aires. Vol. 9. Núm. 67. 2003.

-Kang, J.; Ratamess, N. Wich comes first? Resistence before aerobic excersise or virce versa? ACSM’s Health & Fitness Journal. Vol. 18. Núm. 1. 2014.

-Kenney, W. L.; Wilmore, H. Jack.; Costill, L. David. Fisiologia do esporte e do exercício. Manole. 2013.

-Marins, J. C. B.; Giannichi, R. S. Avaliação e Prescrição de atividade física: guia prático. 2ª edição. Rio de Janeiro. Shape. 1998.

-Mancini, M. C. Obstáculos Diagnósticos e Desafios Terapêuticos no Paciente Obeso. Arquivo Brasileiro de Endocrinologia e Metabolismo. Vol. 45. Núm. 6. 2001.

-Mcardle, W. D; Katch, F. I; Katch, V. L. Nutrição para o desporto e o exercício. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 2001.

-Mêneses, A.; e colaboradores Validade das equações preditivas de uma repetição máxima varia de acordo com o exercício realizado em adultos jovens treinados. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Vol. 18. Núm. 1. p.95-104. 2013.

-Miqueleto, B. C. Métodos de Avaliação e Controle da Composição Corporal por Meio de Exercícios Resistidos e Aeróbios. Monografia do curso de educação física. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Bauru. 2011.

-Nascimento, M. G. B. Musculação, exercício aeróbico e suas relações com o emagrecimento. 2001. Dissertação de Pós-Graduação stricto Senso em educação física. Universidade Católica de Brasília.

-Oliveira, C. L.; Firsberg, M. Obesidade na Infância e Adolescência - Uma Verdadeira Epidemia. Abeso. Disponível em: . Acesso em: 05/02/2015.

-OMS. Mapa da obesidade. Abeso. 2015. Disponível em: . Acesso em: 13/05/2015.

-Pinto, L. C. Treinamento Concorrente: efeito da ordem dos exercícios sobre o dispêndio energético agudo. Monografia do curso de educação física. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. 2011.

-Santarem, J. M. Exercícios resistidos. Treinamento resistido. Disponível em: . Acesso em: 29/04/2015.

-Silva Filho, J. N. S. Treinamento de força e seus benefícios voltados para um emagrecimento saudável. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 7. Núm. 40. p.329-338. 2013. Disponível em:

-Viana, M. V.; Fernandes Filho, J.; Dantas, E. H. M.; Perez, A. J. Efeitos de um programa de exercícios físicos concorrentes sobre a massa muscular, a potência aeróbica e a composição corporal em adultos aeróbicos e anaeróbicos. Fitness and Performance Journal. Vol. 6. Núm. 3. p.135-139. 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui