Análise de desempenho do nado crawl por meio da cinemetria

Lucas de Assis Voltolini, William Cordeiro de Souza, André de Camargo Smolarek, Valderi Abreu de Lima, Adriélle da Costa, Luis Paulo Gomes Mascarenhas

Resumo


Objetivo: O presente estudo teve como objetivo analisar o desempenho do nado crawl utilizando a cinemetria após intervenção de treinamento. Métodos: A amostra foi constituída por 36 nadadores de ambos os sexos entre nove e 19 anos de idade. A pesquisa consistiu em duas etapas, com quatro meses entre ambas, nas quais foram realizadas avaliações antropométricas, sendo coletada a massa corporal (MC), estatura (ET), estatura sentado (ES), envergadura (E), comprimento de mão (CM), perímetro de pescoço (PP) e dobras cutâneas (DC) para obter percentual de gordura (%G), e filmagens da prova de 50 e 100 metros do nado crawl em piscina de 25 metros, nas quais foram coletadas as variáveis tempo total (TT), tempo parcial (TP), frequência de braçadas (FB) e comprimento de braçadas (CB) a cada 25 metros. Para análise dos dados estatisticamente utilizou-se o teste t na comparação das alterações durante o período de realização da pesquisa, todas as análises estipuladas com nível de significância 0,05. Resultados: Houve aumento da variável antropométrica MC, ET, ES, E e PP, e diminuição das DC e %G durante intervenção. Identificou-se no pós-teste diminuição do TT, aumento do CB e diminuição da FB nas provas de 50 e 100 metros. Conclusão: Melhores combinações de CB e FB podem melhorar o desempenho esportivo no estilo de crawl em crianças e adolescentes praticantes de natação.

 

ABSTRACT 

Performance analysis of front crawl through kinematics

Objective: The objective of this study was to analyze the crawl performance using the kinetics after training intervention. Methods: The sample consisted of 36 swimmers of both sexes between nine and 19 years of age. The study consisted of two stages, with four months between the two, in which anthropometric evaluations were carried out. Body mass (BM), height (H), sitting height (SH), span (S), hand length (HL), neck perimeter (NP) and skin folds (SD) to obtain percentage of fat (%F), and 50-meter and 100-meter swimming-pool crawl in a 25-meter pool, in which the variables total time (TT), partial time (TP), stroke frequency (SF) and stroke length (SL) every 25 meters. Statistical analysis of the data was performed using the t-test in the comparison of the changes during the period of the research, all the stipulated analyzes with a significance level of 0.05. Results: There was an increase in the anthropometric variable BM, H, SH, S and NP, and a decrease in SD and %F during intervention. In the post-test, TT decreased, CB increased and FB decreased in the 50 and 100-meter tests. Conclusion: Better combinations of SL and SF can improve crawl-like sports performance in swimming children and adolescents.


Palavras-chave


Natação; Desempenho; Cinemetria

Texto completo:

PDF

Referências


-Caputo, F.; Lucas, R.D.; Greco, C.C.; Denadai, B.S. Características da braçada em diferentes distâncias no estilo crawl e correlações com a performance. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 8. Núm. 3. p. 7-13. 2000.

-Castro, F.A.S.; Guimarães, A.C.S.; Moré, F.C.; Lammerhirt, H.M.; Marques, A.C. “Cinemática Do Nado ‘Crawl’ Sob Diferentes Intensidades e condições de Respiração de Nadadores e Triatletas.” Revista Brasileira de Educação Física e Esportes. Vol. 19. Núm. 3. p.223-232. 2005.

-Chollet, D.; Chalies, S.; Chatard, J.C. A new index of coordination for the crawl: description and usefulness. International Journal of Sports Medicine. Vol. 21. Núm. 1. p.54-59. 2000.

-Craig Junior, A.B.; Skehan, P.L.; Pawelczyk, J.A.; Boomer, W.L. Velocity, stroke rate and distance per stroke during elite swimming competition. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 17. Núm. 6. p.625-634. 1985.

-Deminice, R.; Papoti, M.; Zagatto, A.M.; Prado Júnior, M.V. Validade do teste de 30 minutos (T-30) na determinação da capacidade aeróbia, parâmetros de braçada e performance aeróbia de nadadores treinados. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 13. Núm. 3. p.195-199. 2007.

-Fernandes, J.R.P.; Lobo da Costa, P.H. Pedagogia da natação: um mergulho para além dos quatro estilos. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 20. Núm. 1. p.5-14. 2006.

-Gallahue, D.L.; Ozmun, J.C. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescente e adultos. São Paulo: Phorte. 2001.

-Gomes, A.C. Treinamento Desportivo: estruturação e periodização. Artmed. 2002.

-Guo, X.; Li, Y.; Sun, G.; Yang, Y.; Zheng, L.; Zhang, X.;Sun, Z.; Ma, H.; Wang, N.; Jiang, M.; Li, J.; Sun, Y. Prehypertension in children and adolescents: association with body weight and neck circumference. Internal Medicine. Vol. 51. Núm. 1. p. 23-27. 2012.

-Machado, D.C. Iniciação ao Treinamento. São Paulo. E.P.U. 2006.

-Malina, R.; Bouchard, C. Atividade física do jovem atleta: do crescimento à maturação. São Paulo. Roca. 2002.

-Perez, A.J.; Bassini, C.F.; Pereira, B.M.F.; Sarro, K. J. Correlação entre variáveis antropométricas e o comprimento e a frequência da braçada de nadadores do Espírito Santo. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte. Vol. 10. Núm. 1. p.19-27. 2011.

-Persyn, U.; Daly, D.; Van Tilborgh, L.; Dessein, M.; Verhetsel, D.; Vervaecke, N. Evaluation of elite swimmers (vídeo). Institut voor Lichamelijke Opleiding. Audiovisuel Dienst, K. U. Leuven, Leuven. 1984.

-Petroski, E.L. Antropometria: técnicas e padronizações. Fontoura. 2011.

-Salo, D.; Riewald, S.A. Condicionamento físico para natação. Manole. 2011.

-Slaughter, M.H.; Lohman, T.G.; Boileau, R.A.; Horswill, C.A.; Stillman, R.J.; Van Loan, M.D.; Bemben, D.A. Skinfold equations for estimation of body fatness in children and youths. Human Biology. Vol. 60. Núm. 5. p.709-723. 1988.

-Souza, W.C. Los modelos de periodización propuestos por Matveev, Verkhoshanski y Antonio Carlos Gomes. Revista Digital. Buenos Aires. Vol. 17. Núm. 1. 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui