Os efeitos agudos do exercício cardiorrespiratório antes e depois do exercício resistido, no duplo produto em indivíduos hipertensos

Luana Beatriz Backes, Carlos Kemper

Resumo


O presente estudo tem o objetivo de investigar os efeitos agudos do exercício cardiorrespiratório antes e depois do exercício resistido, no duplo produto em indivíduos hipertensos. Ao chegarem ao local o hipertenso permanecia 5 minutos sentado e sua Pressão Arterial era aferida (pré). Ao terminar a verificação os mesmos realizavam atividades aeróbias a uma intensidade de 60% FCRES e exercícios resistidos onde era verificada novamente a Pressão Arterial (pós) e monitorada até 20 minutos (20’) após o exercício, com intervalos de 5 minutos entre cada verificação. A ordem da realização do exercício era invertida, ou seja, no primeiro dia o indivíduo A realizava primeiramente exercício aeróbio e depois a musculação, enquanto o indivíduo B realizava musculação e depois exercício aeróbio. No segundo dia era invertido. Para análise dos dados foi utilizada a estatística descritiva. Os resultados do indivíduo A foram, quando o exercício cardiorrespiratório foi realizado primeiramente o DP pré foi de 12006 mmHg.bpm e após 20’ em repouso o DP foi de 11680 mmHg.bpm, no dia em que foi realizado primeiramente o exercício de musculação o DP pré foi de 11696 mmHg.bpm, e o pós 20’ de repouso foi de 10800 mmHg.bpm. No individuo B quando o exercício cardiorrespiratório foi realizado primeiramente o DP pré foi de 10332 mmHg.bpm, após o exercício nos 20’ de repouso passou a ser 10384 mmHg.bpm.  E no dia em que o exercício resistido antecedia o cardiorrespiratório o DP pré foi de 9900 mmHg.bpm e após o exercício nos 20’ em repouso retornou a 9984 mmHg.bpm. Ao analisar os efeitos agudos do exercício cardiorrespiratório antes e depois do exercício resistido no duplo produto, conclui-se que quando o exercício resistido é realizado por primeiro houve uma maior queda no DP final.

 

ABSTRACT 

The acute effects of cardiorespiratory exercise before and after resistance exercise in the double product in hypertensive individuals

Therefore the present study aims to investigate the acute effects of cardiorespiratory exercise before and after resistive exercise in the double product in hypertensive individuals. Upon arrival at the site, the hypertensive patient remained seated for 5 minutes and his blood pressure was checked (pre). At the end of the check they performed aerobic activities at an intensity of 60% FCRES and resisted exercises where the blood pressure was checked again (post) and monitored up to 20 minutes (20 ') after exercise, with intervals of 5 minutes between each check. The order of the exercise was reversed, that is, on the first day, individual A performed first aerobic exercise and then bodybuilding, while individual B performed bodybuilding and then aerobic exercise. On the second day it was reversed. Descriptive statistics were used to analyze the data. The results of individual A were, when the cardiopulmonary exercise was performed first the pre-DP was 12006 mmHg.bpm and after 20 'at rest the DP was 11680 mmHg.bpm, on the first day the bodybuilding exercise was performed Pre-DP was 11696 mmHg.bpm, and the post 20 'rest was 10800 mmHg.bpm. In the B individual when the cardiorespiratory exercise was performed, the pre-DP was 10332 mmHg.bpm, after exercise in the 20 'rest it became 10384 mmHg.bpm. And on the day that the resisted exercise preceded the cardiorespiratory, the pre-DP was 9900 mmHg.bpm and after exercise in the 20 'at rest returned to 9984 mmHg.bpm. When analyzing the acute effects of cardiorespiratory exercise before and after resistance exercise In the double product, it is concluded that when the resisted exercise is performed for the first time there was a greater decrease in the final DP.


Palavras-chave


Hipertensão; Exercício Aeróbio; Exercício Resistido

Texto completo:

PDF

Referências


-Brasil. VIGITEL. 2014. Disponível em:

-Camara, F. M.; Santos J. A. B.; Velardi, M.; Valores de referência do duplo produto na ergometria e exercício resistido: uma revisão da literatura. EF de portes Revista Digital. Ano 14. Núm. 141. 2010.

-Couto, P. C. A. F.; Borges, G. C. Exercício físico como meio de prevenção, tratamento e controle da hipertensão arterial. EFDeportes. Revista Digital. Ano 15. Núm. 149. 2010.

Cunha, F.A.; Santos, L. M.; Massaferri, R. O.; Monteiro, T. P. L.; Farinatti, P. T. V. Hipotensão pós-exercício induzida por treinamento aeróbio, de força e concorrente: aspectos metodológicos e mecanismos fisiológicos Revista HUPE. Vol. 12. Núm. 4. 2013.

-Farinatti, P.T.V.; Assis, B.F.C.B. Estudo da frequencia cardiaca, pressao arterial e duplo produto em exercicios contra Resistencia e aerobio continuo. Atividade física e saúde. Vol. 5. Núm. 2. 2000.

-Green, D.J.; Walsh, J.H.; Maiorana, A.; Burke, V.; Taylor, R.R.; O’driscoll, J.G. Comparison of resistance and conduit vessel nitric oxide-mediated vascular function in vivo: effects of exercise training. J Appl Physiol. Vol. 97. p. 749-755. 2004

-Okamoto, T.; Masuhara, M.; Ikuta, K. Combined aerobic and resistance training and vascular function: effect of aerobic exercise before and after resistance training. Combined training and vascular function. American Physiological Society. 2007.

-Sociedade Brasileira de Cardiologia; VI Diretrizes Brasileiras Hipertensão Arterial. Arq Bras Cardiol. 2010.

-Whelton, S.P.; Chin, A.; Xin, X.; He, J. Effect of Aerobic Exercise on Blood Pressure: A Meta-Analysis of Randomized, Controlled Trials. American College of Physicians-American Society of Internal Medicine. 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui