Relação do tempo de prática do futebol e da performance funcional de membros inferiores em crianças e adolescentes

Luísa Cedin, Sheila Batista Santos Trindade, Carlos Luques Fonseca, Beatriz de Oliveira Peixoto, Danilo Harudy Kamonseki

Resumo


Introdução: a prática do futebol na infância promove bem-estar e diversos benefícios à saúde, como a melhora do desempenho funcional. No entanto, os efeitos da prática esportiva na funcionalidade em longo prazo ainda são incertos na literatura. Objetivo: o objetivo do estudo foi verificar os efeitos do tempo da prática do futebol na performance funcional de membros inferiores em crianças e adolescentes. Materiais e Métodos: foram avaliados 40 voluntários com idades entre 10 e 16 anos, praticantes de futebol há pelo menos um ano. A performance funcional dos voluntários foi avaliada utilizando o salto horizontal e Single Hop Test. A correlação entre o tempo de prática e o desempenho funcional foi realizada por meio do Coeficiente de correlação de Pearson. Resultados: a correlação entre o tempo de prática esportiva e o salto horizontal foi considerada fraca (r = 0,21), e também entre o tempo de prática esportiva e o Single Hop Test do membro inferior dominante (r = 0,23) e não dominante (r = 0,13). A comparação dos testes entre os voluntários de acordo com o tempo de prática não apresentou diferença estatística significativa (p > 0,05). Conclusão: os resultados sugerem que o tempo de prática do futebol acima de um ano possui pouco efeito sobre performance funcional de membros inferiores.

 

ABSTRACT 

Relationship of football practice time and functional performance of lower limbs in children and adolescents

Introduction: football practice during childhood provides well-being along with several health benefits, including an improvement on functional performance. However, the long-term effects of sports practice on functionality are still uncertain on literature. Objective: the aim of the study was to verify the effects of football practice time on functional performance in children and adolescents. Materials and Methods: Forty football player boys for at least one year, aged 10 to 16, were evaluated. Functional performance was assessed by horizontal jump test and Single Hop Test. The correlation of practice time and functional performance was performed using the Pearson correlation coefficient. Results: the correlation between time of sports practice and horizontal jump was considered weak (r = 0.21), and the relationship of time of sports practice and lower limb dominant Single Hop Test (r = 0.23) and non-dominant (r = 0.13) was also weak. The relationship between time of sports practice and horizontal jump and Single Hop Test was considered weak. The comparison of Single Hop Test and horizontal jump between volunteers with different time practice showed no statistical significant difference (p > 0.05). Conclusion: the results suggest that football practice time above one year incites little effect on functional performance of lower limbs.


Palavras-chave


Futebol; Força muscular; Desempenho atlético

Texto completo:

PDF

Referências


-Alentorn-Geli, E.; Myer, G. D.; Silvers, H. J.; Samitier, G.; Romero, D.; Lazaro-Haro, C.; Cugat, R. Prevention of non-contact anterior cruciate ligament injuries in soccer players. Part 2: a review of prevention programs aimed to modify risk factors and to reduce injury rates. Knee Surg Sports Traumatol Arthrosc. Vol. 17. Núm. 8. p. 859-879. 2009. Disponível em: .

-Asano R.Y.; Moraes, J.F.; Coelho, J.M.; Botelho Neto, W.; Bartholomeu, N.J.; Campbell, C.S.; Simões, H.G. Comparação da potência e capacidade anaeróbia em jogadores de diferentes categorias de futebol. Motri. Vol. 9. Núm. 1. p. 5-12. 2013.

-Azevedo-Junior, M.; Araujo, C.L.P.; Pereira, F.M. Atividades físicas e esportivas na adolescência: mudanças de preferências ao longo das últimas décadas. Rev Bras Educ Fís Esp. Vol. 20. Núm. 1. p. 51-58. 2006.

-Barber-Westin, S. D.; Noyes, F. R.; Galloway, M. Jump-land characteristics and muscle strength development in young athletes: a gender comparison of 1140 athletes 9 to 17 years of age. Am J Sports Med. Vol. 34. Núm. 3. p.375-384. 2006. Disponível em: .

-Bolgla, L. A.; Keskula, D. R. Reliability of lower extremity functional performance tests. J Orthop Sports Phys Ther. Vol. 26. Núm. 3. p. 138-142. 1997. Disponível em: .

-Brauner, L. M.; Valentini, N. C. Análise do desempenho motor de crianças participantes de um programa de atividades físicas. J Phys Educ. Vol. 20. Núm. 2. p. 205-216. 2009.

-Coledam, D. H. C.; Arruda, G. A. D.; Dos-Santos, J. W.; Oliveira, A. R. D. Relação dos saltos vertical, horizontal e sêxtuplo com a agilidade e velocidade em crianças. Rev bras educ fís esporte. Vol. 27. Núm. p. 43-53. 2013.

-D'alessandro, R. L.; Silveira, E. A. P.; Anjos, M. T. S. D.; Silva, A. A. D.; Fonseca, S. T. D. Análise da associação entre a dinamometria isocinética da articulação do joelho e o salto horizontal unipodal, hop test, em atletas de voleibol. Rev Bras Med Esporte. Vol. 11. Núm. p. 271-275. 2005.

-Drews, R.; Cardozo, P. L.; Corazza, S. T.; Flôres, F. S. Análise do desempenho motor de escolares praticantes de futsal e voleibol. Motricidade. Vol. 9. Núm. 3. p. 105-116. 2013.

-Gouveia, É. R.; De Freitas, D. L.; Maia, J. A.; Beunen, G. P.; Claessens, A. L.; Marques, A. T.; Thomis, M. A.; Almeida, S. M.; Sousa, A. M.; Lefevre, J. A. Atividade física, aptidão e sobrepeso em crianças e adolescentes: o Estudo de Crescimento da Madeira. Rev bras educ fís esporte. Vol. 21. Núm. 2. p. 95-106. 2007.

-Hallal, P. C.; Knuth, A. G.; Cruz, D. K. A.; Mendes, M. I.; Malta, D. C. Prática de atividade física em adolescentes brasileiros. Ciênc. saúde coletiva. Vol. 15. Núm. p. 3035-3042. 2010.

-Jakobsen, M. D.; Sundstrup, E.; Krustrup, P.; Aagaard, P. The effect of recreational soccer training and running on postural balance in untrained men. Eur J Appl Physiol. Vol. 111. Núm. 3. p. 521-530. 2011.Disponível em: .

-Lazzoli, J. K.; Nóbrega, A. C. L.; Carvalho, T.; Oliveira, M. a. B.; Teixeira, J. a. C.; Leitão, M. B.; Leite, N.; Meyer, F.; Drummond, F. A.; Pessoa, M. S. V.; Rezende, L.; De Rose, E. H.; Barbosa, S. T.; Magni, J. R. T.; Nahas, R. M.; Michels, G.; Matsudo, V. Atividade física e saúde na infância e adolescência. Rev Bras Med Esporte. Vol. 4. Núm. p. 107-109. 1998.

-Machado, F. A.; Guglielmo, L. G. A.; Denadai, B. S. Velocidade de corrida associada ao consumo máximo de oxigênio em meninos de 10 a 15 anos. Rev Bras Med Esporte. Vol. 8. Núm. p. 1-6. 2002.

-Myers, B. A.; Jenkins, W. L.; Killian, C.; Rundquist, P. Normative data for hop tests in high school and collegiate basketball and soccer players. Int J Sports Phys Ther. Vol. 9. Núm. 5. p. 596-603. 2014.Disponível em: .

-Nagano, H.; Begg, R.; Sparrow, W.; Taylor, S. Ageing and limb dominance effects on foot-ground clearance during treadmill and overground walking. Clin Biomech. Vol. 26. Núm. 9. p. 962-968. 2011.

-Poeta, L. S.; Duarte, M. D. F. D. S.; Caramelli, B.; Jorge, M.; Giuliano, I. D. C. B. Efeitos do exercício físico e da orientação nutricional no perfil de risco cardiovascular de crianças obesas. Rev Assoc Med Bras. Vol. 59. Núm. p. 56-63. 2013.

-Souza, R. P. Os Benefícios da Prática de Atividade Física e os Riscos do Sedentarismo em: Crianças, Adolescentes, no Adulto e no Idoso. Cinergis. Vol. 11. Núm. 1. p. 52-59. 2010.

-Tassitano, R. M.; Bezerra, J.; Tenório, M. C. M.; Colares, V.; Barros, M. D.; Hallal, P. C. Atividade física em adolescentes brasileiros: uma revisão sistemática. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum. Vol. 9. Núm. 1. p. 55-60. 2007.

-Villar, R.; Denadai, B. S. Efeitos da idade na aptidão física em meninos praticantes de futebol de 9 a 15 anos. Motriz. Vol. 7. Núm. 2. p. 93-98. 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui