Perfil e características de treinamento dos praticantes de corrida de rua no município de São José do Rio Preto-SP

Fabiana Seixas Costa Lima, Adriana Nominato do Amaral Durigan

Resumo


A corrida de rua é uma das modalidades de exercício físico que mais vem crescendo no Brasil e no mundo. Porém, entende-se que a realização de exercícios de maneira exaustiva, sem orientação ou de forma inadequada, pode contribuir para o aumento do número de lesões esportivas (LE), associadas a fatores intrínsecos e extrínsecos. Objetivo: O objetivo deste estudo foi verificar o perfil do corredor de rua, as principais características de treinamento e histórico de lesões relacionadas à prática da corrida no município de São José do Rio Preto-SP. Materiais e Métodos: Para a coleta de dados foi utilizado um questionário com 54 questões de múltipla escolha. Estudo descritivo transversal, com cunho quantitativo. Foi realizado o teste qui-quadrado, o nível de significância adotado foi de p < 0,05. Resultados: Participaram da pesquisa 58 corredores, sendo, 21(36,2%) homens, 37(63,8%) mulheres, em relação à idade, 55,2% da amostra se concentram na faixa etária de 31 a 45 anos, 62,1% são corredores amadores, referente à motivação, 57,1% buscam melhora da saúde e condicionamento físico, 58,6% relatam que treinam três vezes na semana, 74,1% percorrem um volume de treino semanal de até 30 km e referente ao histórico de lesões, 41,4% sofreram algum tipo de lesão. Conclusão: Conclui-se que o perfil dos corredores de rua do município de São José do Rio Preto-SP na maioria são mulheres 63,8%, percorrem um volume de treino abaixo de 30 km semanal, com um histórico de lesões nos últimos seis meses 41,4%, onde a maior ocorrência foi observada na articulação do joelho.

 

ABSTRACT 

Profile and training paths of street practitioners in the municipality of José do Rio Preto-SP

Street race is one of the means of physical activities growing most in Brazil and the world. It´s known that exercise practice in exhaustive manner, without guidance or in wrong ways can help boost sport injuries (SI) related to intrinsic and extrinsic factors. Goal: the goal of this paper meant to check the street racer´s profile, their main training characteristics and injuries history related to running in the municipality of São José do Rio Preto-SP. Materials and method: This descriptive cross-sectional study included descriptive statistical analysis. In order to collect data, it was used a questionnaire containing 54 multiple choice questions. Chi-square test was used on the significance level p < 0.05. Results: 58 street racers participated on the survey, being 21 (36.2%) men, 37 (63.8%%) women, regarding the age, 55.2% of the interviewed is in the age group of 31 to 45 years old, 62,1 are amateur racers, regarding motivation, 57.1% quest for health improvement and physical conditioning, 58.6% practice three times a week, 74.1% run up to 30km a week and regarding injuries history, 41.4% have suffered some kind of injury. Conclusion: In conclusion the profile of street racers in the municipality of São José do Rio Preto-SP, most are women, 63.8% run under 30km weekly with injuries history in the last six months of 41.4%, where most frequency was at the knee joint.


Palavras-chave


Corrida de rua; Treinamento; Lesões

Texto completo:

PDF

Referências


-Balbinotti, M. A. A.; Gonçalves, G. H. T.; Klering, R. T.; Wiethaeuper, D.; Balbinotti, C. A. A. Perfis motivacionais de corredores de rua com diferentes tempos de prática. Rev. Bras. Ciênc. Esporte. Vol. 37. Num.1. 2015. p. 65-73.

-Bennell, K.L.; Crossley, K. Musculoskeletal injuries in track and field: incidence, distribution and risk factors. Aust. J. Sci. Med. Sport. Vol. 28. Num. 3. 1996. p. 69-75.

-Buist, I.; Bredeweg, S. W.; Bessem, B.; Van Mechelen, W.; Lemmink, K. A.; Diercks, R. L. Incidence and risk factors of Running-Related Injuries during preparation for a four-mile recreational running event. British journal of sports medicine. Vol. 44. Num. 8. p. 598-604. 2010.

-Conte, M.; Junior, E.M.; Arruda, L.V.; Chalita, S.; Goncalves, A. Exploração de fatores de risco de lesões desportivas entre universitários de educação física: estudo a partir de estudantes de Sorocaba-SP. Rev. Bras. Med. Esporte. Vol. 8. Num. 4. 2002. p. 151-156.

-Dallari, M.M. Corrida de Rua: o aumento do número de praticantes migrando para maratona. EF deportes. Vol. 16. p. 164. 2012.

-Domingues, S.P.T.; Conte, M.; Mas, E.F.; Ramalho, L.C.B.; Godoi, V.J.; Teixeira, L.F.M. Implicações do nível de aptidão física na gênese de lesões esportivas. Rev. Bras. Cineantropom Desempenho Hum. Vol. 7. Num. 2. 2005. p. 29-35.

-Dugan, S.A.; Bhat, K.P. Biomechanics and analysis of running gait. Phys Med. Rehabil Clin N Am. Vol. 16. Num. 3. 2005. p. 603-621.

-Edwards, W.B.; Taylor, D.; Rudolphi, T.J.; Gillette, J.C.; Derrick, T.R. Effects of stride length and running mileage on a probalistic stress fracture model. Med Sci Sports Exerc. Vol. 41. Num. 12. p. 2177-2184. 2009.

-Fernandes, D.; Lourenço, T.F.; Simões, E. C. Fatores de risco para lesões em corredores de rua amadores do estado de São Paulo. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 8. Num. 49. 2014. p. 656-663. Disponível em:

-Ferreira, A. C.; Anjos, M. T. S. D.; Fernandes, R. D. M.; Dias, J. M. C.; Felício, D. C.; Sabino, G. S. Prevalência e fatores associados a lesões em corredores amadores de rua do município de Belo Horizonte, MG. Revista Brasileira Medicina Esporte. Vol. 18. Num. 4. 2012. p. 252-255.

-Fields, K.B. Running injuries-changing trends and demographics. Curr Sports Med Rep. Vol. 10 Num. 5. p. 299-303. 2011.

-Fields, K.B.; Sykes, J.C.; Walker, K.M.; Jackson, J.C. Prevention of running injuries. Curr Sports Med Rep. Vol. 9. Num. 3. 2010. p. 176-182.

-Fuziki, M. K. Corrida de rua: fisiologia, treinamentos e lesões. São Paulo. Phorte. 2012.

-Guedes, D. P. Prefácio. In: Evangelista, A. L. Treinamento de força e flexibilidade aplicado à corrida de rua: Uma abordagem prática. São Paulo. Phorte. 2011. p.200.

-Hespanhol Junior, L.; Costa, L. O.; Carvalho, A. C.; Lopes, A. D. Perfil das características do treinamento e associação com lesões musculoesqueléticas prévias em corredores recreacionais: Um estudo transversal. Rev. Bras. Fisioter. Vol. 16. Num. 1. p. 46-53. 2012.

-Hino, A.F.; Reis, R.S.; Rodrigues-Añez, C.R.; Fermino, R.C. Prevalência de lesões em corredores de rua e fatores associados. Rev. Bras Med. Esporte. Vol.15. Num.1. 2009. p. 36-39.

-Hreljac, A. Etiology, prevention, and early intervention of overuse injuries in runners: a biomechanical perspective. Physical Medicine and Rehabilitation Clinics. Vol. 16. Num. 3. p. 651-667. 2005.

-Ishida, C.J.; Turi, B. C.; Pereira-da-Silva, M.; do Amaral, S. L. Presença de fatores de risco de doenças cardiovasculares e de lesões em praticantes de corrida de rua, SP. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 27. Num. 1. 2013. p. 55-65.

-Junior, L. H.; Costa, L. O.; Carvalho, A. C.; Lopes, A. D. Perfil das características do treinamento e associação com lesões musculoesqueléticas prévias em corredores recreacionais: Um estudo transversal. São Carlos/SP. Rev. Bras. Fisioter. Vol.16. Num.1. 2012. p. 46-53.

-Machado, A. F. Corrida: Bases científicas do treinamento. São Paulo. Ícone Editora. 2011. p.406.

-Mechelen, W. V. Running injuries. A review of the epidemiological literature. Sports Med. Vol. 14. Num. 5. p. 320-335. 1992.

-Mechelen, W.V. Can running injuries be effectively prevented? Sports Med. Vol. 19. Num. 3. p. 161-165. 1995.

-Pazin, J.; Duarte, M. D. F. D. S.; Poeta, L. S.; Gomes, M. D. A.Corredores de rua: Características demográficas, treinamento E prevalência de lesões. Revista Brasileira de Cineantropometria e desempenho Humano. Vol. 10. Num. 3. p. 277-282. 2008.

-Pileggi, P.; Gualano, B.; Souza, M.; Falco Caparbo, V.; Pereira, R. M. R.; de Sá Pinto, A. L.; Lima, F. R. Incidência e fatores de risco de lesões osteomioarticulares em corredores: um estudo de coorte prospectivo. Rev. bras. Educ. Fís. Esporte. Vol. 24. Num. 4. 2010. p. 453-462.

-Rangel, G. M. M.; Farias, J. M. D.Incidence Of Injuries On Street Running Practitioners In Criciúma City,Brazil.Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 22. Num. 6. p. 496-500. 2016.

-Salgado, J.V.V.; Chacon-Mikahil, M.P.T. Corrida de rua: análise do crescimento do número de provas e de praticantes. Conexões. 2006. p. 90-99.

-Taunton, J. E.; Ryan, M. B.; Clement, D. B.; McKenzie, D. C.; Lloyd-Smith, D. R.; Zumbo, B. D. A prospective study of running injuries: the Vancouver sun run "in training" clinics. Br J Sports Med. Vol. 37. Num. 3. 2003. p. 239-244.

-Tonoli, C.; Cumps, E.; Aerts, I.; Verhagen, E.; Meeusen, R. Incidence, risk factors and prevention of running related injuries in long-distance runners: a systematic review. Sport & Geneeskunde. Vol. 43. Núm. 5. 2010. p. 12-18.

-Van Gent, R.N.; Siem, D.; Van Middelkoop, M.; Van Os, A.G.; Bierma-Zeinstra, S.M.; Koes, B.W. Incidence and determinants of lower extremity running injuries in long distance runners: a systematic review. Br J Sports Med. Vol. 41. Num. 8. 2007. p. 469-480.

-Walter, S.D.; Hart, L.E.; Mcintosh, J.M.; Sutton, J.R. The Ontario cohort study of running-related injuries. Arch Inter Med. Vol. 149. Num. 11. p. 2561-2564. 1989.

-Wen, D.Y. Risk factors for overuse injuries in runners. Curr Sports Med Rep. Vol. 6. Num. 5. 2007. p. 307-313.

-Wiegerinck, J.I.; Boyd, J.; Yoder, J.C.; Abbey, A.N.; Nunley, J.A.; Queen, R.M. Differences in plantar loading between training shoes and racing flats at a self-selected running speed. Gait posture. Vol. 29. Num. 3. 2009. p. 514-519.

-Zernicke, R. F.; Whiting, W. C. Biomecânica da lesão musculoesquelética. Guanabara Koogan. 2001. p. 124-125.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui