Efeito do treinamento de força com frequência semanal de três e cinco vezes sobre o percentual de gordura em mulheres sedentárias após 8 semanas de treinamento

Leandro Moraes Pinto, Ester S. Caldas, Alice V. Sousa Silva, Beatriz Sousa Ferreira, Jadna Mariany P. Costa, Jonivaldo P. Lopes, Cristiano Teixeira Mostarda

Resumo


O objetivo do estudo foi verificar o efeito do treinamento de força com sessões de três e cinco vezes semanais sobre o percentual de gordura em mulheres sedentárias após oito semanas de treinamento. Participaram da pesquisa 60 mulheres sedentárias por pelo menos 6 meses e saudáveis, distribuídas aleatoriamente em dois grupos experimentais, separadas pela frequência semanal de três vezes (GT3: n = 20; idade = 31,94 ± 8,99; estatura = 158,50 ± 7,30; peso = 63,10 ± 9,94) e de 5 vezes (GT5: n = 20; idade = 33,21 ± 7,70; estatura = 158,42 ± 5,45; peso = 66,99 ± 10,71), além do grupo controle (GC: n = 20; idade = 30,31 ± 9,01; estatura = 160,02 ± 6,29; peso = 62,40 ± 8,31). As variáveis, antropométricas, composição corporal e a força máxima foram realizadas no início e no fim do estudo. O programa de treinamento foi composto por exercícios multiarticulares, com intensidade de 60% de uma repetição máxima (1 RM), séries de 15-20 nas duas primeiras semanas de treinamento e de 10-15 nas demais semanas e intervalo de 60 segundos entre as séries. Foram encontradas diferenças significativas (p<0,05) após 8 semanas de treinamento de força apenas no GT5 para o percentual de gordura, enquanto que os grupos GT3 e GC não apresentaram diferenças significativas tanto no percentual de gordura quanto no peso corporal. Conclui-se, portanto, que 8 semanas de treinamento de força, com frequência semanal de 5 vezes foram suficientes para reduzir a gordura corporal, sem, contudo, alterar o peso corporal.

 

ABSTRACT

The objective of the study was to verify the effect of strength training with three and five times weekly sessions on the percentage of fat in sedentary women after eight weeks of training. Participants were 60 sedentary women, at least 6 months of age and healthy, randomly divided into two experimental groups, separated by a weekly frequency of three times (GT3: n = 20, age = 31.94 ± 8.99, height = 158.50 ± 7.30, weight = 63.10 ± 9.94) and 5 times (GT5: n = 20, age = 33.21 ± 7.70, height = 158.42 ± 5.45, weight = 66, 99 ± 10.71), in addition to the control group (GC: n = 20, age = 30.31 ± 9.01, height = 160.02 ± 6.29, weight = 62.40 ± 8.31). The variables, anthropometric, body composition and maximal strength were performed at the beginning and at the end of the study. The training program consisted of multi-articular exercises, with intensity of 60% of a maximal repetition (1RM), series of 15-20 in the first two weeks of training and of 10-15 in the other weeks and interval of 60 seconds between the series. Significant differences (p <0.05) were found after 8 weeks of strength training only in GT5 for fat percentage, while GT3 and CG groups did not present significant differences in both fat percentage and body weight. It was concluded, therefore, that 8 weeks of strength training, with weekly frequency of 5 times were enough to reduce body fat, without, however, changing body weight.


Palavras-chave


Treinamento de força; Percentual de gordura; Mulheres sedentárias

Texto completo:

PDF

Referências


-Andrade, B. M. De; Alencar, C. F. De; Amaral, P. C., Nogueira, H.S.; Lima, L. E. M. Treinamento resistido aplicado ao processo de emagrecimento. Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício, São Paulo. Vol. 2. Num. 16. p.83-88. 2017.

-Assumpção, C. O.; Prestes, J.; Leite, R. D.; Urtado, C. B.; Neto, J. B.; Pellegrinotti, I. L. Efeito do Treinamento de Força periodizado sobre a composição corporal e aptidão física em mulheres idosas. Revista da Educação Física/UEM. Vol. 19. Num. 4,.p.581-590. 2008. Universidade Estadual de Maringá. Disponível em:

-Grahl, G.; Noamman, J. T.; Nunes, R. H.; Flores, L. J. F. Efeitos do Treinamento Resistido na redução do percentual de gordura corporal em adultos: Uma revisão de literatura. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon. Vol. 11. Num. 2. p.69-77. 2013.

-Mcardle, W. D.; Katch, F. I.; Katch, V. L. Fisiologia do Exercício: Nutrição, Energia e Desempenho Humano. 8. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016. 1482 p.

-Neves, D. R.; Martins, E. A.; Souza, M. V. C.; Silva Junior, A. J. Efeitos do treinamento de força sobre o índice de percentual de gordura corporal em adultos. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo. Vol. 9. Num. 52. p.135-141. 2015. Disponível em:

-Nunes, F. B.; Sousa, E. N. Efeito de 12 sessões de treinamento resistido na composição corporal: Um estudo de caso. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, São Paulo. Vol. 8. Num. 49. p.674-679. 2014. Disponível em:

-Polito, M. D.; Cyrino, E. S. Gerage, A. M.; Nascimento, M. A.; Januário, R. B. Efeito de 12 semanas de treinamento com pesos sobre a força muscular, composição corporal e triglicérides em homens sedentários. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 16. Num. 1. p.29-32. 2010. FapUNIFESP (SciELO). Disponível em:

-Santos, C. N.; Romanholo, R. A. Treinamento Resistido de Musculação para o controle de peso em mulheres entre 18 e 30 anos de idade de uma academia do município de Cacoal-RO. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo. Vol. 12. Num. 2. p.584-587. 2008. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui