Dor lombar inespecífica em praticantes de musculação: estudo clinico controlado e duplo cego

Lucas A. S. Ferreira, Danillo Barbosa, Ivo I. Kerppers

Resumo


A dor lombar inespecífica acomete uma parcela importante da população mundial, e é uma das principais causas de lesões em indivíduos praticantes de atividades físicas, e em especial, a musculação. Trata-se de um estudo controlado, aleatório e duplo cego, qualiquantitativo, descritivo e exploratório. Os instrumentos de avaliação que foram utilizados nesse estudo são: oswestry e o questionário de incapacidade de Roland Morris (RMDQ). A escolha desses instrumentos de avaliação foi por sua especificidade e validade. O estudo foi realizado em 2 academias, escolhidas aleatoriamente dentre 10, a escolha dos participantes também foi feita de forma aleatória, de acordo com o número de matricula do aluno. A amostra foi composta por 50 indivíduos, sendo 25 do gênero masculino e 25 do gênero feminino. Os resultados das análises dos instrumentos para o gênero feminino apontaram um valor de P<0,0003, relevante para dor lombar em mulheres, já para o grupo do gênero masculino observou-se um valor de P<0,0415 e também foi considerado relevante, confirmando a dor lombar entre os mesmos. Conclui-se que a amostra analisada no presente estudo apresenta dor e incapacidade lombar em função da prática constante da musculação.

 

ABSTRACT 

Nonspecific back pain in musculation practice: controlled clinical study and double blind 

Nonspecific low back pain affects a large part of the world population and is one of the main causes of injury in individuals practicing physical activities, and especially bodybuilding. It is a controlled, randomized, double-blind, qualitative, descriptive, and exploratory study. The evaluation instruments that were used in this study are: oswestry and the Roland Morris Invalidity Questionnaire (RMDQ). The choice of these evaluation instruments was due to their specificity and validity. The study was carried out in 2 academies, randomly chosen from among 10, the choice of the participants was also made in a random way, according to the enrollment number of the student. The sample consisted of 50 individuals, 25 of whom were male and 25 were female. The results of the analyzes of the instruments for the female gender showed a value of P <0.0003, relevant for low back pain in women, whereas for the male group a value of P <0.0415 was also considered relevant , confirming the low back pain between them. It is concluded that the sample analyzed in the present study presents pain and lumbar incapacity as a function of the constant practice of bodybuilding.


Palavras-chave


Dor lombar; Dor lombar inespecífica; Treinamento de resistência e musculação

Texto completo:

PDF

Referências


-Almeida, E.; Gonçalves, A.; El-Khatib, S.; Padovani, C.R. Lesão muscular após diferentes métodos de treinamento de musculação. Fisioterapia em Movimento. Curitiba. Vol. 19. Num. 4. 2006. p. 17-23.

-Bento, A. A. C.; Paiva, A. C. S.; Siqueira, F. B. Correlação entre incapacidade, dor - Roland Morris, e capacidade funcional - SF-36 em indivíduos com dor lombar crônica não específica. e-scientia. Belo Horizonte. Vol. 2. Num. 1. 2009. p. 1-18.

-Castro, A. A. M.; Guerino, R. P.Z.; Ferreira, T. K.; Portes, L. A.; Porto, E. F. Percepção de lesões musculares em praticantes de musculação em academias com e sem supervisão de fisioterapeuta: uma análise custo-efetividade. Life Style Journal. São Paulo. SP. Vol. 2. Num. 1. 2015. p. 1-15.

-Gotfryd, A. O.; Valesin, F. E. S.; Viola, D.C.; Lenza, M.; Silva, J. A. Emi, A. S.; Tomiosso, R. Piccinato, C. A.; Antonioli, E.; Ferretti, M. Análise epidemiológica, de hábitos de vida e de fatores psicossociais de pacientes com dorso lombalgia em unidade de pronto atendimento ortopédico. Einstein. São Paulo. V. 13. Num. 2. 2015. p. 243-248.

-Gusmão, T. M. R.; Ribeiro, K. L. S.; Granja, K. S. B. Santana, H. G. F.; Machado, A. P Desempenho funcional do exercício De agachamento. Ciências Biológicas e da Saúde. Maceió. Vol. 2. Num. 3. 2015. p. 45-56.

-Leite, A. A. A. S.; Santosa, L. S.; Araújo, M. O.; Neto, J. L. C. Dor lombar e exercício físico: uma revisão sistemática. Revista Baiana de Saúde Pública. Salvador. Vol. 39. Num. 2. 2015. p. 442-459.

-Monteiro, J.; Faísca, L.; Nunes, O.; Hipólito, J. Questionário de incapacidade de Roland Morris adaptação e validação para os doentes de língua portuguesa com lombalgia. Acta Med Portuguesa. Porto. Vol. 23. Num. 5. 2010. p. 761-766.

-Oliveira, G. D.; Casa Junior, A. J. Prevalência de lombalgia e avaliação da capacidade funcional lombar em praticantes de musculação. Rev. Estudos. Goiânia. Vol. 41. Num. 2. 2014. p. 247-258.

-Souza, G. L. Moreira, N. B. Campos, W. Ocorrência e características de lesões entre praticantes de musculação. Revista Saúde e Pesquisa. Vol. 8. Num. 3. 2015. p. 469-477.

-Souza, M. V. S.; Carvalho, M. F. T.; Souza, A. F. P.; Avaliação de Medos, Crenças e Comportamentos de Evitação em Policiais Militares de Minas Gerais Portadores de Dor Lombar Crônica. Revista Ciências em Saúde. Itajubá-MG. Vol. 5. Num. 3. 2015. p. 1-9.

-Vigatto, R. Alexandre, N. M. C.; Filho, H. R. C. Development of a Brazilian Portuguese Version of the Oswestry Disability Index. Spine. Europa. Vol. 32. Num. 4. 2007. p. 481-486.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui