Respostas cardiovasculares agudas ao treinamento resistido em sessões de treino com características tensionais e metabólicas

Heloane Liborio Raiol, Matheus Barbalho, Igor Cerejo Tavares da Silva de Almeida, Rodolfo Raiol

Resumo


O Treinamento Resistido (TR) tem sido considerado capaz de promover melhoras em parâmetros cardiovasculares de maneira segura. O Duplo-Produto (DP) é o principal indicador de intensidade cardiovascular do TR e está associado consumo de oxigênio do miocárdio, sendo assim, é um parâmetro válido para o controle de riscos cardiovasculares. O propósito deste trabalho é investigar os efeitos do TR de característica metabólica e tensional nas respostas cardiovasculares agudas. O estudo analisou duas sessões de TR sendo uma de característica metabólica e a outra de característica tensional, os exercícios leg press, cadeira extensora e cadeira flexora, em relação ao comportamento do DP, em 10 mulheres (idade= 27,1±6 anos; massa= 62,5±5 kg; estatura: 1,63±0,05m), com um ano de treinamento resistido. Não foi encontrada diferença significante entre as variáveis cardiovasculares aferidas ao fim de ambas as modalidades de treino resistido. Entretanto a PA diastólica apresentou-se maior na modalidade tensional durante o leg press (p=0,006), enquanto que a PA sistólica se apresentou inferior nesta modalidade durante a cadeira extensora (p=0,005). Enquanto o duplo-produto entre o leg press e a cadeira extensora foi mais notável na modalidade tensional (p = 0,004) e que a variação da frequência cardíaca em relação ao repouso foi superior na modalidade metabólica (p= 0,041). O estudo conclui que ambos os métodos de treinamento apresentam respostas cardiovasculares similares e que o percentual de carga não parece interferir nesses aspectos e sim intervalos de séries, exercícios com maior recrutamento muscular.

 

ABSTRACT 

Acute cardiovascular responses to resistance training in training sessions with blood pressure and metabolic characteristics

Resistance Training (RT) has been considered capable of promoting improvements in cardiovascular parameters in a safe way. The double-product (DP) is the main indicator of the cardiovascular intensity of the RT and is associated with myocardial oxygen consumption, being therefore a valid parameter for the control of cardiovascular risks. The purpose of this study was to investigate the effects of the RT of metabolic and tensional characteristics in acute cardiovascular responses. The study analyzed two sessions of RT, one of metabolic characteristic and the other one of tensional characteristic, leg press exercises, extensor chair and flexor chair, in relation to the behavior of PD in 10 women (age = 27.1 ± 6 years, mass = 62.5 ± 5 kg, height: 1.63 ± 0.05 m), with one year of resistance training. No significant difference was found between the cardiovascular variables assessed at the end of both modalities of resistance training. However, diastolic BP was higher in the tensional modality during the leg press (p = 0.006), whereas systolic BP was lower in this modality during the extensor chair (p = 0.005). While the double-product between the leg press and the extensor chair was more notable in the tensional modality (p = 0.004) and that the variation of the heart rate in relation to rest was superior in the metabolic modality (p = 0.041). The study concludes that both training methods present similar cardiovascular responses and that the load percentage does not seem to interfere in these aspects, but intervals of series, exercises with greater muscle recruitment.


Palavras-chave


Treinamento resistido; Frequência cardíaca; Pressão arterial

Texto completo:

PDF

Referências


-American College of Sports Medicine [ACSM]. Exercise and hypertension. Med Sci Sport Exerc. Vol. 36. Num. 4. 2004. p. 533-553.

-Ayres, M.; Lemos, A. Elementos Epidemiológicos e Bioestatísticos. Belém. Rose Silveira. 2012.

-Belghazi, J.; El Feghali, R.N.; Moussalem, T.; Rejdych, M.; Asmar, R.G. Validation of four automatic devices for self-measurement of blood pressure according to the international protocol of the European Society of Hypertension. Vasc Health Risk Manag. Vol. 3. Num. 4. 2007. p. 389-400.

-Bentes, C.M.; Costa, P.B.; Neto, G.R.; Costa e Silva, G.V.; de Salles, B.F.; Miranda, H.L.; Novaes, J.S. Hypotensive effects and performance responses between different resistance training intensities and exercise orders in apparently health women. Clin Physiol Funct Imaging. Vol. 35. Num. 3. 2015. p. 185-190.

-Braith, R.W.; Stewart, K.J. Resistance exercise training: its role in the prevention of cardiovascular disease. Circulation. Vol. 113. Num. 22. 2006. p. 2642-2650.

-Braith, R.W.; Graves, J.E.; Leggett, S.H.; Pollock, M.L. Effect of training on the relationship between maximal and submaximal strength. Med Sci Sport Exerc. Vol. 25. Num. 1. 1993. p. 132-138.

-Castinheiras-Neto, A.G.; Costa-Filho, I.R.; Farinatti, P.T.V. Respostas cardiovasculares ao exercício resistido são afetadas pela carga e intervalos entre séries. Arq. Bras. Cardiol. Vol. 95. Num. 4. 2010. p. 493-501.

-Cavalcante, P.A.; Rica, R.L.; Evangelista, A.L.; Serra, A.J.; Figueira Junior, A.; Pontes Junior, F.L.; Kilgore, L.; Baker, J.S.; Bocalini, D.S. Effects of exercise intensity on postexercise hypotension after resistance training session in overweight hypertensive patients. Clin Interv Aging. Vol. 10. 2015. p. 1487-1495.

-Farinatti, P.T.V.; Assis, B.F.C.B. Estudo da frequência cardíaca, pressão arterial e duplo-produto em exercícios contra- resistência e aeróbico contínuo. Rev. Bras. Ativ. Saúde. Vol. 5. Num 2. 2000. p. 5-16.

-Figueiredo, T.; Willardson, J.M.; Miranda, H.; Bentes, C.M.; Machado Reis, V.; Freitas de Salles, B.; Simão, R. Influence of Rest Interval Length Between Sets on Blood Pressure and Heart Rate Variability After a Strength Training Session Performed by Prehypertensive Men. J Strength Cond Res. Vol. 30. Num. 7. 2016. p. 1813-1824.

-Gentil, P. Bases Científicas do Treinamento de Hipertrofia. 5 ed. North Charleston. Createspace. 2014.

-Liborio, H.B.; Raiol, R.A. Comportamento do duplo produto em três diferentes exercícios resistidos em mulheres normotensas. RESC. Vol. 5. Num. 2 (suplemento especial). 2015. p. 4.

-Monteiro, W.D.; Souza, D.A.; Rodrigues, M.N.; Farinatti, P.T.V. Respostas cardiovasculares agudas ao exercício de força realizado em três diferentes formas de execução. Rev Bras Med Esporte. Vol. 14. Num. 2. 2008. p. 94-98.

-Powers, S.K.; Howley, E.T. Fisiologia do exercício: teoria e aplicação ao condicionamento e ao desempenho. 8ª edição. São Paulo. Manole. 2014.

-Santos, E.P.; Costa, J.C.C.C.P.; Wellington, C.S.; Navarro, A.C.; Silva, A.S. Duplo produto em exercícios de força realizados em duas velocidades diferentes. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 4. Num. 21. 2010. p. 252-256. Disponível em:

-Schoenfeld, B.J. The Mechanisms of Muscle Hypertrophy and Their Application to Resistance Training. J Strength Cond Res. Vol. 24. Num. 10. 2010. p. 2857-2872.

-Silva, G.C.O.; Cavalcante, L.S.; Silva, W.V.; Forte, L.D.M.; Silva, A.S. Dano muscular provocado por treinamento resistido com diferentes tempos de fase excêntrica e intervalos entre as séries. Coleção Pesquisa em Educação Física. Vol. 9. Num. 3. 2010. p. 93-98.

-Takarada, Y.; Takazawa, H.; Ishii, N. Applications of vascular occlusion diminish disuse atrophy of knee extensor muscles. Med Sci Sport Exerc. Vol. 32. Num. 12. 2000. p. 2035–2039.

-Teixeira, C.V.L.S. Métodos avançados de treinamento para hipertrofia. 2 ed. North Charleston. Createspace. 2015.

-Xanthos, P.D.; Gordon, B.A.; Kingsley, M.I. Implementing resistance training in the rehabilitation of coronary heart disease: A systematic review and meta-analysis. Int J Cardiol. Vol. 230. 2017. p. 493-508.

-Yamamoto, S.; Hotta, K.; Ota, E.; Mori, R.; Matsunaga, A. Effects of resistance training on muscle strength, exercise capacity, and mobility in middle-aged and elderly patients with coronary artery disease: a meta-analysis. J. Cardiol. Vol. 68 Num. 2. 2016. p. 125–134.

-Zaniz, F. L.; de Lima, E.; Parente Júnior, E. V.; Frota, P. B.; Gonçalves, C. B. H.; de Moraes, M. R. Análise do duplo produto no treinamento de força em séries com características metabólicas e tensionais. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 2. Num. 7. 2008. p. 55-68. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui