Exercício aeróbio exaustivo aumenta o estresse oxidativo em corredores fundistas treinados

Álisson Carvalho Gonçalves, Lucas Ribeiro Rodrigues, Mateus Petrachini Terra, Jeffer Eidi Sasaki, Guilherme Vannucchi Portari

Resumo


O metabolismo energético é o principal produtor de espécies reativas de oxigênio (ERO). Desta maneira, exercício intenso aumenta a produção de ERO, podendo causar estresse oxidativo. O objetivo deste estudo foi avaliar o estresse oxidativo provocado por uma sessão de exercício exaustivo em corredores fundistas treinados. Onze corredores foram submetidos a protocolo de exercício incremental exaustivo em esteira. Foi coletado 4mL de sangue antes, imediatamente e 24 horas após o protocolo de esforço. A concentração plasmática de malondialdeído (MDA) foi utilizada como marcador de dano oxidativo, determinada por cromatografia líquida de alta eficiência. Para avaliar as alterações nos sistemas antioxidantes, a atividade das enzimas superóxido dismutase (SOD) e catalase (CAT), e a concentração de tióis não-proteicos foram avaliadas por espectrofotometria. A concentração de MDA foi maior 24 horas após o exercício em relação ao período imediatamente após.  A atividade da CAT foi maior 24 horas após o esforço, em relação ao demais tempos de coleta. A atividade da SOD foi menor imediatamente após o esforço exaustivo em relação aos valores basais. A concentração de tióis não-proteicos foi menor nos períodos imediatamente e 24 horas após o esforço exaustivo. Conclui-se que o exercício exaustivo eleva o estresse oxidativo de corredores treinados, contudo as alterações nos marcadores não podem ser completamente verificadas imediatamente após o esforço, sendo mais pronunciadas 24 horas após o exercício exaustivo.


Palavras-chave


Estresse oxidativo; Exercício aeróbico; Atletas; Corrida

Texto completo:

PDF

Referências


-Aebi H. Catalase in vitro. In: Methods in enzymology. Elsevier. 1984. p. 121-126. Disponível em:

-Aguiló, A.; Tauler, P.; Fuentespina, E.; Tur, J.A.; Córdova, A.; Pons, A.; Antioxidant response to oxidative stress induced by exhaustive exercise. Physiology & behavior. Vol. 84. Num. 1. 2005. p. 1-7. Disponível em:

-Aslani, B.A.; Ghobadi, S. Studies on oxidants and antioxidants with a brief glance at their relevance to the immune system. Life sciences. Vol. 146. 2016. p. 163-173. Disponível em:

-Ayala, A.; Muñoz, M.F.; Argüelles, S. Lipid peroxidation: production, metabolism, and signaling mechanisms of malondialdehyde and 4-hydroxy-2-nonenal. Oxidative medicine and cellular longevity. Vol. 2014. 2014. Disponível em:

-Carocho, M.; Ferreira, I.C. A review on antioxidants, prooxidants and related controversy: natural and synthetic compounds, screening and analysis methodologies and future perspectives. Food and chemical toxicology. Vol. 51. 2013. p. 15-25. Disponível em:

-Di Meo, S.; Venditti, P. Mitochondria in exercise-induced oxidative stress. Neurosignals. Vol. 1. Num. 1. 2001. p. 125-140.

-Finaud, J.; Lac, G.; Filaire, E. Oxidative stress. Sports medicine. Vol. 36. Num.4. 2006. p. 327-258.

-Hawley, J.A.; Leckey, J.J. Carbohydrate dependence during prolonged, intense endurance exercise. Sports Medicine. Vol. 45 Num. 1. 2015. p. 5-12. Disponível em:

-Inal, M.; AkyÜz, F.; Turgut, A.; Getsfrid, W.M. Effect of aerobic and anaerobic metabolism on free radical generation swimmers. Medicine and science in sports and exercise. Vol. 33. Num. 4. 2001. p. 564-567.

-Kabasakalis, A.; Kyparos, A.; Tsalis, G.; Loupos, D.; Pavlidou, A.; Kouretas, D. Blood oxidative stress markers after ultramarathon swimming. The Journal of Strength & Conditioning Research. Vol. 25. Num. 3. 2011. p. 805-811. Disponível em:

-Knight, J.A.; Pieper, R.K.; McClellan, L. Specificity of the thiobarbituric acid reaction: its use in studies of lipid peroxidation. Clinical Chemistry. Vol. 34. Num. 12. 1988. p. 2433-2438.

-Marí, M.; Morales, A.; Colell, A.; García-Ruiz, C.; Fernández-Checa, J.C. Mitochondrial glutathione, a key survival antioxidant. Antioxidants & redox signaling. Vol. 11. Num. 11. 2009. p. 2685-700.

-Marklund, S.; Marklund, G. Involvement of the superoxide anion radical in the autoxidation of pyrogallol and a convenient assay for superoxide dismutase. European journal of biochemistry. Vol. 47. Num. 3. 1974. p. 469-474.

-Mastaloudis, A.; Leonard, S.W.; Traber, M.G. Oxidative stress in athletes during extreme endurance exercise. Free Radical Biology and Medicine. Vol. 31. Num. 7. 2001. p. 911-922. Disponível em:

-McArdle, W.D.; Katch, F.I.; Katch, V.L. Exercise physiology: nutrition, energy, and human performance. Lippincott Williams & Wilkins. 2010.

-Neubauer, O.; Koenig, D.; Kern, N.; Nics, L.; Wagner, K-H. No indications of persistent oxidative stress in response to an ironman triathlon. Medicine & Science in Sports & Exercise. Vol. 40. Num. 12. 2008. p. 2119-2128. Disponível em:

-Nieman, D.; Dumke, C.; Henson, D.; McAnulty, S.; McAnulty, L.; Lind, R.; et al. Immune and oxidative changes during and following the Western States Endurance Run. International journal of sports medicine. Vol. 24. Num. 7. 2003. p. 541-547.

-Romijn, J.; Coyle, E.; Sidossis, L.; Rosenblatt, J.; Wolfe, R. Substrate metabolism during different exercise intensities in endurance-trained women. Journal of Applied Physiology. Vol. 88. Num. 5. 2000. p. 1707-1714. Disponível em:

-Sedlak, J.; Lindsay, R.H. Estimation of total, protein-bound, and nonprotein sulfhydryl groups in tissue with Ellman’s reagent. Analytical biochemistry. Vol. 25. 1968. p. 192-205.

-Sies, H. Oxidative stress: a concept in redox biology and medicine. Redox biology. Vol. 4. 2015. p. 180-183. Disponível em:

-Tatum, V.L.; Changchit, C.; Chow, C.K. Measurement of malondialdehyde by high performance liquid chromatography with fluorescence detection. Lipids. Vol. 25. Num. 4. 1990. p. 226-229. Disponível em:

-Tsuchihashi, M. Zur kenntnis der blut katalase. Biochem Z. Vol. 140. 1923. p. 65-74.

-Yavari, A.; Javadi, M.; Mirmiran, P.; Bahadoran, Z. Exercise-induced oxidative stress and dietary antioxidants. Asian journal of sports medicine. Vol. 6. Num. 1. 2015. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui