Comparação do teste de 1RM no agachamento com barra guiada e barra livre

Douglas Pinheiro Miranda, Carlos Roberto Carvalho Alves, Júlio César Camargo Alves, Vera Maria Cury Salemi

Resumo


Utilizar percentuais de uma repetição máxima (1RM) para prescrever treinamento resistido (TR) vem sendo recomendado, mas algumas variáveis podem influenciar no valor de 1RM. O objetivo este estudo foi verificar se há diferença no teste de 1RM no agachamento na barra guiada (1RMbg) e barra livre (1RMbl) em jovens praticantes de TR. Participaram 7 homens (21,86 ± 4,06 anos; 84,29 ± 9,55 kg e 1,77 ± 0,09 m) e 3 mulheres (22,00 ± 4,36 anos; 60,00 ± 7,81 kg e 1,63 ± 0,05 m), saudáveis e treinados a pelo menos seis meses ininterruptos. Foram realizados dois testes de 1RMbg e 1RMbl de forma aleatória em duas sessões separadas por intervalo de 72 horas. Foi utilizado o Teste t Student para comparação de medidas pareadas, o nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05. Entre os homens a carga de 1RMbg foi 148,57 ± 33,38 kg e 1RMbl foi 143,00 ± 35,54 kg (p=0,2499), entre as mulheres a carga de 1RMbg foi 76,33 ± 22,59 kg e 1RMbl foi 73,33 ± 32,15 kg (p=0,8037), considerando homens e mulheres a carga de 1RMbg foi 126,90 ± 45,54 kg e 1RMbl foi 122,10 ± 46,95 kg (p=0,2686). Não houve diferença estatisticamente significante entre o teste de 1RMbg e 1RMbl, porém, a diferença relativa individual variou entre -10% e 32,43%. Concluímos que o valor de 1RM não é modificado no agachamento na barra guiada e livre, mas a experiência prévia de treinamento influenciou os resultados individuais.


Palavras-chave


Treinamento resistido; Aptidão física; Exercício

Texto completo:

PDF

Referências


-Alves, J.C.C.; Scrivante B.F.; Silva, N.S.; Robert-Pires, C.M.; Magosso, R.F. Análise de diferença no teste de 1RM no exercício agachamento paralelo (90°) e completo na barra guiada. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia de Exercicio. Vol. 6. Num. 36. p. 631-635. 2012. Disponível em:

-Benton, M.J.; Swan, P.D.; Peterson, M.D. Evaluation of multiple 1RM strength trials in untrained women. J Strength Cond Res. Vol. 23. Num. 5. p. 1503-1507. 2009.

-Casonatto, J.; Polito, M.D. Hipotensão pós-exercício aeróbio: Uma revisão sistemática. Rev Bras Med Esporte. Vol. 15. Num. 2. p. 151-157. 2009.

-Farup, J.; Kjølhede, T.; Sørensen, H.; Dalgas, U.; Møller, A.B.; Vestergaard, P.F.; Ringgaard, S.; Bojsen-Møller, J.; Vissing, K. Muscle morphological and strength adaptations to endurance vs. Resistance training. J Strength Cond Res. Vol. 26. Num. 2. p. 398-407. 2012.

-Lima, P.; Araújo, R.; Farah, B.; Cavalcante, B.; Santos, M.; Ritti-Dias, R. Reprodutibilidade do teste de uma repetição máxima em exercícios de força com pesos livres. Rev Bras Ativ Fis Saúde. Vol. 18. Num. 3. p. 378-386. 2013.

-Mayhew, L.J.; Johnson, B.D.; LaMonte, M.J.; Lauber, D.; Kemmler, W. Accuracy of prediction equations for determining one repetition maximum bench press in women before and after resistance training. J Strength Cond Res. Vol. 22. Num. 5. p. 1570-1577. 2008.

-Moura, J.A.R.; Júnior, J.J.B.; Júnior, M.M.C. Exercício supino horizontal: comparação de RM executadas em máquinas e pesos livres em diferentes intensidades por indivíduos experientes e pouco familiarizados. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia de Exercicio Vol. 5. Num. 30. p. 510-519. 2012. Disponível em: <>

-Prado, E.S.; Dantas, E.H.M. Efeitos dos exercícios físicos e aeróbio e de força nas lipoproteínas HDL, LDL e lipoproteína(a). Arq Bras Cardiol, Vol. 79. Num. 4. p. 429-433. 2002.

-Ratamess, N.A. Progression models in resistance training for healthy adults [ACSM position stand]. Med Sci Sports Exerc. Vol. 41. Num. 3. p. 687-708. 2009.

-Ratamess, N.A.; Falvo, M.J.; Mangine, G.T.; Hoffman, J.R.; Faigenbaum, A.D.; Kang, J. The effect of rest interval length on metabolic responses to the bench press exercise. Eur J Appl Physiol. Vol. 100. p.1-17. 2007.

-Reiser, F.C.; de Souza, W.C.; Mascarenhas, L.P.G. Cinética e Cinemática do Agachamento na Coluna Vertebral: Estudo de Revisão. Revista Uniandrade. Vol. 16. Num. 1. p. 7-13. 2015.

-Reiser, F.C.; Souza, W.C.D.; Mascarenhas L.P.G.; Grzelczak, M.T. Atividade muscular de membros inferiores no exercício de agachamento. Acta brasileira do movimento humano-bmh. Vol. 4. Num. 4. p. 90-102. 2014.

-Ritti-Dias, R.M.; Avelar, A.; Salvador, E.P.; Cyrino, E.S. Influence of previous experience on resistance training on reliability of one-repetition maximum test. J Strength Cond Res. Vol. 25. Num. 5. p. 1418-1422. 2011.

-Ronei, O.S.; Gomes, N.; Radaelli, R.; Botton, C.E.; Brown, L.E.; Bottaro, M. Effect of range of motion on muscle strength and thickness. J Strength Cond Res. Vol. 26. Num. 8. p. 2140-2145. 2012.

-Runge, A. Análise eletromiográfica da musculatura peitoral maior nos exercícios: supino reto com barra, com halteres e supino na máquina. TCC Faculdade de Educação Física e Ciências do Desporto da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. 2005.

-Schwanbeck, S.; Chilibeck, P.D.; Binsted, G. A. comparison of free weight squat to Smith machine squat using electromyography. J Strength Cond Res. Vol. 23. Num. 9. p. 2588-2591. 2009.

-Silva-Batista, C.; Tricoli, V.; Laurentino, G.C.; Batista, M.A.B.; Okuno, N.M.; Ugrinowitsch, C. Efeito da familiarização na estabilização dos valores de 1RM para homens e mulheres. Motriz. Vol. 17. Num. 4. p. 610-617. 2011.

-Spineti, J.; de Salles, B.F.; Rhea, M.R.; Lavigne, D.; Matta, T.; Miranda, F.; Fernandes, L.; Simão, R. Influence of exercise order on maximum strength and muscle volume in nonlinear periodized resistance training. J Strength Cond Res. Vol. 24. Num. 11. p. 2962-2969. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui