Desempenho técnico-tático e ansiedade competitiva no voleibol de praia com jovens atletas: efeito no resultado do jogo

  • Yago Pessoa Costa Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa-PB, Brasil.
  • Marcos Gimenes Fernandes Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus-BA, Brasil
  • Elizabeth Lourdes Soares Silva Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa-PB, Brasil.
  • Gilmário Ricarte Batista Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa-PB, Brasil.

Resumo

O voleibol de praia caracteriza-se como um esporte de natureza intermitente. Apesar dos indicadores técnico-táticos serem importante para resultado do jogo, a performance esportiva é fruto de diversas dimensões. Diante disso, o objetivo dessa pesquisa foi verificar o efeito do desempenho técnico-tático e ansiedade competitiva no resultado do jogo com jovens atletas de voleibol de praia, bem como a relação entre essas variáveis. Participaram do estudo 16 jovens atletas masculinos de voleibol de praia (idade= 17 ±2,44 anos). Os atletas eram submetidos a um jogo, seguindo as regras oficiais. Antes dos jogos todos os atletas responderam a versão brasileira do Competitive State Anxiety Inventory (CSAI-2R), relataram a confiança na vitória por meio de escala analógica visual, e tinha o desempenho individual técnico-tático analisado posteriormente por vídeo. O percentual de pontos (d= 1,432) e coeficiente de performance de ataque pós-defesa (d= 1,615), percentual de pontos (d=1,169) e eficácia de ataque (d= 1,300), e confiança na vitória (d= 1,523), foram as variáveis que com maior efeito para a vitórias. Além disso, a baixa ansiedade cognitiva pode refletir positivamente no ataque. Os atletas vencedores tiveram melhor desempenho no ataque e ataque pós-defesa. Além de apresentar maior confiança na vitória e autoconfiança, e menor ansiedade cognitiva.

Publicado
2020-05-03
Como Citar
Costa, Y. P., Fernandes, M. G., Silva, E. L. S., & Batista, G. R. (2020). Desempenho técnico-tático e ansiedade competitiva no voleibol de praia com jovens atletas: efeito no resultado do jogo. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 13(85), 876-885. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/1813
Seção
Artigos Científicos - Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##