Fatores relacionados à qualidade de vida em profissionais de Educação Física da cidade de Patos-PB

  • Leandro Sávio Sávio Oliota-Ribeiro Centro Universitário de Patos (UNIFIP), Patos-PB, Brasil. Faculdade São Francisco da Paraíba (FASP), Cajazeiras-PB, Brasil.
  • Thadeu Carlos Gomes Lopes Centro Universitário de Patos (UNIFIP), Patos-PB, Brasil.
  • Atilla Brandon Sousa Alves Faculdade São Francisco da Paraíba (FASP), Cajazeiras-PB, Brasil.
  • Cleene Tavares de Souza Faculdade São Francisco da Paraíba (FASP), Cajazeiras-PB, Brasil.
  • Wesley Ronney Aires de Souza Faculdade São Francisco da Paraíba (FASP), Cajazeiras-PB, Brasil.

Resumo

Objetivo: Verificar fatores relacionados à Qualidade de Vida (QV) em profissionais de Educação Física da cidade de Patos-PB. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo com abordagem quantitativa, com população constituída por professores de Educação Física da cidade de Patos-PB, a amostra  foi composta por 20 profissionais de educação física que atenderam aos critérios de inclusão, tais como: estarem atuando como profissionais a mais de seis meses, serem credenciados nos CREF-10 e atuarem em academia de ginástica. O instrumento utilizado para avaliar a QV foi o WHOQOL-bref, desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde, constituído por 26 questões. Um questionário semiestruturado para mensurar a titulação e carga horária de trabalho diária. O nível econômico foi avaliado pelo Critério de Classificação Econômica do Brasil (CCEB) da Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. Para análise de dados, foi utilizado o programa estatístico computadorizado JASP - A Fresh Way To Do Statistics, versão 0.9.2. Resultados: A maior parte dos profissionais avaliados foram classificados como Regular para o domínio Físico (60%), Bom para os domínios Psicológico (60%) e Relações Sociais (75%), Necessita melhorar para o domínio Meio Ambiente (85%). Não houve diferença significativa (p=0,250) para a os profissionais com diferente nível de titulação. Não houve relação significativa para os domínios de QV e quantidade de horas trabalhadas. Contudo houve relação moderada e positiva (r= 0,538; p=0,014) no domínio Meio ambiente e a classificação social. Conclusão: Os profissionais avaliados apresentam uma Regular/Boa QV, apresentando maior QV para o domínio Meio Ambiente quanto maior a classificação social.

Publicado
2020-05-03
Como Citar
Oliota-Ribeiro, L. S. S., Lopes, T. C. G., Alves, A. B. S., de Souza, C. T., & de Souza, W. R. A. (2020). Fatores relacionados à qualidade de vida em profissionais de Educação Física da cidade de Patos-PB. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 13(87), 1299-1305. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/1911
Seção
Artigos Científicos - Original