O método pilates no tratamento da dor lombar

  • Leiliane Rodrigues Faculdade Vale do Jaguaribe (FVJ), Aracati-CE, Brasil.
  • Jeffeson Hildo Medeiros de Queiroz Faculdade Vale do Jaguaribe (FVJ), Aracati-CE, Brasil.
  • Roque Ribeiro da Silva Júnior Faculdade Vale do Jaguaribe (FVJ), Aracati-CE, Brasil.
  • Kariza Lopes Barreto Faculdade Vale do Jaguaribe (FVJ), Aracati-CE, Brasil.
Palavras-chave: Técnicas de exercício e de movimento, Terapia por exercício, Dor lombar

Resumo

A lombalgia, considerada umas das causas mais frequentes de incapacidade, é usualmente definida como dor localiza entre a margem das últimas costelas e acima da linha glútea. A partir dos estudos atuais, sabe-se que a prática de exercício com fins terapêuticos pode alcançar a redução da dor lombar. Diante deste contexto, o presente estudo teve como objetivo geral avaliar o impacto do Método Pilates na redução da dor lombar. Para tanto, 10 indivíduos, entre 18-40 anos e com queixas de dor lombar participaram desta pesquisa. Os praticantes realizaram as seguintes avaliações: a inicial (3 dias antes do início das intervenções) e a final (2 dias depois de finalizar as intervenções). Foi utilizado a escala visual analógica (EVA). As intervenções com o Método Pilates foram realizadas duas vezes por semana, durante 2 meses e cada sessão durava 60 minutos, totalizando em 8 atendimentos. Os resultados alcançados após a intervenção mostram que houve uma redução (p=0,03) do nível de dor lombar (6,2 ± 5, 95 para 2,3 ± 3,5) na escala EVA. Com base nesses achados, conclui-se que o Método Pilates aplicado duas vezes por semana durante dois meses apresentou ser eficaz para a redução dos níveis de dor de pacientes com dor lombar. Porém, estimula-se o desenvolvimento de ensaios clínicos randomizados objetivando comparar os efeitos da aplicação deste método de exercício frente a outros métodos para a população com queixas de dor lombar.

Referências

-Albino, N. T.; e colaboradores. Pilates e lombalgia: efetividade do transverso do abdominal, capacidade funcional e qualidade de vida. Revista Fisioterapia Brasil. Vol.12. Num.4. 2011. p. 273-278.

-Assumpção, C. O.; e colaboradores. Método Pilates: respostas hemodinâmicas frente a uma sessão de exercícios. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. São Paulo. Vol. 10. Num. 61. 2016. p. 618-627.

-Cabral, C. M. N.; e colaboradores. Pilates for low back pain (Review). Wiley. Vol. 7. 2015. p.1-71.

-Camargo, G.; M.; Marques, A. E. Z. S.; Pedroni, C. R. Avaliação da dor e da postura em pacientes com lombalgia submetidos a dosi protocolos de fortalecimento abdominal. Revista Fisioterapia Brasil. Vol. 10. Num. 8. 2016. p. 90-113.

-Conceição, J. S.; Mergener, C. R. Eficácia do Método Pilates no solo em pacientes com lombalgia crônica. Relato de caso. Revista Dor. Vol.13. Num.4. 2016. p. 385-388.

-Costa, L. O. P.; Nascimento, P. R. C. Prevalência de dor lombar no Brasil. Cad. Saúde Pública. Vol. 31. Num. 6. 2015. p. 1141-1151.

-Fernandes, L.V.; Lacio, M. L. O Método Pilates: estudo revisional sobre seus benefícios na terceira idade. Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery. Vol.10. Num. 3. 2014. p. 120-126.

-Gonzaga, F.; e colaboradores. O Método Pilates no tratamento da Hérnia de disco. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 6. Num. 35. 2012. p. 506-510.

-Kolyniak, I. E. G.; Cavalcanti, S. M. B.; Aoki, M. S. Avaliação isocinética da musculatura envolvida na flexão e extensão de tronco: efeito do método Pilates. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 10. Num. 6. 2012. p.487-490.

-Lima, P. S. Q.; e colaboradores. O Método Pilates no ganho de flexibilidade dos músculos ísquiotibiais em pacientes portadores de hérnia de disco lombar. Revista Fisioterapia Brasil. Vol.10. Num. 5. 2011. p. 350-358.

-Lizier, D.T.; Perez, M.V.; Sakata, R.K. Exercícios para tratamento de lombalgia inespecífica. Rev. Bras. Anestesiol. Vol. 62. Num. 6. 2012. p. 838-846.

-Miranda, L. B.; Morais, P. D. C. Efeitos do Método Pilates sobre a composição corporal e flexibilidade. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. São Paulo. Vol. 3. Num.13. 2009. p. 16-21.

-Nectoux, V. Z.; Liberali, R. Método Pilates como recurso analgésico em pessoas com diagnóstico de lombalgia. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 4. Num. 20. 2010. p. 196-202.

-Pena, J. G.; Chiapeta, A. Benefícios do pilates em pacientes com lombalgia. Revista Científica Univiçosa. Vol. 7. Num. 1. 2015. p. 306-310.

-Pereira, D. S. L.; Oliveira, A.S.; Oliveira, R. E. M. Avaliação do perfil de vida de usuários que praticam exercício físico regular comparado a usuários sedentários inseridos em uma estratégia de saúde da família - Região Sudeste do Brasil. Revista APS. Vol. 20. Num. 1. 2017. p. 30-39.

-Pereira, M. J.; e colaboradores. Efeitos do Método Pilates na lombalgia: estudo de 2 casos. Revista de Medicina e Saúde. Vol. 4. Num.12. 2014. p.10-27.

-Reider, B.; Stewart, R.J. The ethics of sports medicine research. Rev. Clin Sports Med. Vol. 35. 2016. p. 303-314.

-Rubbo, A. B. Escala Visual Analógica na avaliação da intensidade da dor pós-operatória de cirurgia bariátrica independente do uso de analgésicos. Tese de Doutorado. Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. São Paulo-SP. 2010.

-Silva, A. C. L. G.; Mannrich, G. Pilates na reabilitação: uma revisão sistemática. Revista Fisioterapia Movimento. Vol. 22. Num. 3. 2010. p.449-455.

-Souza, A. L. M.; Silva, M. D. Efeitos do Método Pilates nas algias e nas curvaturas da coluna vertebral: Um estudo de caso. Revista Fisioterapia Movimento. Vol. 19. Num. 4. 2015. p. 80-92.

-Storcha, J.; e colaboradores. O método pilates associado a orientações de estilo de vida em pacientes com lombalgia crônica. Revista LifeStyle. Vol. 2. Num .2. 2015. p. 53-66.

Publicado
2021-02-23
Como Citar
Rodrigues, L., Queiroz, J. H. M. de, Silva Júnior, R. R. da, & Barreto, K. L. (2021). O método pilates no tratamento da dor lombar. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 14(89), 11-18. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/1925
Seção
Artigos Científicos - Original