Efeitos da periodização linear versus periodização ondulatória semanal sobre a potência de membros inferiores

  • Carlos Eduardo Galeno Benevides Faculdade de Educação Física, Universidade Federal do Pará (UFPA), Castanhal, Pará, Brasil; Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Centro Universitário do Estado do Pará, Belém, Pará, Brasil.
  • Rodolfo Raiol Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Centro Universitário do Estado do Pará, Belém, Pará, Brasil.
  • Cássio Zacarias Lopes de Lima Faculdade de Educação Física, Universidade Federal do Pará (UFPA), Castanhal, Pará, Brasil.
  • Sérgio Eduardo Nassar Faculdade de Educação Física, Universidade Federal do Pará (UFPA), Castanhal, Pará, Brasil.
  • Euzébio de Oliveira Faculdade de Educação Física, Universidade Federal do Pará (UFPA), Castanhal, Pará, Brasil.
  • Déborah de Araújo Farias Faculdade de Educação Física, Universidade Federal do Pará (UFPA), Castanhal, Pará, Brasil.
Palavras-chave: Treinamento de Força, Periodização, Potência

Resumo

O Treinamento de força (TF) tornou-se uma das formas mais populares para melhorar a aptidão física de um indivíduo e para melhoria de condicionamento de atletas. Resistencia muscular localizada, hipertrofia, força e potência muscular são algumas das manifestações da força que podem ser aprimoradas com o TF. Este estudo teve como objetivo comparar os modelos de periodização linear (PL) e periodização ondulatória semanal (POS) sobre a potência de membros inferiores em adultos saudáveis de ambos os sexos durante um período de 24 semanas (96 sessões) de treinamento. O estudo foi um ensaio clínico randomizado não cego. A amostra contou com 13 sujeitos que foram divididos randomicamente em dois grupos: grupo PL (n=7) e grupo POS (n=6). Os participantes foram testados no período pré-treinamento e nas semanas 8, 16 e na semana 24 (pós-treinamento) nos testes de impulsão horizontal (IH) e sargent jump test (SJT). A análise de dados foi expressa em média e desvio padrão e o valor de alpha utilizado para todos os testes foi de p≤0,05. Os resultados mostraram que ambas as periodizações obtiveram aumentos significativos de potência de membros inferiores nos testes de IH e SJT, porém não houve diferença significativa entre os grupos. Contudo, o presente estudo mostra que um programa de treinamento de força realizado durante 24 semanas utilizando periodização linear ou periodização ondulatória semanal podem apresentar resultados satisfatórios para a melhoria da potência de membros inferiores.

Biografia do Autor

Rodolfo Raiol, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Centro Universitário do Estado do Pará, Belém, Pará, Brasil.

Coordenador de pós-graduação no Centro Universitário do Estado do Pará; Mestre em Gestão; Graduado em Educação Física.

Referências

-ACSM. American College of Sports Medicine. Progression models in resistance training for healthy adults. Medicine & Science in Sports & Exercise. Vol. 41. Num. 3. p. 687-708. 2009.

-Barbalho, M.; Gentil, P.; Izquierdo, M.; Fisher, J.; Steele, J.; Raiol, R.A. There Are No No-Responders to Low or High Resistance Training Volumes Among Older Women. Experimental Gerontology. Vol. 99. p. 18-26. 2017.

-Barbalho, M.; Gentil, P.; Raiol, R.; Del Vecchio, F.B.; Ramirez-Campillo, R.; Coswig, V.S. High 1RM Tests Reproducibility and Validity are not Dependent on Training Experience, Muscle Group Tested or Strength Level in Older Women. Sports. Vol. 6. Num. 4. p. 171. 2018a.

-Barbalho, M.; Gentil, P.; Raiol, R.; Del Vecchio, F.B.; Ramirez-Campillo, R.; Coswig, V.S. Non-Linear Resistance Training Program Induced Power and Strength but Not Linear Sprint Velocity and Agility Gains in Young Soccer Players. Sports. Vol. 6. Num. 2. E43. 2018b.

-Barjaste, A.; Mirzaei, B. The periodization of resistance training in soccer players: changes in maximal strength, lower extremity power, body composition, and muscle volume. The Journal of Sports Medicine and Physical Fitness. Vol. 58. Num. 9. p. 1218-1225. 2018.

-Fleck, S.J. Non-Linear Periodization for General Fitness & Athletes. Journal of Human Kinetics. Vol 29A. p. 41-45. 2011.

-Fleck, S.J.; Kraemer, W.J. Fundamentos do Treinamento de Forca Muscular. 4ª edição. Porto Alegre. Artmed. 2017.

-Grgic, J.; Mikulic, P.; Podnar, H.; Pedisic, Z. Effects of linear and daily undulating periodized resistance training programs on measures of muscle hypertrophy: a systematic review and meta-analysis. PeerJ. Vol. 5. p. e3695. 2017.

-Harman, E.A.; Rosenstein, M.T.; Frykman, P.N.; Rosenstein, R.M.; Kramer, W.J. Estimation of Human Power Output from Vertical Jump. Journal of Applied Sports Sciences. Vol. 5. Num. 3. p. 116-120. 1991.

-Hartmann, H.; Bob, A.; Wirth, K.; Schmidtbleicher, D. Effects of different periodization models on rate of force development and power ability of the upper extremity. Journal of Strength and Conditioning Research. Vol. 23. Num. 7. p. 1921-1932. 2009.

-Harries, S.K.; Lubans, D.R.; Callister, R. Systematic review and meta-analysis of linear and undulating periodized resistance training programs on muscular strength. Journal of Strength and Conditioning Research. Vol. 29. Num. 4. p. 1113-1125. 2015.

-Heilbronn, B.E.; Doma, K.; Gormann, D.; Schumann, M.; Sinclair, W.H. Effects of Periodized vs. Nonperiodized Resistance Training on Army-Specific Fitness and Skills Performance. Journal of strength and conditioning research. Vol 34. Num 3. p. 738-753. 2020.

-Johnson, B.L; Nelson, J.K. Practical Measurements for Evaluation in Physical Education. Minnesota. Burges Publishing Company. 1979.

-Kraemer, W.J.; Fragala, M.S. Personalize it: program design in resistance training. ACSM’S Health e Fitness Journal. Vol. 10. Num. 4. p. 7-17. 2006.

-Mølmen, K.S.; Øfsteng, S.J.; Rønnestad, B.R. Block periodization of endurance training - a systematic review and meta-analysis. Open Access Journal of Sports Medicine. Vol. 10. P. 145â€160. 2019.

-Moraes, E.; Fleck, S.J.; Ricardo Dias, H.; Simão, R. Effects on strength, power, and flexibility in adolescents of nonperiodized vs. daily nonlinear periodized weight training. Journal of Strength & Conditioning Research. Vol. 27. Num. 12. p. 3310-3321, 2013.

-Prestes, J.; Foschini, D.; Marchetti, P.; Charro, M.; Tibana, R. Prescrição e periodização do treinamento de força em academias. 2ª edição. São Paulo. Manole. 2016.

-Simão, R.; Spineti, J.; Salles, B.F.; Matta, T.; Fernandes, L.; Fleck, S.J.; Rhea, M.R.; Strom-Olsen, H.E. Comparison between nonlinear and linear periodized resistance training: hypertrophic and strength effects. Journal of Strength and Conditioning Research. Vol. 26. Num. 5. p. 1389-1395. 2012.

-Ullrich, B.; Pelzer, T.; Pfeiffer, M. Neuromuscular Effects to 6 Weeks of Loaded Countermoviment Jumping with Traditional and Daily Undulation Periodization. The Journal of Strength & Conditioning Research. Vol. 32. Num. 3. p. 660-674. 2018.

Publicado
2021-10-10
Como Citar
Benevides, C. E. G., Raiol, R., Lima, C. Z. L. de, Nassar, S. E., Oliveira, E. de, & Farias, D. de A. (2021). Efeitos da periodização linear versus periodização ondulatória semanal sobre a potência de membros inferiores. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 14(93), 711-717. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/2180
Seção
Artigos Científicos - Original