Benefícios da combinação de ventilação não invasiva do tipo bilevel e exercício físico em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica

  • Pedro Lucas de Oliveira Soares Soares Graduando em Fisioterapia, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia, Brasil.
  • Ana Quenia Gomes da Silva Allahdadi Professor Associado, Departamento de Biorregulação, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia, Brasil.
Palavras-chave: DPOC, Ventilação Não Invasiva, Exercício

Resumo

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma condição que impacta diretamente a prática de exercício físico. Este trabalho teve como objetivo descrever os efeitos combinados do uso de ventilação não invasiva (VNI) com pressão positiva em dois níveis (bilevel) nas vias aéreas e exercícios físicos em pacientes com DPOC. Foi realizada uma revisão sistemática, utilizando os descritores tolerância ao exercício, VNI e DPOC e seus correspondentes em português e espanhol, nas bases de dados eletrônicas SciELO e PubMed. A busca e seleção dos estudos ocorreu entre dezembro de 2020 a fevereiro de 2021. Os sete artigos incluídos nesta revisão tiveram sua qualidade metodológica avaliada pela escala PEDro. A combinação de VNI do tipo bilevel e exercícios físicos foi benéfica para pacientes com DPOC mesmo nos estágios mais avançados da doença. No sistema respiratório, houve melhora das pressões inspiratória e expiratória máximas, da saturação arterial de oxigênio (O2), da pressão arterial de O2 e redução da dispneia. No sistema cardiovascular, houve redução da frequência cardíaca e da pressão arterial sistólica. Além disso, houve melhora do metabolismo energético, redução das concentrações de lactato, aumento da força muscular periférica e da distância percorrida no teste de caminhada de 6 minutos. Não houve diferença quanto ao uso da VNI antes ou durante o exercício, apresentando bons resultados em ambas as situações. A combinação de VNI do tipo bilevel com exercícios físicos é uma possibilidade terapêutica promissora para pacientes com DPOC, porém são necessários mais estudos para estabelecer melhores parâmetros para a sua utilização.

Biografia do Autor

Pedro Lucas de Oliveira Soares Soares, Graduando em Fisioterapia, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia, Brasil.

 

 

Ana Quenia Gomes da Silva Allahdadi, Professor Associado, Departamento de Biorregulação, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia, Brasil.

Associate Professor at UFBA. Graduation in Physiotherapy with Specialization in Physiotherapy in Pulmonology and Cardiovascular Physiotherapy. Postgraduate (master's and doctorate) in Biological Sciences with an emphasis on Physiology. Post-doctorate in Physiology, with emphasis on Cardiovascular Regulation in altered physiological conditions. Areas of interest, Exercise Physiology, Cardiovascular and Respiratory System, Neural Control in exercise. Nutrition, Metabolism and Exercise.

Referências

-ACSM. American College of Sports Medicine. Diretrizes do ACSM para os testes de esforço e prescrição de exercícios. 9ª edição. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 2014.

-Antônio, C.; Gonçalves, A.P.; Tavares, A. Pulmonary obstructive chronic disease and physical exercise. Revista Portuguesa de Pneumologia. Vol.16. Num. 4. 2010. p. 649-658.

-Araújo, A.P.S.; Bertolini, S.M.M.G.; Junior, J.M. Alterações Morfofisiológicas Decorrentes do Processo de Envelhecimento do Sistema Musculoesquelético e suas Consequências para o Organismo Humano. Perspectiva revista online Biológicas e da saúde. Vol. 4. Num.12. 2014. p. 22-34.

-Araújo, R.B.; Camisasca, M.T.; Britto, R.R.; Parreira, V.F. O uso da ventilação não-invasiva na reabilitação pulmonar em pacientes portadores da doença pulmonar obstrutiva crônica: uma revisão de literatura. Revista Fisioterapia em Movimento. Vol. 18. Num. 1. 2005. p.49-57.

-Bahammam, A.S.; Singh, T.D.; Gupta. R.; Pandi-Perumal, S.R. Choosing the Proper Interface for Positive Airway Pressure Therapy in Subjects With Acute Respiratory Failure. Respiratory Care Vol. 63. Num. 2. 2018. p.227-237.

-Borgi-Silva, A.; Di Thommazo, L.; Pantoni, C.B.F.; Mendes, R.G.; Salvini, T.F.; Costa, D. Non-invasive ventilation improves peripheral oxygen saturation an dreduces fatigability of quadriceps in patients with COPD. Respirology. Vol.14. 2009. p. 537-544.

-Braga, D.M.; Santiago, M.C.; Santos, M.F. A influência da ventilação não-invasiva na reabilitação pulmonar do DPOC. Revista Cientifica do Hospital Central do Exército. Num. 1. 2017. p.5-12.

-Calixtre, E.M.; Nardi, C.G.; Prado, F.A.A.; Mancini, G.F.; Silva, K.F.M.; Almeida, E.; Eto, S.R.R. Avaliação da função cardiopulmonar e da qualidade de vida de pacientes submetidos à ventilação não invasiva associada a um programa de reabilitação. Revista Saúde e Meio Ambiente. Vol. 4. Num. 1. 2017. p.1-18.

-Celli, B.R. Os fenótipos da doença pulmonar obstrutiva crónica e a sua relevância clínica. Revista Portuguesa de Pneumologia. Vol. 13. Num. 1. 2007. p. 146-150.

-Elrazek, E.A. Randomized prospective crossover study of biphasic intermittent positive airway pressure ventilation (BIPAP) versus pressure support ventilation (PSV) in surgical intensive care patients. Middle East Journal Anaesthesiology. Vol. 17. Num. 6. 2004. p.1009-1021.

-Faustino, E.A. Mecânica Pulmonar de Pacientes em Suporte Ventilatório na Unidade de Terapia Intensiva. Conceitos e Monitorização. Revista Brasileira de Terapia Instensiva. Vol. 19. Num. 2. 2007. p.161-169.

-Ferreira, S.; Nogueira, C.; Conde, S.; Taveira, N. Ventilação não invasiva. Revista portuguesa de pneumologia. Vol. 15. Num. 4. 2009. p. 655-667.

-Filho, G.; Kritski, A.L.; Cruz, A.A.; Deheinzelin, D.; Schettino, G.; Neder, J.A. II Consenso Brasileiro sobre Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica - DPOC. Caracterização da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) - Definição, Epidemiologia, Diagnóstico e Estadiamento. Jornal Brasileiro de Pneumologia. Vol. 30. Num.1. 2005.

-Garrot, R.; Mikelsons, C.; Paul, E.; Wedzicha, J. Randomized Controlled Trial of Domiciliary Noninvasive Positive Pressure Ventilation and Physical Training in Severe Chronic Obstructive Pulmonary Disease. American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine. Vol.162. 2000. p. 1335-1341.

-GOLD. Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease. Global Strategy for the diagnosis, management, and prevention of chronic obstructive pulmonary disease. 2020.

-Gonçalves, A.; Resende, M.S.; Fernandes, M.L.M.P.; Costa, A.M. Influência dos Hormônios Tireoidianos sobre o Sistema Cardiovascular, Sistema Muscular e a Tolerância ao Esforço: uma Breve Revisão. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Vol. 87. Num. 3. 2006. p.45-47.

-Haruki, N.; Takeuchi, M.; Kaku, K.; Yoshitani, H.; Kuwaki, H.; Tamura, M.; Abe, H.; Okazaki, M.; TsutsumI, A.; Otsuji, Y. Comparison of acute and chronic impact of adaptive servo-ventilation on left chamber geometry and function in patients with chronic heart failure. Eur J Heart Fail. Vol. 13. Num. 10. 2011. p.1140-1146.

-Herdy, A.H.; López-Jiménez, F.; Terzic, C.P.; Milani, M.; Stein, R.; Carvalho, T.; Serra, S.; Araujo, C.G.; Zeballos, P.C.; Anchique, C.V.; Burdiat, G.; González, K.; González, G.; Fernández, R.; Santibáñez, C.; Rodríguez-Escudero, J.P.; Ilarraza-Lomelí, H. Diretriz Sul-Americana de Prevenção e Reabilitação Cardiovascular. Arquivo Brasileiro de Cardiologia. Vol. 103. Num. 2. 2014. p. 1-26.

-Ike, D.; Jamami, M.; Marino, D.M.; Ruas, G.; Pessoa, V.D.; Di Lorenzo, V.A.P. Efeitos do exercício resistido de membros superiores na força muscular periférica e na capacidade funcional do paciente com DPOC. Fisioterapia e Movimento. Vol. 23. Num. 3. 2010. p.429-437.

-Lacerda, D.; Costa, D.; Reis, M.; Gomes, E.L.F.D.; Costa, I.P.; Silva, A.B.; Marsico, A.; Stirbulov, R.; Arena, R.; Sampaio, L.M.M. Influence of bilevel positive airway pressure on autonomic tone in hospitalized patients with decompensated heart failure. The Journal of Physical Therapy Science. Vol. 28. Num. 1. 2016. p.1-6.

-Leite, M.R.; Ramos, E.M.C.; Freire, A.P.C.F.; Silva, B.S.A.; Nicolino, J.; Toledo, A.C.; Vanderlei, L.C.M.; Ramos, D. Efeito agudo do exercício aeróbio em diferentes intensidades no transporte mucociliar de pacientes com DPOC. Repositório Institucional UNESP. Vol.48. Num. 6. 2015. p.523-532.

-Lewis, M.I.; LoRusso, T.J.; Fournier, M. Anabolic influences of insulin-like growth factor I and/or growth hormone on the diaphragm of young rats. Journal of Applied Physiology. Vol. 82. Num. 6. 1997. p.1972-78.

-Longuini, A.F.A.; Raimundo, D.A.; Regueiro, E.M.G.; Di Lorenzo, V.A.P.; Jamami, M. Efeitos do treinamento físico em indivíduos com doença pulmonar obstrutiva crônica. Fisioterapia e Movimento. Vol. 22. Num. 4. 2009. p.519-526.

-Machado, F.R.L.; Corrêa, K.S.; Rabahi, M.F. Efeitos do exercício físico combinado na dispnéia, capacidade funcional e qualidade de vida de pacientes com DPOC em uma clínica privada. ASSOBRAFIR Ciência. Vol. 2. Num.2. 2011. p.19-28.

-Mangueira, N.M.; Viega, I.L.; Mangueira, M.A.M.M.; Pinheiro, A.N.; Costa, M.R.S.R. Correlação entre parâmetros clínicos e qualidade de vida relacionada à saúde em mulheres com DPOC. Jornal Brasileiro de Pneumologia. Vol. 35. Num. 3. 2009. p. 248-255.

-Marquez-Martín, E.; Ruiz, F.O.; Ramos, P.C.; López-Campos, J.L.; Azcona, B.V.; Cortés, E.B. Randomized trial of non-invasive ventilation combined with exercise training in patients with chronic hypercapnic failure due to chronic obstructive pulmonary disease. Elsevier. Vol.108. 2014. p.1741-1751.

-Marrara, K.T.; Di Lorenzo, V.A.P.; Jaenisch, R.B.; Cabiddu, R.; Oliveira Sato, T.; Mendes, R.G.; Oliveira, C.R.; Costa, D.; Borghi-Silva, A. Noninvasive ventilation as an important adjunct to an exercise training program in subjects with moderate to severe COPD. Respiratory Care. Vol. 63. Num. 11. 2018. p.1388-1398.

-Martinez, J.A.B.; Padua, A.I.; Filho, J.T. Dispnéia. Revista da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Vol. 37. Num. 1. 2009. p.199-207.

-Mathioudakis, A.G.; Vanfleteren, L.E.G.W.; Lahousse, L.; Higham, A.; Allinson, J.P.; Gotera, C. Current developments and future directions in COPD. European Respiratory Review. Vol. 29. Num. 1. 2020. p.1-12.

-Mesquita, C.B.; Knaut, C.; Caram, L.M.O.; Ferrari, R.; Bazan, S.G.Z.; Godoy, I.; Tann, S.E. Impacto da adesão à oxigenoterapia de longa duração em pacientes com DPOC e hipoxemia decorrente do esforço acompanhados durante um ano. Jornal Brasileiro de Pneumologia. Vol. 44. Num. 5. 2018. p.390-397.

-Moga, A.M.; Marchie, M.; Saey, D.; Spahija, J. Bi-level Positive Airway Pressure (BiPAP) with Standard Exhalation Valve Does Not Improve Maximum Exercise Capacity in Patients with COPD. Journal COPD. Vol. 12. 2015. p. 46-54.

-Moher, D.; Liberati, A.; Tetzlaff, J.; Altman, D.G.; The PRISMA Group. Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses: The PRISMA Statement. PLoS Med. Vol. 6. Num. 7. 2009. p. 1-6.

-Queiroz, C.F.; Lemos, A.C.M.; Bastos, M.L.S.; Neves, M.C.L.C.; Camelier, A.A.; Carvalho, N.B.; Carvalho, E.M. Perfil inflamatório e imunológico em pacientes com DPOC: relação com a reversibilidade do VEF1. Jornal Brasileiro de Pneumologia. Vol. 42. Num. 4. 2016. p.241-247.

-Ribeiro, J.P.; Chiappa, G.R.; Callegaro, C.C. Contribuição da musculatura inspiratória na limitação ao exercício na insuficiência cardíaca: mecanismos fisiopatológicos. Revista Brasileira de Fisioterapia Vol.16. Num. 4. 2012. p.261-267.

-Santos, K.; Karloh, M.; Gulart, A.A.; Munari, A.B.; Mayer, A.F. Relação entre força muscular periférica e respiratória e qualidade de vida em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica. Medicina, Ribeirao Preto. Vol. 48. Num. 5. 2015. p.417-424.

-Scarpinella-Bueno, M.A.; Rodrigues, M.; Hoelz, C.; Amado, V.M.; Barbas, C.S.V.; Knobel, E. Pressure support ventilation versus bilevel positive airway pressure for acute exacerbation of chronic obstructive pulmonary disease: a randomized trial. Critical Care. Vol.5. Num. 3. 2001.p.44.

-Schettino, C.D.S.; Deus, F.C.C.; Gonçalves, A.A.V.; Wallace, E. Relação entre DPOC e Doença Cardiovascular. Revista Pulmão. Vol. 22. Num. 2. 2013. p.19-23.

-Silva, B.S.A.; Gobbo, L.A.; Freire, A.P.C.F.; Trevisan, I.B.; Silva, I.G.; Ramos, E.M.C. Efeitos de um treinamento resistido com tubos elásticos sobre a força muscular, qualidade de vida e dispneia de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica. Journal Physio Education. Vol. 27. 2015. p.1-14.

-Silva, F.O.C.; Macedo, D.V. Exercício físico, processo inflamatório e adaptação: Uma visão geral. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 13. Num. 4. 2011. p.320-328.

-Smilios, I.; Pilianidis, T.; Karamouzis, M.; Parlavantzas, A.; Tokmakidis, S.P. Hormonal Responses after a Strength Endurance Resistance Exercise Protocol in Young and Elderly Males. International Journal of Sports Medicine. Vol. 28. 2007. p.401-406.

-Toledo, A.; Borghi-Silva, A.; Sampaio, L.M.M.; Ribeiro, K.P.; Baldissera, V.; Costa, D. The impact of non-invasive ventilation during the physical training in patients with moderate-to-severe chronic obstructive pulmonary disease (COPD). Clinics. Vol. 1. Num. 2. 2007. p. 113-120.

Publicado
2022-08-06
Como Citar
Soares, P. L. de O. S., & Allahdadi, A. Q. G. da S. (2022). Benefícios da combinação de ventilação não invasiva do tipo bilevel e exercício físico em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 15(97), 282-294. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/2383
Seção
Artigos Científicos - Original