Perfil físico e fisiológico de jovens atletas da patinação artística sobre rodas

  • Paloma Mattos Lazzaroni Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Salime Chedid Lisboa Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Maurício Diniz Pechina Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Guilherme Gomes Rocha Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Carlos Leonardo Figueiredo Machado Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Juliana Lopes Teodoro Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Rafael Grazioli Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Giovani dos Santos Cunha Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil.
Palavras-chave: Patinação sobre Rodas, Criança, Adolescente, Aptidão Física, Esporte

Resumo

Introdução: A Patinação Artística é um esporte em ascensão, principalmente a modalidade sobre rodas. O esporte possui várias modalidades com diferentes perfis físicos e fisiológicos, contudo existe uma limitação de informações relacionadas ao perfil de jovens atletas de patinação artística sobre rodas. Objetivo: Identificar o perfil físico e fisiológico de jovens atletas de patinação artística sobre rodas. Materiais e Métodos: A amostra foi composta por oito atletas de diferentes modalidades da Patinação Artística sobre Rodas com idades entre 11 e 15 anos do sexo feminino de nível nacional. O perfil físico e fisiológico foi determinado através das variáveis de composição corporal, consumo máximo de oxigênio (VO2pico), torque muscular, potência anaeróbica de membros inferiores, flexibilidade e nível de atividade física. Resultados: O VO2pico apresentou valores médios de 50,6 ± 4,9 ml.kg-1.min-1, torque isométrico 136 ± 62 Nm, concêntrico 107 ± 46 Nm, excêntrico 145 ± 63 Nm, flexibilidade de 39,8 ± 8,0 cm, CMJ 29,2 ± 3,1 cm, SJ 23,6 ± 3,5 cm, %G de 26,9 ± 3,9, %MLG 73,1 ± 3,9, MM 34,9 ± 7,2 Kg, MA 13,4 ± 5,1 Kg, CMO 2097 ± 478 g, DMO 1,124± 0,15 g/cm2 e nível de atividade física 9,3 ± 4,7 horas de treino por semana. Conclusão: As atletas de patinação artística sobre rodas de nível nacional têm resultados médios bons de aptidão cardiorrespiratória, de torque muscular, de flexibilidade dos isquiotibiais, da altura dos saltos e uma carga horária de treinos semanais média baixa.

Referências

-Antunes, A.H. Efeitos de dois tipos de sessão de treino em parâmetros fisiológicos e neuromusculares de patinadores. Dissertação de Mestrado. UFRGS-RS. Porto Alegre. 2012.

-Borg, G. Escala CR10 de Borg. Escalas de Borg para a dor e esforço percebido. São Paulo. Manole. 2000. p. 43-47.

-Cunha, G.S.; Vaz, M.A.; Geremia, J.M.; Leites, G.T.; Baptista, R. R.; Lopes, A. L.; Reischak-Oliveira, Á. Maturity Status Does Not Exert Effects on Aerobic Fitness in Soccer Players After Appropriate Normalization for Body Size. Pediatric exercise Science. Vol. 28. Num. 3. 2016.

-Dias, L.N.; Flores, F.L.; Porto, F.; Gurgel, J.L.; Sepúlveda, G.; Gonçalves, F. S.; Sant’anna, F. O desempenho e a influência do salto vertical sobre patins nas etapas do desenvolvimento da patinação. TCC. PUC-RS. Porto Alegre. 2006.

-Dubravcic-Simunjak, S; Pecina, M.; Kuipers, H.; Moran, J.; Haspl, M. The incidence of injuries in elite junior figure skaters. The American journal of sports medicine. Vol. 31. Num. 4. 2003. p. 511517.

-Hoffmann, I.S; Toigo, A.M. Prevalência de lesões musculoesqueléticas em atletas amadores de patinação artística federados no estado do rio grande do sul. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte. Vol. 14. Num. 1. 2016.

-Kowalczyk, A.D.; Geminiani, E.T.; Dahlberg, B.W.; Micheli, L.J.; Sugimoto, D. Pediatric and Adolescent Figure Skating Injuries: A 15-year Retrospective. Medicine & Science in Sports & Exercise. Waltham. Vol. 50. Num. 5S. 2019. p. 489.

-Laskey, M.A.; Phill, D. Dual-energy X-ray absorptiometry and body composition. Nutrition. Vol.12. Num.1. 1996. p 45-51.

-Leites, G.T.; Cunha, G.S.; Obeid, J.; Wilk, B.; Meyer, F.; Timmons, B. W. Thermoregulation in boys and men exercising at the same heat production per unit body mass. European journal of applied physiology. Vol. 116. Num. 7. 2016. p. 1411-1419.

-Luguetti, C.N.; Ré, A.H.N.; Böhme, M.T.S. Indicadores de aptidão física de escolares da região centro-oeste da cidade de São Paulo. Rev Bras cineantropom desempenho hum. Vol. 12. Num. 5. 2010. p. 331-7.

-Maffiuletti, N.A.; Aagaard, P.; Blazevich, A. J.; Folland, J.; Tillin, N.; Duchateau, J. Rate of force development: physiological and methodological considerations. European journal of applied physiology. Zurich. Vol. 116. Num. 6. 2016. p. 1091-1116.

-Maria, B.; Ilona, V.B. The effectiveness of proprioceptive training for improving coordination and equilibrium skills among figure skaters. Tartalom/Contents, p. 7. Magyar Sporttudományi Szemle, 20 évfolyam 81, szám 2019.

-Mirwald, R.L.; Baxter-Jones, A. D.; Bailey, D. A.; Beunen, G. P. An assessment of maturity from anthropometric measurements. Medicine and science in sports and exercise. Saskatoon. Vol. 34. Num. 4. 2002. p. 689-694.

-Mostaert, M.; Deconinck, F.; Pion, J.; Lenoir, M. Anthropometry, physical fitness and coordination of young figure skaters of different levels. International journal of sports medicine. Ghent. Vol. 37. Num. 7. 2015. p. 531-538.

-Pajuelo Escobedo, B.; Alonso Fernández, C. Estudio antropométrico del patinaje artístico sobre ruedas en la modalidad de libre en niñas canarias de 5-15 años. Trabajo Fin de Grado. Universidad de La Laguna. Santa Cruz de Tenerife. España. 2018.

-Pinto, M.F.R. Perfil antropométrico e desempenho motor de atletas de patinação artística sobre rodas. TCC. UNISUL-SC. Palhoça. 2017

-Sahaly, R.; Vandewalle, H.; Driss, T.; Monod, H. Maximal voluntary force and rate of force development in humans–importance of instruction. European journal of applied physiology. Paris. Vol. 85. Num. 3. 2001. p. 345-350.

-Sayers, S.P. Harackiewicz, D.V.; Harman, E.A.; Frykman, P.N.; Rosenstein, M.T. Cross-validation of three jump power equations. Medicine and science in sports and exercise. New Britain. Vol. 31. Num. 4. 1999. p. 572-577.

-Slater, L.V.; Vriner, M.; Zapalo, P.; Arbour, K.; Hart, J.M. Difference in Agility, Strength, and Flexibility in Competitive Figure Skaters Based on Level of Expertise and Skating Discipline. Journal Of Strength and Conditioning Research. Vol. 30. Num. 12. 2016. p.3321-3328.

-Smith, A.D. The young skater. Clinics in sports medicine. Philadelphia.Vol. 19. Num. 4. 2000. p. 741-755.

-Suárez, D.P.M.; Claros, J.A.V. Perfil antropométrico, somatotipo y condición física de niños patinadores de Neiva. Acción motriz. Neiva. Num. 22. 2019. p. 43-50.

-Suárez, M.H.; Manchado López, C.; Ferragut fiol, C. Antropometría, Composición Corporal y Somatotipo de las Patinadoras de Elite en Patinaje Artístico sobre Ruedas: Análisis por Disciplinas. International Journal of Morphology. Pontevedra. Vol. 33. Num. 3. 2015. p. 1130-1135.

-Sugimoto, D.; Lambrinakos-Raymond, K; Kobelski, G. P.; Geminiani, E. T.; Stracciolini, A.; Meehan III, W. P. Sport specialization of female figure skaters: cumulative effects on low back injuries. The Physician and Sports medicine. Waltham. 2020. p. 1-6.

-Vadocz, E.A.; Siegel, S.R.; Malina, R.M. Age at menarche in competitive figure skaters: variation by competency and discipline. Journal of sports sciences. Columbia. Vol. 20. Num. 2. 2002. p. 93-100.

-Wells, K.F.; Dillon, E.K. The sit and reach-a test of back and leg flexibility. Research Quarterly. American Association for Health, Physical Education and Recreation. Wellesley. Vol. 23. Num. 1. 1952. p. 115-118.

-WHO. child growth standards: length/height-for-age, weight-for-age, weight-for-length, weight-forheight and body mass index-for-age: methods and development. Geneva. 2006.

Publicado
2021-11-07
Como Citar
Lazzaroni, P. M., Lisboa, S. C., Pechina, M. D., Rocha, G. G., Machado, C. L. F., Teodoro, J. L., Grazioli, R., & Cunha, G. dos S. (2021). Perfil físico e fisiológico de jovens atletas da patinação artística sobre rodas. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 15(96), 252-262. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/2430
Seção
Artigos Científicos - Original