Efeitos de duas estratégias nutricionais associadas ao treinamento de força sobre parâmetros antropométricos, composição corporal e consumo alimentar em idosas: estudo randomizado controlado

  • Crístenes Oliveira de Melo Ferreira Lima Universidade Federal de Pernambuco, Departamento de Educação Física, Recife-PE, Brasil.
  • Natália Costa de Meira Lins Universidade Federal de Pernambuco, Departamento de Educação Física, Recife-PE, Brasil.
  • Lara Medeiros de Melo Universidade Federal de Pernambuco, Departamento de Nutrição, Recife-PE, Brasil.
  • Silvia Gomes de Oliveira Centro Universitário dos Guararapes, Escola de Ciências e Saúde, Jaboatão dos Guararapes-PE, Brasil.
  • Maria Lúcia Diniz Araujo Universidade Federal de Pernambuco, Departamento de Educação Física, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Recife-PE, Brasil.
  • André dos Santos Costa Universidade Federal de Pernambuco, Departamento de Educação Física, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Recife-PE, Brasil.
Palavras-chave: Idosos, Perda de Peso, Exercício Físico, Dieta

Resumo

A prevalência do excesso de peso tem crescido significativamente em idosos brasileiros e cresce também o debate em torno de qual estratégia nutricional seria ideal para a promoção do emagrecimento. Assim, este estudo teve por objetivo comparar o efeito da educação nutricional com um método tradicional de prescrição alimentar restritiva, ambas associadas ao treinamento de força, sobre medidas antropométricas, composição corporal e consumo alimentar em idosas em um período de oito semanas de intervenção. Estudo do tipo ensaio clínico aleatorizado, controlado, desenvolvido com 24 idosas, idade ≥ 60 anos, Circunferência da Cintura ≥80 cm e que aderiram voluntariamente ao estudo. Os dados de consumo calórico e de macronutrientes apresentaram efeito significativo para as calorias, proteínas e lipídeos em relação ao tempo. Quanto aos dados antropométricos e de composição corporal, observou-se efeito significativo da interação tempo e grupo sobre as medidas percentual magro total, gordo total e massa gordurosa androide. Para as demais variáveis não houve diferenças estatisticamente significantes. Tanto o método tradicional prescritivo como a educação nutricional associadas a oito semanas de treinamento de força promoveram reduções significativas na ingestão total de calorias e de lipídios, mas apenas no método tradicional prescritivo promoveu redução significativa na massa gorda da região androide. Entretanto, independente da abordagem nutricional, oito semanas de intervenção (curto prazo) não foram suficientes para promover reduções significativas na classificação de risco de complicações cardiometabólicas, avaliado pela circunferência de cintura.

Referências

-Abravanel, F.; Socha, T.C.; Sell, I.M.; Nesello, L.A.N. Eficácia de um programa de educação nutricional em grupo como estratégia para controle do sobrepeso e obesidade. Demetra; Vol. 12. Num. 4. 2017. p. 953-963.

-Aragon, A. A.; Schoenfeld, B. J.; Wildman, R.; Kleiner, S.; VanDusseldorp, T.; Taylor, L.; Earnest, C.P.; Arciero, P.J.; Wilborn, C.; Kalman, S.D.; Stout, J.R.; Willoughby, D.S.; Campbell, B.; Arent, S.M.; Bannock, L.; Smith-Ryan, A.E.; Antonio, J. International society of sports nutrition position stand: diets and body composition. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 14. Num. 16. 2017. p.14-16.

-Bernardes, M.S.; Marín-Léon, L. Educação alimentar e nutricional em grupo para o tratamento do excesso de peso em mulheres adultas na estratégia de saúde da família. Revista de Nutrição. Vol. 31. Num. 1. 2018. p.59-70.

-Bianchi, V.E. Impact of nutrition and cardiovascular function. Current Problems in Cardiology. Vol. 45. Num. 1. 2018. p.100391.

-Brouns, F. Prevenção de sobrepeso e diabetes: é recomendável uma dieta com baixo teor de carboidratos e alto teor de gordura? Eur J Nutr. Vol. 57. Num. 4. 2018. p.1301-1312.

-Camilleri, M.; Acosta, A. Terapias combinadas para obesidade. Metab Syndr Relat Disord. Vol.16. Num. 8. 2018.p. 390-394.

-Dayan, P.H.; Sforzo, G.; Boisseau, N.; Pereira-Lancha, L.O.; Lancha, A.H.J. Review article A new clinical perspective: Treating obesity with nutritional coaching versus energy-restricted diets. Nutrition Journal. Vol. 60. 2019. p.147-151.

-Deus, R.M.; Mingoti, S.A.; Jaime, P.C.; Lopes, A.C.S. Impacto de intervenção nutricional sobre o perfil alimentar e antropométrico de usuárias do Programa academia da saúde. Ciência & saúde coletiva. Vol. 20. Num. 6. 2015. p.1937-1946.

-Escola Paulista de Medicina. Programa de apoio à decisão em nutrição, versão 2.5. São Paulo. Universidade Federal de São Paulo. 1995.

-França, C.J.; Carvalho, V.C.H.S. Estratégias de educação alimentar e nutricional na Atenção Primária à Saúde: uma revisão de literatura. Vol.41. Num. 114. 2017. p.932-948.

-Fernández-Ruiz, V.E.; Ramos-Morcillo, A.J.; Solé-Agustí, M.; Paniagua-Urbano, J.A.; Armero-Barranco, D. Effectiveness of an Interdisciplinary Program Performed on Obese People Regarding Nutritional Habits and Metabolic Comorbidity: A Randomized Controlled Clinical Trial. Int J Environ Res Public Health. Vol. 17. Num. 1. 2020. p. 336.

-Fothergill, E.; Guo, J.; Howard, L.; Kerns, J.C.; Knuth, N.D.; Brychta, R.; Chen, K.Y.; Skarulis, M.C.; Walter, M.; Walter, P.J.; Hall, K.D. Persistent metabolic adaptation 6 years after The Biggest Loser competition. Obesity. Vol. 24. Num. 8. 2016. p. 1612-1619.

-Greenway, F.L. Physiological adaptations to weight loss and factors favouring weight regain. Int J Obes. Vol.39. Num.8. 2015. p.1188-96.

-Johnstone, A. Fasting for Weight Loss: An Effective Strategy or Latest Dieting Trend? Int J Obes. Vol. 39. Num. 5. 2015. p.727-33.

-Lancha, A.H.J.; Sforzo, G. A.; Pereira-Lancha, L.O. Improving Nutritional Habits With No Diet Prescription: Details of a Nutritional Coaching Process. Am J Lifestyle Med. Vol.12. Num. 2. 2016. p.160-165.

-Longland, T.M.; Oikawa, S.Y.; Mitchell, C.J.; Devries, M.C.; Phillips, S.M. Higher compared with lower dietary protein during an energy deficit combined with intense exercise promotes greater lean mass gain and fat mass loss: a randomized trial. Am J Clin Nutr Vol. 103. Num. 3. 2016. p.738-46.

-Ministério da Saúde. Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico: estimativas sobre frequência e distribuição sociodemográfica de fatores de risco e proteção para doenças crônicas nas capitais dos 26 estados brasileiros e no distrito federal em 2019. Brasília. 2020. Acesso: 22/03/2021. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/vigitel_brasil_2018_vigilancia_fatores_risco.pdf.

-Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. 2ª edição. Brasília. Brasília. 2014. Acesso: 10/04/2021. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf.

-Miller, T.; Mull, S.; Aragon, A.A.; Krieger, J.; Schoenfeld, B.J. Resistance Training Combined With Diet Decreases Body Fat While Preserving Lean Mass Independent of Resting Metabolic Rate: A Randomized Trial. International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism. Vol. 28. Num. 1. 2018. p.46-54.

-Pereira-Lancha, L.O.; Lancha, A.H.J. Nutritional Coaching Process Improve Nutritional Habits and Body Composition without a Diet Prescription Even 36 Weeks after the Last Sessions. Remedy Open Access. Vol.1. 2016. p. 1023.

-Ravussin, E.; Redman, L.M.; Rochon, J.; Krupa, S.; Fontana, L.; Kraus, W.E.; Romashkan, S.; Williamson, D.A.; Meydani, S.N.; Villareal, D.T.; Smith, S.R.; Stein, R.I.; Scott, T.M.; Stewart, T.M.; Saltzman, E.; Klein, S.; Bhapkar, M.; Martin, C.K.; Gilhooly, C.H.; Holloszy, J.O.; Hadley, E.C.; Roberts, S.B.; Calerie, S.G. A 2-Year randomized controlled trial of human caloric restriction: feasibility and effects on predictors of health span and longevity. J. Gerontol. A Biol. Sci. Med. Sci. Vol. 70. 2015. p. 1097-1104.

-Serra, M.C.; Beavers, D.P.; Henderson, R.M.; Kelleher, J.L.; Kield, J.R.; Beavers, K.M. Effects of a Hypocaloric, Nutritionally Complete, Higher Protein Meal Plan on Regional Body Fat and Cardiometabolic Biomarkers in Older Adults with Obesity. Ann Nutr Metab. Vol.74. Num. 2. 2019. p.149-155.

-Silva, T.A.P.; Quintão, D.F. Estratégias de educação nutricional nos grupos do projeto ‘de bem com a balança’ de 4 unidades básicas de saúde do município de Muriaé-MG. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 9. Num. 53. 2015. p.188-198. Disponível em: www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/download/392/361.

-Sugawara, N.; Sagae, T.; Yasui-Furukori, N.; Yamazaki, M.; Shimoda, K.; Mori, T.; Sugai, T.; Matsuda, H.; Suzuki, Y.; Ozeki, Y.; Okamoto, K.; Someya, T. Effects of nutritional education on weight change and metabolic abnormalities among patients with schizophrenia in Japan: A randomized controlled trial. J Psychiatr Res. Vol. 97. 2018. p.77-83.

-Slomski, A. Low-Carb Diets Help Maintain Weight Loss. Jama. Vol. 29. Num. 4. 2019. p.335.

-Tirapegui, J.; Cruzat, V.F. Bioquímica da Nutrição no Esporte. In Cozzolino, S.M.F.; Cominetti, C. Bases Bioquímicas e Fisiológicas da Nutrição nas diferentes fases da vida, na saúde e na doença. São Paulo. Manole. 2013.

-Verheggen, R. J. H. M.; Maessen, M. F. H.; Green, D. J.; Hermus, A. R. M. M.; Hopman, M. T. E.; Thijssen, D. H. T. A systematic review and meta-analysis on the effects of exercise training versus hypocaloric diet: distinct effects on body weight and visceral adipose tissue. obesity reviews. Vol. 17. Num. 8. 2016. p. 664-90.

-Wathen, D. Load assignment. In Beachle, T. editor. Essentials of Strength Training and Conditioning. Champaign, IL. Human Kinetics. 1994.

-WHO. World Health Organization. Obesity Preventing and managing the global epidemic. Report of a WHO Consultation on Obesity. 1998.

-Yannakoulia, M.; Poulimeneas, D.; Mamalaki, E.; Anastasiou, C.A. Dietary modifications for weight loss and weight loss maintenance. Metabolism. Vol. 92. 2019. p.153-62.

Publicado
2022-08-06
Como Citar
Lima, C. O. de M. F., Lins, N. C. de M., Melo, L. M. de, Oliveira, S. G. de, Araujo, M. L. D., & Costa, A. dos S. (2022). Efeitos de duas estratégias nutricionais associadas ao treinamento de força sobre parâmetros antropométricos, composição corporal e consumo alimentar em idosas: estudo randomizado controlado. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 15(98), 399-407. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/2456
Seção
Artigos Científicos - Original