Resposta da força muscular em mulheres com a utilização de duas metodologias para o teste de 1rm

  • Alex Souto Maior Departamento de Fisioterapia – Universidade Plínio Leite (UNIPLI) – Niterói – Rio de Janeiro Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu em Musculação e Treinamento de Força –Universidade Gama Filho (UGF)
  • Gustavo Jaeger de Sousa Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu em Musculação e Treinamento de Força –Universidade Gama Filho (UGF)
  • Pierre Oliveira Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu em Musculação e Treinamento de Força –Universidade Gama Filho (UGF)
  • Kamir Silva Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu em Musculação e Treinamento de Força –Universidade Gama Filho (UGF)
  • Jackson Giusti Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu em Musculação e Treinamento de Força –Universidade Gama Filho (UGF)
  • Belmiro Freitas de Salles Escola de Educação Física e Desportos – Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEFD/UFRJ)
  • Gilmar Weber Senna Escola de Educação Física e Desportos – Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEFD/UFRJ)
  • Roberto Simão Escola de Educação Física e Desportos – Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEFD/UFRJ)
Palavras-chave: Mulheres, Auto-eficácia, Força muscular
Publicado
2012-01-01
Como Citar
Maior, A. S., Sousa, G. J. de, Oliveira, P., Silva, K., Giusti, J., Salles, B. F. de, Senna, G. W., & Simão, R. (2012). Resposta da força muscular em mulheres com a utilização de duas metodologias para o teste de 1rm. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 4(24). Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/288
Seção
Artigos Científicos - Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##