Treinamento de força e câncer de mama: revisão sistemática

Alan Moraes, Claudio Battaglini, Luiz Fernando Schmidt, Aline Dandara Rafael, Suelen Cristina Roussenq, Mirella Dias, Magnus Benetti

Resumo


O treinamento de força é uma estratégia de intervenção para manutenção e promoção da saúde, como também melhoria na qualidade de vida. O desenvolvimento da força muscular vem sendo reconhecido na recuperação e reabilitação dos sobreviventes do câncer de mama, atenuando debilitações físicas, psicológicas durante e após o tratamento. Este trabalho objetiva apresentar resultados de estudos conduzidos na área do treinamento de força em mulheres submetidas ao tratamento do câncer de mama, buscando uma atualização e embasar a prática baseada em evidências. A busca da literatura foi realizada em periódicos indexados nos bancos de dados Scielo, Bireme e Pubmed. Os descritores utilizados foram breast cancer, strength training, resistance training e weight lifting. De acordo com achados deste estudo, os efeitos do treinamento de força são positivos, melhoras na densidade óssea, força muscular, qualidade de vida, redução de quedas e impacto positivo na percepção de saúde, aparentemente impõe risco mínimo durante a participação  o aos pacientes. Foi constatado nessa revisão de literatura que estudos com treinamento de força aparentemente não aumentam incidência de linfedema nesta população, mesmo com aumento progressivo da intensidade.

 

ABSTRACT

Strenght Training and breast câncer: a sistematic review

Strength training is an intervention strategy to maintain, promote health and improve quality of life. The development of muscle strength has been recognized in the rehabilitation and recovery of breast cancer survivor, mitigating physical and psychological disabilities during and after treatment. This study aim to present the results of studies conducted in the field of strength training and breast cancer women who were submitted to treatment, seeking to verify the load intensity influence in the onset and worsening of lymphedema. Literature research was made in journals indexed on database of Scielo, and Pubmed, and Bireme. Strength training, breast cancer, weight lifting and resistance training were the Keywords used in the present research. According to results found in this study, the effects of strength training are positive in increasing bone density, muscle strength, quality of life, reduction of falls and has a positive impact in perception of health, apparently has minimum risk imposed to participants during participation. This literature review has found that studies with strength training apparently do not increase the incidence of lymphedema in this population, even with progressive increase of the load.

 


Palavras-chave


Exercício Físico; Neoplasia; Comorbidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui