Respostas neuromorfológicas referentes a um protocolo de treino resistido com ênfase na ação muscular isométrica

Vitor Angleri, Fernando Oliveira Catanho da Silva

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi verificar o potencial da ação muscular isométrica na rotina do treinamento resistido em relação ao aumento da força e hipertrofia muscular. Material e Métodos: A pesquisa se deu com 12 homens de 20,75±1,22 anos, treinados a 2,58±0,79 anos, onde 6 realizaram treinos estruturados em 3 séries de 8 repetições, com 4 segundos de isometria no início das ações concêntricas de cada repetição, pausa de 1 minuto entre séries, 6x/semana,durante 8 semanas (GE). Seis sujeitos treinaram desconsiderando a ênfase isométrica, ademais respeitando as condições anteriores (GC).  Realizou-se pré e pós-experimento testes de 1RM no Supino Reto (SR) e Leg Press 45° (LP) e teste antropométrico para determinar percentual de gordura (%G) e massa corporal magra (MCM). No tratamento dos dados utilizou-se a análise de variância ANOVA com pós-teste de Tukey, considerando p<0,05. Resultados: Os dados indicaram significativo aumento intra-grupo (p=0,049) no teste de 1RM no exercício de SR no GE (Pré: 105,00±10,18Kg; Pós: 119,67±10,15Kg) ao final das oito semanas, além de uma observável tendência de aumento (p=0,98) da MCM (Pré: 71,68±5,03Kg; Pós: 73,34±4,71Kg). Discussão: Constatou-se aumento de força máxima nos MMSS e tendência à hipertrofia. Conclusão: Conclui-se que a utilização da isometria junto dos esforços dinâmicos mostrou-se eficaz como variável do treinamento resistido, potencializando o aumento de desempenho e, eventualmente, a hipertrofia muscular.

 

ABSTRACT

Neuromorphological responses due to a training protocol with emphasis in isometric muscular action

Aim: The objective of this research was to investigate the potential of isometric muscle action in the routine of resistance training in relation to the increase in strength and muscle hypertrophy. Material and Methods: The study was with 12 men of 20.75 ± 1.22 years, 2.58 ± 0.79 trained years where 6 conducted structured workouts in 3 sets of 8 reps with 4 seconds of isometric at the beginning of each repetition concentric actions, 1 minute break between sets, 6x/weed, for 8 weeks (GE). Six subjects trained disregarding isometric emphasis, besides respecting the above conditions (GC). Were pre and post-experiment tests the Bench Press 1RM (SR) and 45 ° Leg Press (LP) and anthropometric test to determine body fat percentage (%G) and lean body mass (MCM). In the data we used the ANOVA with Tukey post-test, considering p<0.05. Discussion: We found an increase of force across joint amplitude and tending hypertrophy. Results: The data indicated a significant increase intra-group (p=0,049) in the 1RM test in the exercise of the GE SR (Pre: 105.00±10.18 Post: 119.67±10.15) at the end of eight weeks, plus an observable tendency to increase (p=0,98) MCM (Pre: 71.68± 5.03 Post: 73.34 ± 4.71). Conclusion: It is concluded that the use of isometrics with the dynamic efforts proved effective as the variable resistance training, enhancing the performance increase and eventually muscle hypertrophy.


Palavras-chave


Treinamento; Exercício Isométrico; Hipertrofia; Força Muscular

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui