Efeito do treinamento de força nos parâmetros mecânicos da corrida

Guilherme Osvaldo Barbosa Sauer, Guilherme Cesca Detoni, Vinícius Machado de Oliveira, Marcos Roberto Queiroga, Leonardo Alexandre Peyré-Tartaruga, Marcus Peikriszwili Tartaruga

Resumo


Introdução: É consenso que a melhora do sistema neuromuscular decorrente do treinamento de força promove ganhos significativos no desempenho físico. Apesar disso, poucos são os estudos que têm investigado o efeito do treinamento de força nos parâmetros mecânicos da corrida. Objetivo: Analisar os efeitos do treinamento de força nos parâmetros mecânicos da corrida. Materiais e Métodos: Oito corredores recreacionais foram submetidos a um programa de treinamento de força de doze semanas e a três testes de economia de corrida realizados antes, durante e após o período de treinamento para a determinação das magnitudes das respectivas variáveis dependentes. Resultados: A análise de variância de medidas repetidas demonstrou não existirem diferenças significativas nos parâmetros avaliados. Discussão: Devido aos efeitos do treinamento de força na melhora do desempenho de corredores de rendimento, a análise da técnica de corrida justifica-se com objeto de estudo científico. Pesquisas têm demonstrado a eficiência dos programas de treinamento de força para a melhora do sistema neuromuscular relacionada às adaptações fisiológicas e mecânicas, ambas decorrentes de programas baseados na aplicação de exercícios resistidos. Conclusão: O treinamento de força de doze semanas aplicado isoladamente em corredores recreacionais parece não ser suficiente para modificar os parâmetros mecânicos da corrida.

 

ABSTRACT

Effects of strength training in mecanics parameters of run

Introduction: The consensus is that the improvement of the neuromuscular system resulting from strength training promotes significant gains on performance. Nevertheless, few studies have investigated the effect of strength training on the mechanical parameters of running. Objective: Analyze the effects of strength training on mechanical parameters of running. Materials and Methods: Eight recreational runners underwent a program of strength training of twelve weeks and three tests of running economy performed before, during and after the training period. Results: The repeated measures analysis of variance showed no significant differences in the behavior of the parameters evaluated. Discussion: Due to the effects of strength training in improving the performance of runner, the study of the running technique is justified. Studies have demonstrated the effectiveness of strength training programs in order to improve the neuromuscular system, consequences of physiological and mechanical adaptations both resulting of resistance training exercises. Conclusion: The strength training of twelve weeks applied separately in recreational runners isn’t sufficient to modify the mechanical parameters of running.


Palavras-chave


Biomecânica; Desempenho Esportivo; Eficiência; Locomoção

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui