Leptina e exercício físico: mecanismos para controle do peso corporal

Wallace Machado, Estêvão Rios Monteiro, Verônica Salerno

Resumo


O objetivo do presente estudo foi identificar os possíveis mecanismos de atuação da leptina no organismo, com o exercício na fisiopatologia da obesidade. A leptina é o hormônio sintetizado principalmente pelos adipócitos, responsável pelo controle do balanço energético. Concentrações séricas de leptina em indivíduos obesos são superiores quando comparadas com indivíduos magros, correlacionando-se diretamente ao percentual de gordura corporal, caracterizando o quadro de resistência a leptina.  Estratégias não farmacológicas que tem por objetivo a redução do peso corporal utilizam a dieta e o exercício físico como principais ferramentas.  Estudos realizados em indivíduos obesos apontam que o exercício físico crônico (> 8 semanas) é capaz reduzir a concentração plasmática de leptina, independente do gênero e da modalidade (aeróbio ou resistido). Entretanto, esta redução está associada com reduções em diversos índices antropométricos (peso corporal, percentual de gordura, massa gorda, IMC, circunferência de cintura e relação cintura-quadril). Os estudos que avaliaram a concentração plasmática de leptina após uma sessão de exercício moderado em indivíduos obesos não identificaram alterações significativas. Desta forma, parece que é necessário que o exercício físico promova mudanças significativas na composição corporal para que sejam observadas mudanças na concentração plasmática de leptina. Este fato pode ser atribuído a uma menor secreção de leptina pelo tecido adiposo devido a redução na quantidade de gordura corporal associada ao exercício.

 

ABSTRACT 

Leptin and physical exercise: mechanisms to control the body weight

The aim of this study was to identify possible mechanisms of action of leptin in the body, with the exercise of obesity path physiology. Leptin is a hormone synthesized mainly by adipocytes, responsible for the control of energy balance. Serum leptin levels are higher in obese compared with lean subjects, correlating directly to body fat percentage, characterizing resistance to leptin. Non-pharmacological strategies that aims at reducing body weight using diet and exercise as primary tools. Studies show that obese individuals exercise chronic (> 8 weeks) is able to reduce the plasma concentration of leptin, independent of gender and the type (aerobic or resistance). However, this reduction is associated with reductions in various anthropometric index (body weight, body fat percentage, fat mass, BMI, waist circumference and waist-hip ratio). Studies evaluating the plasma concentration of leptin after a session of moderate exercise in obese subjects did not identify significant changes. Therefore, it seems necessary that physical exercise promotes significant changes in body composition that are observed changes in plasma leptin. This fact can be attributed to reduced secretion of leptin by adipose tissue due to a reduction in body fat associated with exercise.

Palavras-chave


Leptina; Exercício físico; Peso corporal

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui