O efeito placebo no desempenho de praticantes de musculação

Natalia Jacob, Bruno Willian, Fabricio Madureira, Dilmar Guedes, Fabio Oliveira, Louise Madsen, Claudio scorcine

Resumo


O objetivo do estudo foi analisar o efeito placebo nos praticantes da musculação. Foram recrutados 13 indivíduos praticantes de musculação há mais de dois anos, os mesmos realizaram uma bateria de testes que consiste em 10 repetições máximas no exercício supino, e após um período de recuperação, realizaram uma única série de exaustão com 80% da carga máxima. Posteriormente a cada teste os mesmos indicavam a percepção de dor através da escala Cr10 de Borg e após o intervalo de 48 horas, os indivíduos foram incentivados a acreditar que estavam consumindo um complexo de aminoácidos capaz de aumentar sua força e resistência, repetindo os procedimentos experimentais anteriores utilizando o placebo como hipotética suplementação. Os resultados mostram que houve um aumento da força, fazendo com que os mesmos superassem a carga máxima de 10 repetições, o que sugere que o uso do placebo foi eficaz. Já no teste de exaustão usando 80% da carga máxima alcançada não foi possível observar melhoras significativas. Pode-se concluir que o efeito placebo foi positivo para o grupo estudado fazendo com que os mesmos aumentassem a carga máxima.

 

ABSTRACT

 

The aim of the research was to analyze placebo effect in the bodybuilding people. Methodology: Thirteen body building people, who practice it for at least two years, will be engaged in tests which comprise 10 repetitions of the supine exercise and, after an interval; these individuals will endeavor one single series of exhaustion with 80% maximum   load attained. Upon each test, they showed the sensitivity to pain according to the Cr10 Borg’s measurement standard. After 48 hours the individuals will be encourage experience outcomes similar to those accomplished with the use of amino acids expected to boost strength and performance. In the end they will repeat the procedure taking the placebo as vitamin supplement. The results show that hears an improvement in strength, so that they would exceed the maximum load of 10 replications, showing that the placebo was effective. Already on exhaustion test using the maximum load of individuals can be seen that there has been no improvement, one of the possible reasons may have been short pause time between sets. With all concluded that the placebo effect may indeed come to pass with individuals studied, but the confidence that the student has with the teacher must be very large, so that he can believe what he is taking will actually improve your performance in your sport. Many of the studies found in the literature today talk about the Placebo Effect VS some kind of supplement (Creatine, Whey Protein, etc.), and this research aimed to study the effect than placebo on the performance of practitioners of bodybuilding.


Palavras-chave


Desempenho; Musculação; Placebo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui