Aplicação do questionário de ansiedade cardíaca no pós-operatório de cirurgia cardíaca

  • André Luiz Lisboa Cordeiro Docente da Faculdade Nobre/Instituto Nobre de Cardiologia
  • Livia Freire Graduanda em Fisioterapia pela Faculdade Nobre
  • Rui Mendes Junior Graduanda em Fisioterapia pela Faculdade Nobre
  • Ananda Bastos Graduanda em Fisioterapia pela Faculdade Nobre
  • Sarah Carvalho Coordenadora do Instituto Nobre de Cardiologia
  • Thiago Melo Docente da UNIFACS
  • André Raimundo Guimarães Cirurgião-chefe do Instituto Nobre de Cardiologa/Santa Casa de Misericórdia, Feira de Santana
Palavras-chave: Cirurgia torácica, Ansiedade, Fisioterapia

Resumo

A intervenção cirúrgica nas patologias cardíacas faz-se necessária quando o risco operatório é inferior ao risco do distúrbio, além de quando os benefícios quanto à sobrevida superam as expectativas do tratamento clínico da patologia. A ansiedade cardíaca (AC) é o medo de estímulos e sensações relacionadas a doenças cardíacas, percebidos como negativos ou perigosos, comumente apresentada por pacientes cardiopatas que passaram por cirurgia cardíaca. O objetivo do trabalho foi avaliar se existe alteração do grau de ansiedade cardíaca no pós-operatório de cirurgia cardíaca. Foi realizado um estudo tipo coorte prospectivo. Após os critérios de inclusão e exclusão a amostra contou com 25 pacientes. Este trabalho foi feito com base no Questionário de Ansiedade Cardíaca que analisa a frequência de sintomas, atitudes e sensações do paciente. Avaliou-se pacientes nos pré e no 7º dia pós-operatório, comparando os valores no pré e pós. A população da pesquisa foi composta por 18 homens e 7 mulheres com idade média de 50,0 +- 14,02. Em relação ao tipo de cirurgia, 76% foram submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica, enquanto 8% troca de valva mitral, 8% de troca de válvula aórtica e 8% de correção de comunicação inter-atrial. A média do valor do questionário de ansiedade cardíaca no pré-operatório foi de 50,0 +- 17 e no pós-operatório a média foi de 29 +- 11, obtendo um p<0,005. Concluímos que o procedimento cirúrgico e uma abordagem fisioterapêutica no pós-operatório podem reduzir o grau de ansiedade cardíaca.

 

ABSTRACT 

Analysis of lung capacity in patients undergoing coronary artery bypass grafting

Surgical intervention in cardiac pathologies is necessary when the operative risk is less than the risk of the disorder, and when the benefits on survival exceed the expectations of the medical treatment of the condition. Cardiac anxiety (AC) is the fear of stimuli and sensations related to heart disease, perceived as negative or dangerous, commonly presented by patients with heart disease who underwent cardiac surgery. The objective was to assess whether there is change in the degree of cardiac anxiety in post-cardiac surgery. One prospective cohort study was conducted. After the inclusion and exclusion criteria to sample comprised 25 patients. This work was done on the basis of the Cardiac Anxiety Questionnaire analyzing the frequency of symptoms, attitudes and feelings of the patient. We assessed patients preoperatively and 7 days postoperatively, comparing the values before and after. The research population consisted of 18 men and 7 women with a mean age of 50.0 + - 14.02. Regarding the type of surgery, 76% underwent CABG, while 8% mitral valve replacement, 8% replacement of the aortic valve and 8% correction of inter-atrial communication. The average value of cardiac anxiety questionnaire preoperatively was 50.0 + - 17 and postoperative average was 29 + - 11, obtaining a p <0.005. We conclude that surgery and physical therapy approach postoperatively may reduce the degree of cardiac anxiety.

Publicado
2016-04-28
Como Citar
Cordeiro, A. L. L., Freire, L., Mendes Junior, R., Bastos, A., Carvalho, S., Melo, T., & Guimarães, A. R. (2016). Aplicação do questionário de ansiedade cardíaca no pós-operatório de cirurgia cardíaca. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 9(56), 592-596. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/812
Seção
Artigos Científicos - Original