Treinamento de força para indivíduos com transposição das grandes artérias: uma revisão

Marcio Aparecido Fazolin, Thiago Mattos Frota de Souza, Fabio Luis Ceschini

Resumo


Introdução: Atualmente, pessoas de diferentes idades vão a parques, clubes ou academias para a prática de exercícios físicos, desde a prevenção até uma possível reabilitação física. Diante desta procura, profissionais da saúde se despendem na prescrição de exercícios aos específicos perfis, sobretudo, cardiopatas. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi demonstrar a importância do treinamento de força em indivíduos com transposição das grandes artérias. Materiais e métodos: A partir de uma revisão narrativa dos estudos relacionados ao treinamento de força, exercícios aeróbios, sistema cardiovascular, principalmente o coração e sua morfofisiologia, este trabalho integra diferentes aspectos de um treino de força e suas particularidades às pessoas com um raro distúrbio cardíaco congênito, a transposição das grandes artérias. Resultados: A presente pesquisa demonstrou que treinamento de força, é importante para o grupo com o tipo da alteração cardíaca apresentada, devido às diversas adaptações geradas pelo específico exercício. Foi visto que é fundamental periodizar o treino, adequando especificamente ao público analisado. Ficou claro que o exercício aeróbio, é também um subsídio valioso no processo de adaptação cardiovascular e deve ser desenvolvido em conjunto ao de força, emancipando diferentes capacidades físicas. Uma avaliação física prévia, assim como o monitoramento da frequência cardíaca no treino é primordial para evitar situações de riscos aos indivíduos em questão, conferindo a zona alvo de controle do batimento cardíaco. Uma análise cinesiológica, a qual aborda tipos de contração muscular e seus efeitos no organismo, é importante no momento da prescrição. Conclusão: Percebeu-se que a intensidade dos exercícios, força e resistência aeróbia, deve ser aplicada de maneira leve e moderada ao sujeito com transposição arterial e que estes apresentam benefícios quando corretamente prescritos.

 

ABSTRACT

Stregth training for individuals with transposition of the great arteries: a review

Introduction: Nowadays, people of different ages go to parks, clubs or gyms to physical exercise, from prevention to a possible physical rehabilitation. Faced with this demand, health care is spent on exercise prescription to specific profiles, especially heart disease. Objective: The aim of this study was to demonstrate the importance of strength training in patients with transposition of the great arteries. Methods: From a literature review on related to strength training, aerobic exercise, cardiovascular system, especially the heart and morphophysiology studies, this paper integrates different aspects of strength training and their particular people with a rare disorder congenital heart, transposition of the great arteries. Results: This study showed that strength training is important for the group with the kind of heart amendment due to various adaptations generated by specific exercise. It has been seen that it is essential periodize training, adapting specifically to the public examined. It was clear that aerobic exercise is also a valuable insight into the cardiovascular adaptation process and should be developed in conjunction with strength, emancipating different physical abilities. A preliminary physical assessment, as well as monitoring of heart rate training is paramount in order to avoid a risk to the individuals in question, giving control of the target heart rate zone. A kinesiological analysis, which covers types of muscle contraction and its effects on the body, it is important at the time of prescription. Conclusion: It was noticed that the intensity of exercise, strength and aerobic endurance should be applied lightly and moderately to the subject with arterial transposition way and they have benefits when properly prescribed.


Palavras-chave


Coração; Transposição das grandes artérias; Treinamento de força

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui