Variabilidade da frequência cardíaca em atletas e não atletas saudáveis - diferenças e alterações provocadas pelo treinamento físico de endurance

Victor Barbosa Ribeiro, Rafael de Menezes Reis, Rafael de Menezes Reis, Gislaine Satyko Kogure, Gislaine Satyko Kogure, Hugo Tourinho Filho, Hugo Tourinho Filho

Resumo


Introdução e Objetivo: A análise da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) é um importante método para a avaliação da modulação autonômica cardíaca, e difere conforme as condições de saúde, nível de condicionamento físico e condições de treinamento. Portanto, o objetivo deste estudo foi comparar a VFC entre atletas de endurance e não atletas saudáveis e entre atletas de diferentes modalidades de endurance, bem como identificar a influência do treinamento de alto rendimento sobre a VFC. Materiais e Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática da base de dados Pubmed de artigos originais publicados entre agosto de 2009 e dezembro de 2014 que avaliaram a VFC em atletas. Utilizou-se as seguintes combinações de termos: ''autonomic cardiac'' and sport; ''autonomic cardiac'' and athlete; ''heart rate variability'' and sport e ''heart rate variability'' and athlete. Resultados: Foram lidos todos os resumos, sendo pré-selecionados 29 artigos para leitura na íntegra, resultando em 11 que de fato se enquadravam no perfil do estudo. Desses, 10 realizaram a avaliação no domínio do tempo, 8 no domínio da frequência e sete em ambos. Conclusão: Atletas de algumas modalidades esportivas apresentam maior modulação parassimpática quando comparados aos não atletas. Adicionalmente, a VFC pode alterar em diferentes condições, dependendo de variáveis como idade, fadiga, gordura corporal, intensidade e cargas de treinamento. De uma maneira geral, a análise da VFC demonstra ser uma importante ferramenta para avaliação da modulação autonômica cardíaca em atletas, antes, durante e após o treinamento, na recuperação e para a prescrição do treinamento.

 

ABSTRACT 

Heart rate variability in athletes and non-athletes healthy - differences and alterations caused by endurance physical training

Introduction and Objective: The analysis of heart rate variability (HRV) is an important method for the assessment of cardiac autonomic modulation, and differs according to the health, fitness level and training conditions. Therefore, the aim of this study was to compare the HRV between endurance athletes and healthy non-athletes and between athletes of different types of endurance and to identify the influence of high performance training on HRV. Material and Methods: This is a systematic review of Pubmed database of original articles published between August 2009 and December 2014 that assessed heart rate variability in athletes. We used the following combinations of terms: ''autonomic cardiac'' and sport; ''autonomic cardiac'' and athlete; ''heart rate variability'' and sport e ''heart rate variability'' and athlete. Results: All abstracts were read, pre-selected 29 articles being read in full, resulting in 11 that actually be considered under study of the profile. Ten of the evaluation performed in the time domain, eight on frequency domain and seven both. Conclusion: Athletes of some sports have higher parasympathetic modulation when compared to non-athletes. In addition, the HRV can change under different conditions, depending on variables such as age, fatigue, body fat, intensity and training loads. In general, HRV analysis proves to be an important tool for assessment of cardiac autonomic modulation in athletes before, during and after training, recovery and for training prescription.


Palavras-chave


Frequência cardíaca; Atletas; Treinamento físico

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui