Efeitos ergogênicos do consumo de suco de beterraba em adolescentes do gênero feminino praticantes de handebol

Thiago De Raphael Nogueira, Renata Furlan Viebig

Resumo


Introdução: A beterraba tem sido investigada por ser um alimento que apresenta possível efeito ergogênico no esporte. Dentre os vários efeitos atribuídos ao nitrato presente na beterraba, pode-se destacar a melhora da eficiência na mitocôndria muscular e a vasodilatação. A oferta de suco de beterraba tem se mostrado eficiente para melhora de desempenho, especialmente em atividades de longa duração. Objetivo: Avaliar os possíveis efeitos ergogênicos do consumo de suco de beterraba no desempenho de atletas adolescentes praticantes de handebol. Materiais e Métodos: Em um estudo randomizado, placebo-controlado, duplo-cego, em crossover, 10 atletas foram submetidas a duas situações distintas (7 dias de washout): i. consumo de 500 mL de suco de beterraba (BR) e ii. Consumo de líquido placebo (PL); ambas com realização de teste de performance três horas depois. Foram registrados dados de tempo (s), velocidade (m/s), pressão arterial (PA), frequência cardíaca (FC) e escala de percepção subjetiva de esforço (Escala de Borg). Resultados: A idade média das jogadoras foi de 13 ± 0,2 anos, com peso médio de 49,9 ± 3,58 Kg e altura média de 161 ± 3,0cm. O IMC médio calculado foi de 19,15 ± 1,07Kg/m2. Em média, as atletas apresentaram tempo de 22,13s (BR), X 22,66s (PL), velocidade média de 4,88m/s (BR) x 4,77m/s (PL). Valores de PA, FC e percepção subjetiva de esforço não apresentaram diferenças sensíveis entre os grupos. Conclusão: O consumo do suco de beterraba, em dose única, três horas antes da atividade física, mostrou-se uma alternativa positiva na melhora do desempenho esportivo das atletas do gênero feminino da modalidade handebol.

 

ABSTRACT

Ergogenic effects of beetroot juice consumption in adolescent female practitioners handball 

Introduction: The beetroot has been investigated recently for being a food that owns possible ergogenic effect in sports. Among many effects attributed to beetroot's nitrate, can be highlighted the improvement in efficiency of muscle mitochondria and vasodilatation. The beet juice supply has been shown effective for performance improvement, especially in long-term activities. Purpose: Evaluate the potential ergogenic effects of beetroot juice consumption in the performance of adolescent handball athletes. Materials and Methods: In a randomized, placebo controlled, double blind crossover trial, 10 female teenagers were subjected into two different situations (7 days of washout): i. Consumption of 500 ml of beetroot juice (BR); ii. Liquid placebo consumption (PL), both followed by conducting a performance test three hours later. Time (s), speed (m/s), blood pressure, heart rate and scale of perceived exertion (Borg scale) were recorded. Results: mean age was 13 ± 0.2 years, mean weight 49.9 ± 3.58 kg, mean height 161 cm 3 ± and calculated mean BMI was 19.15 kg/m2 ± 1.07. Athletes showed mean time = 22.13 s (BR) x 22.66 s (PL), average speed= 4.88 m/s (BR) X 4.77 m/s (PL). Blood pressure, heart rate and perceived exertion did not show significant differences between groups. Conclusion: The consumption of beetroot juice as a single dose, three hours before physical activity, can present a positive alternative to improve athletic performance among females athletes of handball modality.

Palavras-chave


Beterraba; Handebol; Desempenho atlético

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui