Comparação dos efeitos do treinamento resistido e da hidroginástica na autonomia de indivíduos idosos

  • Fernanda Cristina Oliveira Bêta
  • Ingrid Bárbara Ferreira Dias Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Amanda Fernandes Brown Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Carolina Oliveira Araújo Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Roberto Fares Simão Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Treinamento Resistido, Hidroginástica, Autonomia, Envelhecimento

Resumo

O estilo de vida ativo proporciona a melhoria da qualidade de vida e da independência funcional. Desta forma, o objetivo do estudo foi comparar o efeito do treinamento resistido e a hidroginástica na funcionalidade nas atividades de vida diária de indivíduos idosos. Para avaliação da autonomia funcional foi utilizado o protocolo desenvolvido pelo Grupo de Desenvolvimento Latino-Americano para a Maturidade (GDLAM). Neste protocolo é aferido o tempo que os indivíduos utilizam para realizar cinco testes relacionados com os principais movimentos da vida diária. A amostra foi composta por vinte voluntários de ambos os sexos (62 ± 2,3 anos; 58 ± 3,8 kg; 1,58 ± 0,03 m; 23,1 ± 1,1 kg/m2) praticantes de treinamento resistido e hidroginástica há pelo menos um ano. Foi realizada uma anamnese e em seguida os sujeitos passaram por uma familiarização com os testes do GDLAM. Após uma semana, os indivíduos realizaram o teste e o reteste sendo classificados segundo a tabela padrão de avaliação funcional do protocolo GDLAM. Não foram observadas diferenças significativas (p = 0,565) entre o grupo que praticava exercícios resistidos (20,51 ± 1,10) e o grupo da hidroginástica (22,36 ± 1,25) para o protocolo GDLAM.

 

ABSTRACT 

Comparison of the effects of resistance training and hydrogym in the autonomy of elderly individuals

The active lifestyle provides improved quality of life and functional independence. Thus, the purpose of the study was to compare the effect of resistance training and hydrogym functionality in daily activities of elderly individuals. To evaluate the functional autonomy was used the protocol developed by the Latin American Development Group for Maturity (LADGM). In this protocol is measured the time that individuals use to perform five tests related to the main movements of daily life. The sample consisted of twenty volunteers of both genders (62 ± 2.3 years; 58 ± 3.8 kg; 1.58 ± 0.03 m; 23.1 ± 1.1 kg / m2) resistance training and hydrogym practioners for at least a year. We did an interview and then the subjects went through a familiarization with LADGM tests. After a week, the subjects performed the test and the retest had been classified according to standard table of functional evaluation of LADGM protocol. No significant differences (p = 0.565) were observed between the group who practiced hydrogym (20.51 ± 1.10) and the aerobics group (22.36 ± 1.25) for the LADGM protocol.

Biografia do Autor

Ingrid Bárbara Ferreira Dias, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Escola de Educação Física e Desportos

Departamento de Ginástica

Amanda Fernandes Brown, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Escola de Educação Física e Desportos

Departamento de Ginástica

Carolina Oliveira Araújo, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Escola de Educação Física e Desportos

Departamento de Ginástica

Roberto Fares Simão, Universidade Federal do Rio de Janeiro

 

Universidade Federal do Rio de Janeiro

 

Escola de Educação Física e Desportos

 

Departamento de Ginástica

 

Publicado
2016-05-16
Como Citar
Bêta, F. C. O., Dias, I. B. F., Brown, A. F., Araújo, C. O., & Simão, R. F. (2016). Comparação dos efeitos do treinamento resistido e da hidroginástica na autonomia de indivíduos idosos. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 10(58), 220-224. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/910
Seção
Artigos Científicos - Original