Influência de diferentes tipos de respiração na resposta cardíaca durante o exercício de força

Fabiana Nascimento Bracarense, Hugo Ribeiro Zanetti, Alexandre Gonçalves, Michelle Samora Almeida, Leandro Teixeira Paranhos Lopes

Resumo


Objetivo: Analisar a resposta cardiovascular, usando como parâmetro a frequência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS) e duplo-produto (DP), em três diferentes tipos de respiração, definidos em respiração ativa (RA), respiração passiva (RP) e Manobra de Valsalva (MV). Métodos: Foram recrutados 15 voluntários, com idade entre 18 e 26 anos, todos saudáveis e com experiência mínima de 6 meses com exercícios de força. O protocolo de exercício foi composto por três séries de 12 repetições máximas no aparelho Leg Press 45º. Foi utilizado o teste de Wilcoxon para comparar as variáveis hemodinâmicas, no final de cada série e entre os tipos de respiração. Resultados: Houve diferença significativa de PAS, FC e DP entre o momento pré (repouso) e todas as séries posteriores em todos os tipos de respiração. A MV apresentou maiores valores de PAS, FC e DP quando comparado a outros tipos de respiração em todas as três séries do exercício. Conclusão: A MV acarreta maior sobrecarga cardíaca quando comparado a outros tipos de respiração.

 

ABSTRACT 

Influence of different types of breathing in cardiac response during resistance exercise

Purpose: To analyze the cardiovascular response, using as parameter the heart rate (HR), systolic blood pressure (SBP) and double-product (DP) in three different types of breathing, defined in active breathing (AB), passive breathing (PB) and Valsalva maneuver (VM). Methods: 15 volunteers were recruited, aged 18 and 26, all healthy and with minimum experience of 6 months with strength exercises. The exercise protocol consisted of three sets of 12 repetitions maximum in leg press machine 45. The Wilcoxon test was used to compare the hemodynamic variable at the end of each series and between breath types. Results: There was significant difference in SBP, HR and DP between the time Pre (rest) and all subsequent series in all types of breathing. The MV showed higher SBP, HR and DP compared to other types of breathing in all three series of the year. Conclusion: MV entails greater cardiac overload when compared to other types of breathing.

Palavras-chave


Exercício; Manobra de Valsalva; Pressão arterial; Frequência cardíaca

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui