Hábitos alimentares e comportamentais de atletas juvenis de Rugby durante a pandemia do covid-19

  • Pamela Silva Vitória Salerno Doutora em Saúde e Comportamento pela Universidade Católica de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
  • Alessandra Doumid Borges Pretto Doutora em Saúde e Comportamento, Professora da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
  • Gabriel Barreto Veiga Graduando em Nutrição pela Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
  • Gisele da Silva Dias Graduando em Nutrição pela Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
  • Juliendry Medeiros Silveira Graduando em Nutrição pela Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
  • Gustavo Dias Ferreira Doutor em Fisiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Professor Adjunto do Curso de Fisioterapia e do Programa de Pós-graduação em Educação Fí­sica da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
  • Camila Borges Muller Mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
  • Mateus Salerno Mestre em Educação Fí­sica pela Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
  • Eraldo dos Santos Pinheiro Doutor em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil, Professor Adjunto da Escola Superior de Educação Fí­sica e do Programa de Pós-graduação em Educação Fí­sica da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, Brasil.
Palavras-chave: Coronavirus, Rugby, Comportamento alimentar

Resumo

Introdução: O confinamento devido à pandemia do COVID-19 pode influenciar o perfil alimentar, emocional e comportamental, principalmente em crianças e jovens que são mais suscetíveis. Além disso apesar de se prever mudanças significativas na rotina das pessoas neste perí­odo, ainda não se sabe os reais efeitos do isolamento sobre a saúde. Este artigo objetivou avaliar os hábitos alimentares e comportamentais de atletas juvenis de Rugby durante a pandemia do COVID-19. Materiais e Métodos: Estudo transversal e descritivo com 16 meninas, atletas de Rugby, de escolas públicas e moradoras da periferia da cidade de Pelotas-RS. Foi aplicado um questionário on-line, através da ferramenta google forms com perguntas sobre alimentação, atividade fí­sica e aspectos comportamentais. Resultados: A idade média das entrevistadas é de 15,9 anos. Quase 70% relatam sentirem-se mais ansiosas, 93% dizem estar com mais apetite e 70%, acredita que houve aumento do peso corporal. Verificou-se que ovos, feijão, verduras e frutas não foram consumidos todos os dias pela maioria da amostra. Por outro lado, o consumo de embutidos e de doces foi baixo. Além disso, a maioria (87,5%) relatou ficar acima de quatro horas diárias utilizando eletrônicos e cerca de 44% se sentem insatisfeitas com o próprio corpo. Discussão: Estudos mostram piora na qualidade do padrão de consumo de alimentos, aumento de inatividade fí­sica e do tempo em tela durante a pandemia. Conclusão: A amostra estudada referiu aumento de ansiedade, apetite, aumento de peso corporal, tempo de tela e insatisfação com o corpo. São importantes ações multiprofissionais voltadas a auxiliar no impacto causado pela pandemia nos hábitos alimentares e comportamentais.

Referências

-AHDB. Agriculture and Horticulture Development Board. 2020. Disponível em: https://ahdb.org.uk/

-Ammar, A.; Brach, M.; Trabelsi, K.; Chtourou, H.; Boukhris, O.; Masmoudi, L.; Bouaziz, B.; Bentlage, E, How, D.; Ahmed, M.; Müller, P.; Müller, N.; Aloui, A.; Hammouda, O.; Paineiras-Domingos, L.; Braakman-Jansen, A.; Wrede, C.; Baston, S.; Pernambuco, C.S; Mataruna, L.; Taheri, M.; Irandoust, K.; Khacharem, A.; Bragazzi, N.L.; Chamari, K.; Glenn, J.M.; Bott, N.T.; Gargouri, F.; Chaari, L.; Batatia, H.; Ali, G.M.; Abdelkarim, O.; Jarraya, M.; El Abed, K.; Souissi, N.; Van Gemert-Pijnen, L.; Riemann, B.L.; Riemann, L.; Moalla, W.; Gómez-Raja, J.; Epstein, M.; Sanderman, J.; Schulz, S.V.W.; Jerg, A.; Al-Horani, R.; Mansi, T.; Jmail, M.; Barbosa, F.; Santos, F.F.; Šimuniˇc, F.; Pišot, R.; Gaggioli, A.; Bailey, S.J.; Steinacker, J.M.; Driss, T.; Hoekelmann, A. Effects of COVID-19 Home Confinement on Eating Behaviour and Physical Activity: Results of the ECLB-COVID19 International Online Survey. Nutrients. Vol. 12. Num. 6. 2020. p. 1583.

-Arora, T.; Grey, Ian. Health behaviour changes during COVID-19 and the potential consequences: A mini-review. Journal of Health Psychology. 2020. p. 1155-1163.

-Banh, K.; Cohen , J.; Rodgers, Y.M. A feminist perspective on COVIDâ€19 and the value of care work globally. Gender Work Organ. Vol. 27. 2020. p. 695-699.

-Campa, F.; Piras, A.; Raffi, M.; Toselli, S. Functional movement patterns and body composition of high-level volleyball, soccer, and rugby players. Journal of Sport Rehabilitation. Vol. 28. Num. 7. 2019. p. 740-745.

-Darmon, N.; Drewnowski, A. Contribution of food prices and diet cost to socioeconomic disparities in diet quality and health: a systematic review and analysis. Nutrition reviews. Vol. 73. Num. 10. 2015. p. 643-60.

-Del Ciampo, I.R.L.; Del Ciampo, L.A. COVID-19 pandemic, pediatrics, and nutritional status deviations. Residência Pediátrica. 2020. p. 1-3.

-Desbrow, B.; McCormack, J.; Burke, L.M.; Cox, G.R.; Fallon, K.; Hislop, M.; Logan, R.; Marino, N.; Sawyer, S.M.; Shaw, G.; Star, A.; Vidgen, H.; Leveritt, M. Sports Dietitians Australia position statement: sports nutrition for the adolescent athlete. International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism. Vol. 24. 2014. p. 570-584.

-Ferreira, M.J.; Irigoyen, M.C.; Consolim-Colombo, F.; Saraiva, J.F.K.; Angelis, K. Vida Fisicamente Ativa como Medida de Enfrentamento ao COVID-19. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Vol. 114. Num. 4. 2020. p. 601-602.

-Fiocruz. Fundação Osvaldo Cruz. 2020. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/observatorio-covid-19

-Hendrickson, K.L.; Rasmussen, E.B. Mindful eating reduces impulsive food choice in adolescents and adults. Health Psychology. Vol. 36. Num. 3. 2017. p. 226.

-Jarmolowicz, D.P.; Bradley, J.; Cherry, C.; Reed, D.D.; Bruce, J.M.; Crespi, J.M.; Lusk, J.L.; Bruce, A.S. Robust relation between temporal discounting rates and body mass. Appetite. Vol. 78. 2014. p. 63-67.

-Lam, S.C.; Arora, T.; Grey, I.; Suen, L.K.P.; Huang, E.Y.Z.; Li, D.; Lam, K.B.H. Perceived Risk and Protection from Infection and Depressive Symptoms Among Healthcare Workers in Mainland China and Hong Kong During COVID-19. Frontiers in Psychiatry. Vol. 11. 2020. p. 686.

-Ministério da Saúde. Coronavírus Brasil. 2020. Disponível em: https://covid.saude.gov.br/

-Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição. Guia alimentar para a população brasileira: promovendo à alimentação saudável. Brasília. Ministério da Saúde. 2006.

-Nascimento, B.J.C. A construção de um novo paradigma de educar: do singular ao coletivo, reflexões necessárias em tempos de pandemia. Simbiótica. Edição Especial. Vol. 7. Num. 1. 2020.

-Neutzling, M.B.; Assumpção, M.C.F.; Malcon, M.C.; Hallal, P.C.; Menezes, A.M.B. Hábitos alimentares de escolares adolescentes de Pelotas, Brasil. Revista de Nutrição. Vol. 23. Num. 3. 2010. p. 379-388.

-O’Neil, A.; Quirk, B.; Brennan, B.; Williams, L.; Pasco, J.; Berk, M.; Jacka, F.N. Relationship between diet and mental health in children and adolescents: a systematic review. American Journal of Public Health. Vol. 104. Num. 10. 2014. p. 31-42.

-Pillay, L.; Rensburg, D.C.J.; Rensburg, A.J.V.; Ramagole, D.A.; Holtzhausen, L.; Dijkstra, P.; Cronje, T. Nowhere to hide: the significant impact of coronavirus disease 2019 (COVID-19) measures on elite and semi-elite South African athletes. Journal of Science and Medicine in Sport. Vol. 23. Num. 7. 2020. p. 670-679.

-Rosiek, A.; Maciejewska, N.F.; Leksowski, K.; Rosiek-Kryszewska, A.; Leksowski, Å. Effect of Television on Obesity and Excess of Weight and Consequences of Health. International Journal of Environmental Research and Public Health. Vol. 12. Num. 8. 2015. p. 9408-9426.

-Rundle, A.G.; Park, Y.; Herbstman, J.B.; Kinsey, E.W.; Wang, C. Covid-19- related school closing and risk of weight gain among children. Obesity. Vol. 28. Num. 6. 2020. p. 1008-1009.

-Sawyer, S.M.; Afifi, R.A.; Bearinger, L.H.; Blakemore, S.J.; Dick, B.; Ezeh, A.C.; Patton, G.C. Adolescence: a foundation for future health. The Lancet. Vol. 379. Num. 982. 2012. p. 1630-1640.

-WHO. World Health Organization. Global recommendations on physical activity for health. Geneva. WHO. 2010.

-WHO. World Health Organization. Physical status: The use and interpretation of anthropometry. Report of a WHO expert committee. Geneva. WHO. 1995.

-Zimmerman, F.J.; Bell, J.F. Associations of television content type and obesity in children. American Journal of Public Health, Vol. 100. Num. 2. 2010. p. 334-340.

Publicado
2021-10-22
Como Citar
Salerno, P. S. V., Pretto, A. D. B., Veiga, G. B., Dias, G. da S., Silveira, J. M., Ferreira, G. D., Muller, C. B., Salerno, M., & Pinheiro, E. dos S. (2021). Hábitos alimentares e comportamentais de atletas juvenis de Rugby durante a pandemia do covid-19. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 14(94), 896-906. Recuperado de https://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/2282
Seção
Artigos Científicos - Original