Comparação entre treinamento intervalado e contínuo na potência aeróbia de adultos jovens fisicamente ativos

Adriel Augusto Conte, Gustavo Dias Ferreira

Resumo


Muitos estudos têm apresentado o treinamento intervalado aeróbio como um método eficaz no desenvolvimento de potência aeróbia, mensurada através do consumo máximo de oxigênio. No âmbito do Exército Brasileiro podemos encontrar esta atividade prevista em manual, dentre outras formas de desenvolvimento de aptidões físicas. O objetivo deste estudo foi a comparação de efeitos de treinamentos com intervenção contínua e intervalada, no teste de corrida de 12 minutos em dois grupos homogêneos, formados por soldados incorporados no ano de 2015 no Quartel da cidade de Itaqui-RS, avaliados pré e pós intervenção, em um período de 8 semanas, com carga crescente de estímulo. Os resultados indicam o bom desempenho final em cada grupo, onde o grupo de intervenção contínua apresentou diferença significativa no pré e pós teste (p=0,001), com mediana no teste pré-intervenção de 3150 metros, e de 3300 metros no teste pós, assim como o grupo de intervenção intervalada, 3100 e 3300, nos testes pré e pós-intervenção, respectivamente (p = 0,001), demonstrando que ambos os métodos são benéficos no desenvolvimento de potência aeróbia. Na avaliação entre grupos não houve diferença, tanto no teste pré (p=0,47), quanto no pós-intervenção (p=0,827), sugerindo que um treinamento de corrida intervalada, comparado ao de corrida contínua, sob a mesma frequência, em um período de oito semanas, influenciam o ganho de potência aeróbia de jovens fisicamente ativos de forma positiva, porém sem evidências de que um treinamento seja mais eficaz do que o outro.

 

ABSTRACT

Comparison of interval and continuous training in the aerobic power of physically active young adults

Many studies have shown aerobic interval training as an effective method to develop aerobic power, measured by maximum oxygen consumption. Under the Brazilian Army can find is planned to manual activity, among other forms of development of physical skills. The aim of this study was to compare the effects on the 12-minute running test into two homogeneous groups, with continuous and Interval intervention, formed by soldiers incorporated in the year 2015 in the Head Quarters of the city of Itaqui - RS, evaluated pre and post intervention, in a period of 8 weeks with increasing burden stimulus. Was evaluated through the results in 12 minutes test, the final performance in each group, and compared the results achieved in the tests between them, where the continuous intervention group showed a significant difference between the tests (p = 0.001), with median in the pre-intervention of 3150 meters test, and 3300 meters in the post-test, and the interval intervention group 3100 and 3300, the test pre and post-intervention, respectively (p = 0.001), demonstrating that both methods are beneficial the development of aerobic power. In the assessment there was no difference between groups, both in the test pre (p = 0.47) and in the post-intervention (p = 0.827), suggesting that an interval sprint training, compared to continuous running under the same frequency, over an eight week period, influence the aerobic power gain of physically active young positively, but no evidence that training is more effective than the other.


Palavras-chave


Treinamento aeróbio; Treinamento intervalado; Treinamento contínuo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui