Análise de marcadores celulares e bioquímicos sanguíneos para determinação de parâmetros de monitoramento do treinamento de praticantes de musculação

Joaquim Maria Ferreira Antunes Neto, João Pedro Expedito de Almeida, Mônica Furquim de Campos

Resumo


Parâmetros de monitoramento do treinamento esportivo servem para determinar se a carga de esforço físico é compatível com o período recuperativo estabelecido. A manipulação de variáveis de força no treinamento de musculação é algo complexo, pois envolve necessariamente indução de microlesões celulares e ruptura da homeostasia da fibra muscular. Com isso, observa-se o extravasamento de enzimas celulares e formação de metabólitos. Desta forma, o objetivo deste estudo foi analisar marcadores celulares e bioquímicos sanguíneos visando estabelecer parâmetros de monitoramento do treinamento de musculação. Participaram do estudo 10 praticantes de musculação, sexo masculino, em nível elevado de suporte de carga de treinamento. Houve coleta de 5 mL de sangue e separação do plasma por centrifugação para análise de parâmetros celulares, tais como creatina quinase total (CK), isoenzima CK-MB, alanina aminotransferase, aspartato aminostransferase, e parâmetros bioquímicos – creatinina, ureia e ácido úrico. Os valores mostraram significância estatística (p<0.05) para CK (336±165,08 UI/L) e creatinina (1,13±0,14 mg/dL). Concluiu-se que é possível utilizar os parâmetros CK e creatinina para o monitoramento do treinamento de musculação, pois refletem eventos microlesivos e de catabolismo da fibra muscular.

 

ABSTRACT

Analysis of blood cellular and bio-chemical markers for determination of training monitoring parameters of musculation practice

Sports training monitoring parameters serve to determine whether the physical effort load is compatible with the established recovery period. The manipulation of force variables in bodybuilding training is somewhat complex, since it necessarily involves induction of cellular micro injuries and rupture of muscle fiber homeostasis. As a result, extravasation of cellular enzymes and formation of metabolites is observed. In this way, the objective of this study was to analyze cellular and biochemical biomarkers in order to establish bodybuilding monitoring parameters. Participated in the study 10 bodybuilders, at a high level of training load support. There were 5 mL of blood and plasma separation by centrifugation for analysis of cellular parameters, such as total creatine kinase (CK), CK-MB isoenzyme, alanine aminotransferase, aspartate aminostransferase, and biochemical parameters - creatinine, urea and uric acid. The values showed statistical significance (p <0.05) for CK (336 ± 165.08 IU/L) and creatinine (1.13 ± 0.14 mg / dL). It was concluded that it is possible to use CK and creatinine parameters to monitor bodybuilding training, since they reflect microleak events and catabolism of the muscle fiber.


Palavras-chave


Musculação; Creatina quinase; Creatinina; Monitoramento; Treinamento esportivo

Texto completo:

PDF

Referências


-Antunes Neto, J. M. F. Modificações Morfofuncionais do Tecido Muscular Induzidas pela Atividade Excêntrica: Um Estudo Global dos Processos Adaptativos. Universidade Estadual de Campinas. Dissertação de Mestrado. 1998.

-Antunes Neto, J.M.F.; Donadon, C.C. Cinética de marcadores de estresse oxidativo para avaliação de overreaching induzido pelo exercício físico exaustivo. Lecturas, Educación Física y Deportes. Buenos Aires. Vol. 162. 2011. p. 1-10.

-Antunes Neto, J. M. F.; Ferreira, D. C. B. G.; Reis, I. C.; Calvi, R. G.; Rivera, R. J. B. Manutenção de microlesões celulares e respostas adaptativas a longo prazo no treinamento de força. Brazilian Journal of Biomotricity. Vol. 1. Num. 4. 2007. p. 87-102.

-Antunes Neto, J.M.F.; Rivera, R.J.B.; Calvi, R.C.; Raffa, M.; Donadon, C.C.; Pereira, A.; Melo, P.S. Níveis comparativos de estresse oxidativo em camundongos em duas situações do limite orgânico: Overreaching induzido por treinamento de natação e câncer. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 14. 2008. p. 553-558.

-Antunes Neto, J.M.F.; Siviero, I.M.P.S.; Padovani, R.M. Parâmetros de estresse oxidativo em camundongos submetidos a treinamento de natação e overtraining. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 10. Num. 60. 2016. p. 460-469. Disponível em:

-Antunes Neto, J.M.F.; Toyama, M.H.; Carneiro, E.M.; Boschero, A.C.; Pereira-da-Silva, L.; Macedo, D.V. Circulating leukocyte heat shock protein 70 (HSP70) and oxidative stress markers in rats after a bout of exhaustive exercise. Stress. Vol. 9. 2006. p. 107-115.

-Antunes Neto, J.M.F.; Vilarta, R. Fadiga muscular e exercício excêntrico: revisão dos eventos moleculares. Lecturas, Educación Física y Deportes. Buenos Aires. Vol. 156. 2011. p. 1-20.

-Coelho, D.B.; Morandi, R.F.; Melo, M.A.A.; Silami-Garcia, E. Cinética da creatina quinase em jogadores de futebol profissional em uma temporada competitiva. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 13. Num. 3. 2011. p. 189-194.

-Enoka, R.M. Neuromechanical basis of kinesiology. Champaign: Human Kinetics. 1994.

-Foschini, D.; Prestes, J.; Charro, M.A. Relação entre exercício físico, dano muscular e dor muscular de início tardio. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 9. Num. 1. 2007. p. 101-116.

-Häkkinen, K.; Komi, P.V.; Alén, M. Effect of explosive type strength training on isometric force-and-relaxation-time, electromyographic and muscle fibre characteristics of leg extensor muscles. Acta Physiologica Scandinavica. Vol. 125. Num. 4. 1985. p. 587-600.

-Lazarim, F. L.; Antunes Neto, J. M. F.; Silva, F. C.; Nunes, L.; Bassini-Cameron, A.; Cameron, L.; Alves, A. A.; Brenzikofer, R.; Macedo, D. V. The upper values of plasma creatine kinase of professional soccer players during the Brazilian National Championship. Journal of Science and Medicine in Sport. Vol. 12. 2009. p. 85-90.

-Lieber, R.L.; Schmitz, M.C.; Mishra, D.K.; Fridén, J. Contractile and cellular remodeling in rabbit skeletal muscle after cyclic eccentric contractions. Journal of Applied Physiology. Vol. 77. Num. 4. 1994. p. 1926-1934.

-Lieber, R. L.; Thornell, I. E.; Fridén, J. Muscle cytoskeletal disruption occurs within the first 15 min of cyclic eccentric contraction. Journal of Applied Physiology. Vol. 80. Num 1. 1996. p. 278-284.

-Nosaka, K.; Clarkson, P.M. Effect of eccentric exercise on plasma enzyme activites previously elevated by eccentric exercise. European Journal of Applied Physiology and Occupational Physiology. Vol. 69. Num. 6. 1994. p. 492-497.

-Teague, B.N.; Schwane, J.A. Effect of intermittent eccentric contractions on symptoms of muscle microinjury. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 27. Num. 10. 1985. p. 1378-1384.

-Uchida, M.C.; Nosaka, K.; Ugrinowitsch, C.; Yamashita, A.; Martins Junior, E.; Moriscot, A. S.; Aoki, M. S. Effect of bench press exercise intensity on muscle soreness and inflammatory mediators, Journal of Sports Sciences. Vol. 27. Num 5. 2009. p. 499-507.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui