Lesões musculoesqueléticas e percepção da qualidade de vida em árbitros do futebol Paranaense

Natália Boneti Moreira, Aline Stanislovicz, Camila Rosner, Murilo Barbosa, Nikolas Otto, Ragami Alves

Resumo


O objetivo deste estudo foi verificar a incidência e características das lesões musculoesqueléticas em árbitros do futebol paranaense, e investigar possíveis correlações entre essas lesões e a percepção da qualidade de vida relacionada a saúde (QVRS). Participaram deste estudo transversal 220 árbitros de futebol de campo do sexo masculino. Todas as avaliações foram realizadas por meio de entrevista. As lesões nos últimos oito meses e suas características foram avaliadas por meio do Inquérito de Morbidade Referida. Para avaliação da QVRS foi utilizado o instrumento Medical Outcomes Study Short Form-36. Os dados foram analisados por estatística descritiva e correlação de Spearman. Os resultados evidenciaram um elevado índice de lesões entre os árbitros avaliados (52,7%), que ocorreram durante a corrida de velocidade (70,7%), sendo que a distensão muscular (66,4%) na coxa (61,2%) foi o tipo e local mais acometido. Em relação a lesão e a QVRS foi possível observar que houve uma correlação negativa entre a maioria dos domínios, ou seja, indica-se que a lesão e suas características são capazes de afetar negativamente a percepção da QVRS dos árbitros, tanto em relação aos aspectos físicos quanto mentais, apresentando índices de correlação entre -0,119 a -0,485 (p < 0,05).

 

ABSTRACT 

Musculoskeletal injuries and quality of life perception in paranaense football referees

The aim of this study was to assess the incidence and characteristics of musculoskeletal injuries in Paraná football referees, and investigate possible correlations between these lesions and the perception of quality of life related to health (HRQoL). The subjects of this cross-sectional study were 220 male referees football field. All evaluations were performed by interviews. Injuries in the last eight months and its characteristics were evaluated using the Survey of Morbidity. HRQoL was evaluated by Medical Outcomes Study Short Form-36. Data were analyzed using descriptive statistics and Spearman correlation. The results showed a high rate of injuries among the evaluated referees (52.7%), which occurred during the sprint (70.7%), and muscle distension (66.4%) in the thigh (61.2 %) was the commonest type and location. Regarding injury and HRQoL was observed that there was a negative correlation between most domains, ie it indicates that the injury and its characteristics are able to negatively affect the referees HRQoL perception, both of physical and mental aspects, showing correlation between -0.119 to -0.485 indices (p <0.05).


Palavras-chave


Qualidade de Vida; Ferimentos e Lesões; Futebol; Esportes

Texto completo:

PDF

Referências


-Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. Critério de classificação econômica Brasil. Assoc Bras Empres Pesqui. 2012.

-Bizzini, M.; Junge, A.; Bahr, R.; Helsen, W.; Dvorak J. Injuries and musculoskeletal complaints in referees and assistant referees selected for the 2006 FIFA World Cup: retrospective and prospective survey. British Journal of Sports Medicine. Vol. 43. Núm. 7. p. 490-497. 2009.

-Blake, C.; Sherry, J.; Gissane, C. A survey of referee participation, training and injury in elite gaelic games referees. BMC Musculoskeletal Disorders. Vol. 10. Núm. 74. p. 1-8. 2009.

-Bueno, J.M.; Silva, A.I. Personal Trainer e o Treinamento Específico para o Árbitro de Futebol. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 2. Núm. 5. p. 246-254. 2013. Disponível em:

-Cevada, T.; Cerqueira, L.S.; Moraes, H.S.; Santos, T.M.; Pompeu, F.A.M.S.; Deslandes, A.C. Relationship between sport, resilience, quality of life, and anxiety. Revista de Psiquiatria Clínica. Vol. 39 Núm. 2. p. 85-89. 2012.

-Ciconelli, R.M.; Ferraz, M.B.; Santos, W.; Meinão, I.; Quaresma, M.R. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36. Revista Brasileira de Reumatologia. Vol. 39. Núm. 3. p. 143-150. 1999.

-Da Silva, A.I.; Rodriguez-añez, C.R.; Frómeta, E.R. O árbitro de futebol - uma abordagem histórico-crítica. Revista da Educação Física. Vol. 13. Núm. 1. p. 39-45. 2002.

-Del Duca, G.F.; González-chica, D.A.; Santos, J.V.; Knuth, A.G.; Camargo Beatriz, M.J.; Araújo, C.L. Peso e altura autorreferidos para determinação do estado nutricional de adultos e idosos: validade e implicações em análises de dados. Caderno de Saúde Pública. Vol. 28. Núm. 2 p. 75-85. 2012.

-Ferreira, R.D.A.; Brandão, M.R.F. Árbitro Brasileiro De Futebol Profissional: Percepção Do Significado Do Arbitrar. Revista da Educação Física. Vol. 23. Núm. 2. p. 229-238. 2012.

-Fuller, C.W.; Junge, A.; Dvorak, J. An Assessment of Football Referees. American Journal of Sports Medicine. Vol. 32. Núm. 1. p. 17-22. 2004.

-Hino, A.A.F.; Reis, R.S.; Rodriguez-añez, C.R.; Fermino, R.C. Prevalência de lesões em corredores de rua e fatores associados. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Núm. 1. p. 36-39. 2009.

-Interdonato, G.C.; Greguol, M. Qualidade de vida percebida por indivíduos fisicamente ativos e sedentários. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 18. Núm. 1 p. 61-67. 2010.

-Knowles, S.B.; Marshall, S.W.; Guskiewicz, K.M. Issues in estimating risks and rates in sports injury research. Journal of Athletic Training. Vol. 41. Núm. 2. p. 207-215. 2006.

-McLeod, T.C.V.; Bay, R.C.; Parsons, J.T.; Sauers, E.L.; Snyder, A.R. Recent injury and health-related quality of life in adolescent athletes. Journal of Athletic Training. Vol. 44. Núm. 6. p. 603-610. 2009.

-Michaelis, I.; Kwiet, A.; Gast, U.; Boshof, A.; Antvorskov, T.; Jung, T. Decline of specific peak jumping power with age in master runners. Journal of Musculoskeletal and Neuronal Interactions. Vol. 8. Núm. 1 p. 64-70. 2008.

-Moreira, N.B.; Vagetti, G.C. de Oliveira; V, de Campos, W. Association between injury and quality of life in athletes: A systematic review, 1980-2013. Apunts Medicina de l'Esport. Vol. 49. Núm. 184. p. 123-138. 2014.

-Nabkasorn, C.; Miyai, N.; Sootmongkol, A.; Junprasert, S.; Yamamoto, H.; Arita, M. Effects of physical exercise on depression, neuroendocrine stress hormones and physiological fitness in adolescent females with depressive symptoms. European Journal of Public Health. Vol. 16. Núm. 2 p. 179-184.

-Pastre, C.M.; Carvalho, Filho G.; Monteiro, H.L.; Netto, Júnior J.; Padovani, C.R. Lesões desportivas no atletismo: comparação entre informações obtidas em prontuários e inquéritos de morbidade referida. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 10. Núm. 1 p. 1-8. 2004.

-Pastre, C.M.; Filho, G.C.; Monteiro, H.L.; Netto, J.; Roberto, C. Lesões desportivas na elite do atletismo brasileiro: estudo a partir de morbidade referida. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 11. Núm. 1. p. 43-47. 2005.

-Pedrinelli, A.; Da Cunha Filho, G.A.R.; Thiele, E.S.; Kullak, O.P. Epidemiological study on professional football injuries during the 2011 Copa america, Argentina. Revista Brasileira de Ortopedia. Vol. 48. Núm. 2 p. 131-136. 2013.

-Ribeiro, H.N.; Fernandes, A.R.R.; Da Silveira Viana, M.; Brandt, Andrade A. Estados de humor de árbitros de futebol não-profissional. Revista da Educação Física. Vol. 23. Núm. 4. p. 575-583. 2012.

-Silva, A.I.; Paes, M.R. Lesões ocorridas em árbitros de futebol da CBF durante partida, treinamento e teste físico. Fisioterapia Brasil. Vol. 12. Núm. 4. p. 267-272. 2011.

-Snyder, A.R.; Martinez, J.C.; Bay, R.C.; Parsons, J.T.; Sauers, E.L.; Valovich McLeod, T.C. Health-related quality of life differs between adolescent athletes and adolescent nonathletes. Journal of Sport Rehabilitation. Vol.1 9. Núm. 3. p. 237-248. 2010

-Word Health Organization. Obesity: Preventing and Managing the Global Epidemic. In: Report. 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui