Idade funcional, parâmetros antropométricos, nível de atividade física e pressão arterial de idosas com diferentes faixas etárias

Eric Amaral Silva, Mauro Lucio Mazini Filho, Estélio Henrique Martins Dantas, Renan Carlos Teixeira, Denise Franco Borges, Gabriela Rezende de Oliveira Venturini, Maria Elisa Caputo Ferreira

Resumo


O processo de envelhecimento provoca no organismo modificações biológicas, psicológicas e sociais. O presente estudo teve como objetivo comparar a capacidade funcional, circunferência abdominal e do quadril, índice massa corporal, nível de atividade física e pressão arterial de acordo com a idade cronológica de idosas ativas. A amostra foi dividida em dois grupos, sendo G1 grupo menor de 70 anos (64,619 ± 2,854) e G2 grupo maior que 70 anos (74,904 ± 3,207). Os dados foram analisados utilizando o software (SISVAR 5.3). Tendo sido encontrada diferença na autonomia Funcional entre os grupos. Os tempos obtidos nos testes em segundos: C10m (5,311 ± 0,810) para o G1 e (7,305 ± 1,777) para o G2, apresentando diferença significativa entre os grupos (p=0,000093). No LPS o G1 obteve tempo médio de (10,09 ± 1,537) e o G2 (12,23 ± 3,69), apresentando diferença significativa entre os grupos (p=0,0296). No teste LPDV o G1 teve o tempo médio de (3,618 ± 0,808) e o G2 (5,548 ± 3,108), apresentando diferença significativa entre G1 e G2 (p=0,0154). No teste LCLC a média de tempo para o G1 foi de (44,083 ± 4,382) e para o G2 (55,321 ± 12,202) apresentando diferença significativa entre os grupos (p=0,000805). O índice geral dos grupos apresentou diferença significativa (p=0,000226 5) com os valores de (27,37 ± 2,34) para o G1 e (35,16 ± 7,66) para o G2. Sendo assim conclui-se com este estudo que os idosos com a idade superior a 70 anos possuem menor autonomia funcional nos parâmetros investigados. 

 

ABSTRACT

Functional age, parameters anthropometric, level of physical activity and old blood pressure with bands different age

The aging process causes the body biological, psychological and social changes. This study aimed to compare the functional capacity, waist circumference and hip, body mass index, physical activity and blood pressure according to the chronological age of active elderly women. The sample was divided into two groups, G1 below 70 years (64.619 ± 2.854) and G2 group over 70 years (74.904 ± 3.207). Data were analyzed using the software (SISVAR 5.3) and, based on the data we can say that there was no significant difference between the variables abdominal circumference, hip circumference, body mass index, level of physical activity and blood pressure among the groups; and only the Functional Capacity statistical difference between groups (p = 0.000226). Thus, it was concluded that the elderly with age over 70 years have less functional capacity.


Palavras-chave


Autonomia Funcional; Idosos; Atividade Física

Texto completo:

PDF

Referências


-Acunã, K.; Cruz, T. Avaliação do estado nutricional de adultos e idosos e situação nutricional da população brasileira. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabolismo. São Paulo. Vol. 48. Num. 3. 2004. p. 345-361.

-Boing A.C.; Boing, A.F. Hipertensão arterial sistêmica: o que nos dizem os sistemas brasileiros de cadastramentos e informações em saúde. Revista Brasileira de Hipertensão. Vol. 14. Num. 2. 2007. p. 84-88.

-Borim, F.S.A.; Guariento, M.E.; Almeida, E.A. Perfil de adultos e idosos hipertensos em unidade básica de saúde. Revista Brasileira de Clínica Médica. São Paulo. Vol. 9. Num. 2. 2011. p. 107-111.

-Campos, M.T.F.S.; Monteiro, J.B.R.; Ornelas, A.P.R.C. Fatores que afetam o consumo alimentar e a nutrição de idosos. Revista de Nutrição. Campinas. Vol. 13. Num. 3. 2000. p. 157-165.

-Cavalcanti, C.B.S.; Carvalho, S.C.B.E.; Barros, M.V.G. Indicadores antropométricos de obesidade abdominal: revisão dos artigos indexados na biblioteca Scielo. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 11. Num. 2. 2009. p. 217-225.

-Cesarino, C.B.; Cipullo, J.P.; Martin, J.F.V.; Ciorlia, L.A.; Godoy, M.R. P.; Cordeiro, J.A.; Rodrigues, I.C. Prevalência e fatores sociodemográficos em hipertensos de São José do Rio Preto-SP. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. São Paulo. Vol. 91. Num. 1. 2008. p. 31-35.

-Dantas, E. H. M.; Vale, R. G. D. S. Protocolo GDLAM de avaliação da autonomia funcional. Rio de Janeiro. 2004.

-Diniz, M.A.; Tavares, D.M.S.; Rodrigues, L.R.; Características sócio demográficas e de saúde entre idosos com hipertensão arterial. Ciência Cuidado e Saúde. Vol. 8. Num. 4. 2009. p. 607-614.

-Godoy Matos AF, et al. Diretrizes Brasileiras de Obesidade. Associação Brasileira para o estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. 3º edição. São Paulo. 2009.

-Gomes, M.A.; Rech, C.R.; Gomes, M.B.A.; Santos, D.L. Correlação entre índices antropométricos e distribuição de gordura corporal em mulheres idosas. Revista Brasileira de Cineantropometria Desempenho Humano. Vol. 8. Num. 3. 2006. p. 16-22.

-Haun, D.R.; Pitanga, F.J.G.; Lessa, I. Razão cintura/estatura comparado a outros indicadores antropométricos de obesidade como preditor de risco coronariano elevado. Revista da Associação Médica Brasileira. São Paulo. Vol. 55. Num. 6. 2009. p. 705-711.

-Hughes, V.A.; Fontera, W.R.; Roubenoff, R.; Evans, W.J.; Singh, M.S.F. Longitudinal changes in body composition in older men and women: role of body weight change and physical activity. The American Journal of Clinical Nutrition. Vol. 76. Num. 2. 2002. p. 473-481.

-Krause, M.P.; Hallage, T.; Gama, M.P.R.; Sasaki, J.E.; Miculis, C.P.; Buzzachera, C.F.; Svila, S.G. Associação entre perfil lipídico e adiposidade corporal em mulheres com mais de 60 anos deidade. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. São Paulo. Vol. 89. Num. 3. 2007. p. 163-169.

-Leite, L.E.A.; Resende, T.L.; Nogueira, G.M.; Cruz, I.B.M.; Schneider, R.H.; Gottlieb., M.G.V. Envelhecimento, estresse oxidativo e sarcopenia: uma abordagem sistêmica. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Rio de Janeiro. Vol. 15. Num. 2. 2012. p. 365-380.

-Marfell Jones, M.; e colaboradores. International Standards for Anthropometric Assessment ISAK: Potshestroom, South Africa. 2006.

-Matsudo, S.M.; Matsudo, V.K.; Barros Neto, T.L. Impacto do envelhecimento nas variáveis antropométricas, neuromotoras, e metabólicas da aptidão física. Revista Brasileira Ciência e Movimento. Brasília. V. 8. Num. 4. 2000. p. 21-32.

-Mazini Filho, M.L.; Rodrigues, B.M.; Venturini, G.R.O.; Aidar, F.J.; Matos, D.G.; Lima, J.R.P. Efeitos de atividades físicas combinadas na autonomia funcional, índice de massa corporal, e pressão arterial de mulheres idosas. Revista Geriatria & Gerontologia. Vol. 4. Num. 2. 2010. p. 69-75.

-Mazo, G.Z.; Mota, J.; Gonçalves, L.H.T.; Matos, M.G.; Carvalho, J. Atividade física e qualidade de vida de mulheres idosas da cidade de Florianópolis, Brasil. Revista Portuguesa de Ciencias do Desporto. Porto. Vol 8. Num. 3. 2008. p. 414-423.

-Oca-Rodríguez, A.; Naranjo-Herrera,Y; Medina-González, G.; Hernández-Martínez, B.; Jorge-Molina, M. Características clínico-epidemiológicas de la hipertensión arterial con relación a variables modificables y no modificables. Revista de la Sociedad Peruana de Medicina Interna. Vol. 25. Num. 2. 2012. p. 70-73.

-Mendes, S.M.; Moraes, C.F.; Gomes, L. Prevalência de hipertensão arterial sistêmica em idosos no Brasil entre 2006 e 2010. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. Rio de Janeiro. Vol. 9. Num. 32. 2014. p. 273-278.

-Pitanga, F.J.G.; Lessa, I. Anthropometric Indexes of obesity as an instrument of screening for high coronary risk in adults in the city of Salvador-Bahia. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. São Paulo. Vol. 85. Num. 1. 2005. p. 26-31.

-Raskin, D.B.F.; Pinto-Neto, A.M.; Paiva, L.H.S.C.; Raskin, A.; Martinez, E.Z. Fatores associados à obesidade e ao padrão andróide de distribuição da gordura corporal em mulheres climatéricas. Revista Brasileira Ginecologia e Obstetrícia. Rio de Janeiro. Vol. 22. Num. 7. 2000. p. 435-441.

-Raso, V. A adiposidade corporal e a idade prejudicam a capacidade funcional para realizar as atividades da vida diária de mulheres acima de 47 anos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 8. Num. 6. 2002. p. 225-234.

-Ribeiro JLS. A influência da actividade física, na qualidade de vida relacionada com a saúde, em indivíduos com mais de 65 anos. Dissertação de Mestrado. Porto: Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Porto. 2002.

-Salmaso, F.V.; Vigário, P.S.; Mendonça, L.M.C.; Madeira, M.; Netto, L.V.; Guimarães, M.R.M.; Farias, M.L.F. Análise de idosos ambulatoriais quanto ao estado nutricional, sarcopenia, função renal e densidade óssea. Arquivo Brasileiro de Endocrinologia e Metabolismo. São Paulo. Vol. 58. Num. 3. 2014. p. 226-231.

-Silva, T.A.A.; Frisoli Junior, A.; Pinheiro, M.M.; Szejnfeld, V. L. Sarcopenia associada ao envelhecimento: aspectos etiológicos e opções terapêuticas. Revista Brasileira de Reumatologia. São Paulo. Vol. 46. Num. 6. 2006. p. 391-397.

-Spirduso, W. W., Francis, K. L., & MacRae, P. G. Physical Dimensions of Aging. Champain: Human Kinetics. 1995.

-Teixeira, V.O.N.; Filippin, L.I.; Xavier, R.M. Mecanismos de perda muscular da sarcopenia. Revista Brasileira de Reumatologia. São Paulo. Vol. 52. Num. 2. 2012. p. 247-259.

-Toscano, J.J.O.; Oliveira, A.C.C. Qualidade de Vida em idosos com distintos níveis de atividade física. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 3. 2009. p. 169-173.

-World Health Organization. Health Evidence Network. What are themain risk factors for disability in old age and how can disability beprevented. Copenhagen: WHO Regional Office for Europe. 2004.


Apontamentos

  • »
  • »
  • »
  • »


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui