Correlação entre controle postural e saltos verticais de mulheres ativas adultas-jovens e idosas

  • Samuel Klippel Prusch Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria-RS, Brasil.
  • Igor Martins Barbosa Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria-RS, Brasil.
  • Eduardo Porto Scisleski Centro Universitário Cenecista de Osório (UNICNEC), Osório-RS, Brasil.
  • Maria Izabel Prestes Garcia Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria-RS, Brasil.
  • Luiz Fernando Cuozzo Lemos Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria-RS, Brasil.

Resumo

O presente estudo buscou correlacionar valores da atividade eletromiográfica de membros inferiores em saltos verticais com valores do controle postural de mulheres ativas adultas-jovens e idosas. A amostra foi constituída por dois grupos, sendo o grupo de idosas (GI) com 10 participantes, e o grupo de adultas-jovens (GJ) com 12 participantes. Para o sinal EMG foi utilizado um eletromiógrafo, para os músculos vasto lateral (VL), bíceps femoral (BF), reto femoral (RF) e gastrocnêmio (GAS). Os saltos utilizados foram o Squat Jump (SJ) e o Counter Movement Jump (CMJ). Já o controle postural foi avaliado pelo teste de permanecer o mais imóvel possível durante 30 segundos, em apoio bipodal e unipodal. Na análise estatística os dados foram submetidos à estatística descritiva, utilizou-se os testes de Shapiro-Wilk, de Levene, além das correlações por Pearson, com nível 5% para todos os testes. Como resultados GI e GJ obtiveram correlações altas no VL na condição bipodal, em ambos saltos, porém GI ainda possuiu correlação alta no SJ em condição unipodal. O músculo RF não apresentou correlação para os grupos. O BF apresentou altas correlações no SJ em bipodal e unipodal nos dois grupos, contudo GJ ainda apresentou altas correlações em ambas às condições no CMJ. Por fim, GI não apresentou correlação no GAS, mas GJ apresentou correlação alta no SJ em condição unipodal. Assim, pode-se concluir que os testes de saltos possuem correlações com o controle postural, em especial o GJ para ambos os saltos e GI de forma mais efetiva em SJ.

Publicado
2020-05-03
Como Citar
Prusch, S. K., Barbosa, I. M., Scisleski, E. P., Garcia, M. I. P., & Lemos, L. F. C. (2020). Correlação entre controle postural e saltos verticais de mulheres ativas adultas-jovens e idosas. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 13(85), 886-894. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/1815
Seção
Artigos Científicos - Original