Efeito modulatório agudo pré e pós exercício aeróbio e resistido sobre glicemia e lactato

  • Samuel Barbosa Mezavila Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), Brasília-DF, Brasil.
  • Mateus Medeiros Leite Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), Brasília-DF, Brasil.
  • Márcio Rabelo Mota Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), Brasília-DF, Brasil.

Resumo

O objetivo do presente estudo foi determinar o efeito agudo do treinamento resistido ou aeróbico sobre os níveis glicêmicos e do lactato em homens jovens saudáveis. Foram divididos de forma randomizada 40 homens (22,33 ± 4,04 anos; 75,77 ± 11, +72 kg; 1,77 ± 0,09 m) em três grupos: exercício resistido (ER=15), exercício aeróbio (EA=15) e grupo controle (GC=10). Os resultados encontrados demonstram que ambos os protocolos aplicados não foram eficientes em criar variações glicêmicas (p > 0,05), porém, o exercício resistido parece ter sido mais severo que o aeróbico quando comparado as variações de lactato, demonstram assim uma maior atividade anaerobiose da musculação.

Publicado
2020-05-03
Como Citar
Mezavila, S. B., Leite, M. M., & Mota, M. R. (2020). Efeito modulatório agudo pré e pós exercício aeróbio e resistido sobre glicemia e lactato. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 13(87), 1284-1291. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/1901
Seção
Artigos Científicos - Original