Validação de conteúdo de cenas para avaliação do conhecimento tático declarativo no voleibol de praia

  • Edilberto Fernandes Pereira Junio Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba, Brasil.
  • Leopoldo Síndice da Silva Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba, Brasil.
  • José Fellipe Soares Maranhão Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba, Brasil.
  • Gilmário Ricarte Batista Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba, Brasil.
Palavras-chave: Cognição, Tomada de decisão, Voleibol

Resumo

Introdução: No esporte a capacidade tática e a qualidade da tomada de decisão são requisitos para um bom desempenho. A criação de testes para verificar este comportamento no contexto específico de cada modalidade é necessário. Objetivo: Realizar a validade de conteúdo de cenas para avaliação do conhecimento tático declarativo no voleibol de praia. Materiais e métodos: Participaram do estudo três peritos especialistas com diferentes qualificações e experiência mínima de 10 anos na modalidade. Os peritos analisaram a concordância de 103 cenas de ataque e utilizaram escala likert de 5 pontos para avaliar as cenas através dos critérios de clareza de imagem, pertinência prática e representatividade do item. Utilizou-se o coeficiente de validade de conteúdo (CVC) para determinar o CVC para cada cena e o instrumento como um todo, adotando 0,80 como o ponto de corte. Resultados: Todos os critérios obtiveram valores superiores ao mínimo preestabelecido. Obtendo a clareza de imagem CVC=0,90 e os critérios de pertinência prática e representatividade do item CVC=091, demonstrando alta validade de conteúdo. Conclusão: Considerando a validade ecológica, expressa pela convergência entre a decisão dos peritos e ação realizada pelo atleta, bem como os cálculos de CVC utilizados, conclui-se o processo com 21 cenas de ataque validadas para avaliação do conhecimento tático declarativo no voleibol de praia, mostrando-se relevante para um processo pedagógico no esporte, maior aprofundamento sobre aspectos cognitivos da modalidade e para a melhora do nível de entendimento da tomada de decisão dos atletas.

Referências

-Aburachid, L.M.C.; Greco, P.J. Validação de conteúdo de cenas do teste de conhecimento tático no tênis. Estudos de Psicologia. Vol. 28. Num. 2. 2011. p. 261-268.

-Balbinotti, M.A.A.; Benetti, C.; Terra, P.R.S. Translation and validation of the Graham-Harvey survey for the Brazilian context. International Journal of Managerial Finance. Vol. 3. Num.1. 2006. p. 26-48.

-Batista, G. R.; Araújo, R. F.; Guerra, R. O. Comparison between vertical jumps of high performance athletes on the brazilian men’s beach volleyball team. Journal of Sports Medicine and Physical Fitness. Vol. 48. Num. 2. 2008. p. 246-251.

-Buscà , B.; Moras, G.; Peña, J.; Rodríguez-Jiménez, S. The influence of serve characteristics on performance in men’s and women’s high-standard beach volleyball. Journal of Sports Sciences. Vol. 30. Num. 3. 2012. p. 269-276.

-Castro, H. O.; Cavalli, I.; Matias, C.J.A. S.; Mendes, J.C.; Greco, P.J. Relação entre o conhecimento tático declarativo e classificação final de equipes juvenis masculinas de voleibol. Rev. Acta Brasileira do Movimento Humano. Vol. 5. Num. 3. 2015 . p. 64-79.

-Coleman, J. Analisando os adversários e avaliando o desempenho da equipe. In Shondell, D. S.; Reynaud, C. A bíblia do treinador de voleibol. Porto Alegre. Artmed. 2005.

-Costa, G.C.T.; Castro, H. O.; Cabral, F. A.; Morales, J.C.P.; Greco, P.J. Content Validity of scenes of the Declarative Tactical Knowledge Test in Volleyball - DTKT:Vb. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 18 Num. 6. 2017. p. 629-637.

-Garganta, J. A análise da performance nos jogos desportivos. Revisão acerca da análise do jogo. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 1. Num. 1. 2001. p. 57-64.

-Greco, P.J. Conhecimento tático-técnico: eixo pendular da ação tática (criativa) nos jogos esportivos coletivos. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 20. Supl. 5. 2006 .p. 210-212.

-Grehaigne, J.; Godbout, P. Tactical Knowledge in Team Sports From a Constructivist and Cognitivist Perspective. Quest. Vol.47. 1995. p. 490-505.

-Grisi, R. B.; Pontes, N.E.C.; Domingos-Gomes, J.R.; Silva, L.S.; Costa, Y.P.; Torres, V.B.C.; Batista, G.R. Tempo despendido durante 12 semanas de treinamento e desempenho tático-técnico no voleibol escolar. Educación Física Y Ciencia. Vol. 21. Num. 2. 2019. p. 1-9.

-Hernández-Nieto, R. A. Contributions to statistical analysis. Mérida. Universidad de Los Andes. 2002.

-Lopes, M.C.; Magalhães, R.T.; Diniz, L.B.F.; Moreira, J.P.A.M.; Albuquerque, M.R. The influence of technical skills on decision making of novice volleyball players. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 18. Num. 3. 2016. p. 362-370.

-Matias, C.J.A. S.; Greco, P.J. Análise de jogo nos jogos esportivos coletivos: a exemplo do voleibol. Pensar a Prática. Vol. 12. Num. 3. 2009. p. 1-16.

-Matias, C.J.A. S.; Greco, P.J. Cognição & ação nos jogos esportivos coletivos. Ciência & Cognição. Vol. 15. Num. 1. 2010. p. 252-271.

-Medeiros, A.I.A.; Marcelino, R., Mesquita, I.M.; Palao, J.M. Performance differences between winning and losing under-19, under-21 and senior teams in men’s beach volleyball. International Journal of Performance Analysis in Sport. Vol. 17. Num. 1-2. 2017. p. 96-108.

-Mesquita, I.; Teixeira, J. Caracterização do processo ofensivo no voleibol de praia masculino de elite mundial, de acordo com o tipo de ataque, a eficácia e o momento do Jogo. Revista Brasileira de Ciencias do Esporte. Vol. 26. Num. 1. 2004. p. 33-49.

-Michalopoulou, M.; Papadimitriou, K.; Lignos, N.; Taxildaris, K.; Antoniou, P. Computer analysis of the technical and tactical effectiveness in greek beach volleyball. International Journal of Performance Analysis in Sport. Vol. 5. Num. 1. 2005. p. 41-50.

-Moreira, P.E.D.; Soares, V.O.V.; Praça, G.M.; Matias, C.J.A.S.;Greco, P.J. Conhecimento Tático Declarativo em Jogadores de Futebol Sub-14 e Sub-15. Kinesis. Vol. 2. Num. 32. 2014. p. 1-13.

-Palao, J. M.; Lopez-Martinez, A.B.; Valadés, D.; Ortega, E. Physical actions and work-rest time in men’s beach volleyball. Motriz. Revista de Educacao Fisica. Vol. 20. Num. 3. 2014. p. 25-261.

-Palao, J.M.; López, P.M.; Ortega, E. Design and validation of an observational instrument for technical and tactical actions in beach volleyball. Motriz. Revista de Educacao Fisica. Vol. 21. Num. 2. 2015. p. 137-147.

-Pasquali, L. Validade dos testes psicológicos: será possível reencontrar o caminho? Psicologia: Teoria e Pesquisa. Vol. 23. Num. Especial. 2007. p. 99-107.

-Porath, M.; Collet, C.; Milistetd, M.; Salles, W. das N.; Nascimento, J. V. do. Nível de Desempenho Técnico-Tático das Equipas de Voleibol em Escalões de Formação. Motricidade. Vol. 12. Num. 2. 2016. p. 8-17.

-Praça, G.M.; Lopes, M.; Morales, J.; Greco, P.J. Teste de Conhecimento Tático Declarativo no Futebol: TCTD: Fb2: Validação Preliminar. Revista de Educação Física. Vol. 85. Num. 2. 2016. p. 199.

-Schläppi-Lienhard, O.; Hossner, E. J. Decision making in beach volleyball defense: Crucial factors derived from interviews with top-level experts. Psychology of Sport and Exercise. Vol. 16. 2015. p. 60-73.

Publicado
2021-10-10
Como Citar
Pereira Junio, E. F., Silva, L. S. da, MaranhãoJ. F. S., & Batista, G. R. (2021). Validação de conteúdo de cenas para avaliação do conhecimento tático declarativo no voleibol de praia. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 14(93), 735-741. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/2187
Seção
Artigos Científicos - Original