Análise do desempenho no teste de 1RM no exercício supino livre em indivíduos com diferentes tempos de treinamento

Ricardo Reis Dinardi, Pedro Henrique de Barros Carvalho Pinto

Resumo


A classificação de um indivíduo como treinado em musculação é um critério de inclusão em pesquisas realizadas com o treinamento na musculação. Diferentes parâmetros são utilizados, entre eles, o tempo de treinamento na modalidade referida. Este estudo teve como objetivo analisar se há diferença no desempenho no teste de uma repetição máxima (1RM) no exercício supino livre em indivíduos com diferentes tempos de treinamento na musculação. Participaram do estudo 24 indivíduos do sexo masculino que estavam treinando musculação. Os valores do desempenho no teste foram separados em dois grupos: Grupo 1 (G1), indivíduos com até seis meses de treinamento na musculação e Grupo 2 (G2), indivíduos com mais de seis meses. Através do Teste-T foi verificado uma diferença estatística significativamente menor (p<0,05) ao comparar o valor médio total do peso levantado pelo G1 (82,9 Kg) em relação ao G2 (95,7 Kg). Os resultados do presente estudo auxiliarão em pesquisas nesta área, melhorando os critérios de inclusão, e também, na formação de grupos experimentais mais homogêneos. Além disto, poderá ajudar no melhor dimensionamento da carga de treinamento em programas de treinamento na musculação.

 

ABSTRACT 

Analysis of performance in 1RM test the year supino free in subjects with different times of training

The classification of an individual as trained in weight training is an inclusion criterion in research conducted with training in weight training. Different parameters are used, among them, the training time in the form above. This study aimed to examine whether there are differences in the performance of one repetition maximum (1RM) in the bench press exercise in individuals with different training times in weight training. The study included 24 male subjects who were weight training. The values of the performance test were separated into two groups: Group 1 (G1), individuals with up to six months of training in weight training and Group 2 (G2), individuals older than six months. Through the T-test was verified a significantly smaller statistical difference (p<0.05) when comparing the average total value of the weight lifted by G1 (82.9 kg) compared to G2 (95.7 kg). The results of this study will assist in research in this area, improving the inclusion criteria, and also in the formation of more homogeneous groups. Furthermore you can help in better scaling of the training load in training programs in weight training.

 


Palavras-chave


Força máxima; Teste de uma repetição máxima (1RM); Treinamento; Musculação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui