Mecanismos fisiológicos da Fadiga

  • Nelson Kautzner Marques Junior Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela Universidade Castelo Branco, RJ, Brasil
Palavras-chave: Exercício, Esportes, Fadiga muscular

Resumo

O estudo sobre a fadiga é efetuado há algum tempo pelos cientistas da fisiologia do exercício. Apesar de a fadiga ser muito investigada, até a data presente sabe-se pouco sobre os mecanismos fisiológicos desse fenômeno durante e após o esforço físico que deteriora a performance. Porém, para Enoka e Duchateau (2008), compreender a fadiga é conhecer as respostas fisiológicas durante e após o exercício que limitam o desempenho físico. O objetivo da revisão foi explicar os mecanismos fisiológicos da fadiga ocasionados durante o exercício. O artigo explicou os sítios da fadiga dos livros de Educação Física, sendo composto pelos seguintes conteúdos: depleção dos substratos energéticos, acúmulo de subprodutos metabólicos, fadiga na junção neuromuscular, fadiga no sarcolema e nos túbulos T, fadiga no retículo sarcoplasmático e dor muscular tardia. Também ensinou sobre outros locais da fadiga pouco abordados na Educação Física, sendo os seguintes: fadiga respiratória, fadiga cardiovascular, fadiga cardiorrespiratória, transtorno do fluxo sanguíneo periférico e central proveniente da fadiga e fadiga central. O trabalho ensinou como pesquisar os sítios da fadiga de forma integrada. Em conclusão, o estudo da fadiga requer conhecimento de vários componentes anatômicos e fisiológicos do ser humano, merecendo a pesquisa deles de maneira integrada com o intuito de identificar qual sítio da fadiga interfere mais ou menos durante o exercício.

 

ABSTRACT

Physiological mechanisms of the fatigue

The study about the fatigue is practices during some time by exercise physiology scientists. Although the fatigue is very investigated, until the present date the fatigue is little known about physiological mechanisms of this phenomenon during and after the physical exertion that deteriorates the performance. But for Enoka and Duchateau (2008), understanding the fatigue is to understand the physiological responses during and after the exercise that limit the physical performance. The objective of the review was to explain the physiological mechanisms of the fatigue occasioned during the exercise. The article explained the places of the fatigue of the Physical Education books, with the following contents: depletion of the energy substrates, accumulation of metabolic products, fatigue at the neuromuscular junction, fatigue in the sarcolemma and T tubules, fatigue in the sarcoplasmic reticulum and delayed onset muscle soreness. Also the article taught about others places of the fatigue little discussed in the Physical Education, with the following contents: respiratory fatigue, cardiovascular fatigue, cardiorespiratory fatigue, disorder of the peripheral blood flow and of the central blood flow due to fatigue. The article taught how to research the places of the fatigue of integrated manner. In conclusion, the study of the fatigue require knowledge of various anatomical and physiological components of the humans, deserving the research of the places of the fatigue of integrate manner with the objective of identify which fatigue place interferes more or less during the exercise.

Biografia do Autor

Nelson Kautzner Marques Junior, Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela Universidade Castelo Branco, RJ, Brasil
Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela UCB do RJ, Brasil
Publicado
2016-04-28
Como Citar
Marques Junior, N. K. (2016). Mecanismos fisiológicos da Fadiga. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 9(56), 671-720. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/879
Seção
Artigos Científicos - Revisão