Perfil antropométrico e aeróbio de jogadoras de uma equipe de rugby sevens: diferenças entre posições táticas

Nuno Manuel Frade de Sousa, Helayne Stinguel, Raquel de Souza Mairink, Demetrius Pereira Baia, Danilo Rodrigues Bertucci, Raul Agostinho Simões Martins

Resumo


O rugby sevens é jogado em um campo com as medidas oficias do rugby-15 e com duração de dois tempos de 7 minutos entre equipes com apenas 7 jogadores cada. Apesar de no sevens três jogadores serem designados como forwards e quatro como backs, esses papéis táticos não são tão claros como no rugby-15. O objetivo foi avaliar e comparar ente as diferentes posições o perfil antropométrico e de performance aeróbia de jogadoras de rugby sevens. Participaram da pesquisa 20 atletas femininas do Vitória Rugby Club (Vitória, ES). As atletas foram agrupadas, em função da sua posição no campo, em forwards (n = 11) e backs (n = 9). Foi realizada uma avaliação antropométrica e uma valiação cardiorrespiratória das atletas. As forwards apresentaram maior massa corporal, maior índice de massa corporal, maior percentual de gordura e maior massa muscular. As backs apresentaram maior consumo máximo de oxigênio (45,3 ± 3,8 mL/kg/min vs 39,7 ± 5,0 mL/kg/min), maior velocidade do consumo máximo do oxigênio e maior intensidade do limiar ventilatório e limiar de compensação respiratória. Concluímos que existem diferenças significativas entre as posições táticas de forwards e backs das jogadoras amadoras de rugby sevens. Todas essas diferenças são explicadas pelas ações específicas realizadas em campo por cada grupo de jogadoras.

 

ABSTRACT 

Anthropometric and aerobic profile of women rugby seven players: differences between positions

The rugby sevens is played on a standard 15-a-side rugby pitch over two 7-minute halves between teams of 7 players; although 3 players are designated as forwards and 4 players as backs, these roles are not as clearly delineated as those in the 15-a-side game. The aim was to evaluate and to compare the anthropometric characteristics and aerobic performance of rugby players between different positions. Twenty female rugby seven players were divided into forwards (n = 11) and backs (n = 9) and undertook anthropometric and endurance testing. The forwards had higher body mass, higher body mass index, higher percentage of fat mass and higher muscle mass. The backs had higher oxygen uptake consumption (45,3 ± 3,8 mL/kg/min vs 39,7 ± 5,0 mL/kg/min), higher velocity of oxygen uptake consumption and higher intensity of ventilatory threshold and respiratory compensation threshold. In conclusion, there are significant differences between the tactical positions of forwards and backs of amauter female rugby seven players. The differences could be explained by the specific actions taken in the field for each group of players.


Palavras-chave


Antropometria; Ergoespirometria; Percentual de massa gorda; Consumo máximo de oxigênio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui