Influência da ginástica laboral com base em exercícios de pilates na dor osteo muscular e qualidade do sono: estudo controlado, aleatório e randomizado

  • Mônica Beatriz Ferreira Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
  • Liliani Arantes Zanin Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
  • Viviane Cristina Ferreira Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
  • Danillo Barbosa Docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), Guarapuava-PR, Brasil
  • Ivo I. Kerppers Docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), Guarapuava-PR, Brasil

Resumo

Introdução: as queixas osteomusculares e os distúrbios do sono trazem consequências à saúde do trabalhador além de um importante custo financeiro para a empresa. O objetivo do presente estudo foi verificar a efetividade de um protocolo de exercícios de ginástica laboral baseado no método pilates, sobre a queixa álgica e qualidade subjetiva do sono em funcionários de uma empresa. Materiais e Métodos: trata-se de um estudo aleatorizado controlado e randomizado. Participaram 57 (n=57) sujeitos em dois grupos: Grupo Experimental (GE) - (n=27) e Grupo Controle (GC) - (n=30), totalizando 12 sessões de intervenção. Houve aprovação no comitê de ética e pesquisa. Foi utilizada a escala visual analógica de dor e o índice de qualidade de sono de pittsburgh. A avaliação foi realizada por um pesquisador cego. Resultados: Após a intervenção no GE houve redução de 5 para 4 na Eva e Dor, no PSQI escore variou de 2 para 11 pontos com média de 5 (±3,06) demonstrando queda no escore global. No GC o escore de dor manteve e aumentou o escore global do PSQI. Conclusão: Os achados indicam efetividade do protocolo de exercícios de ginástica laboral baseado no método pilates quando comparado com o GC. Observou-se a preocupação dos participantes em procurar recurso para melhorar a dor negligenciando a queixa quanto a qualidade de sono. Os dados indicam a necessidade de estudos aprofundados que demonstrem os resultados de intervenções com aplicações de diferentes métodos para fins de comparação da efetividade.

Biografia do Autor

Mônica Beatriz Ferreira, Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
Docente e Coordenadora do curso de fisioterapia, Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
Liliani Arantes Zanin, Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
Graduada em Fisioterapia, Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
Viviane Cristina Ferreira, Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
Docente, Centro Universitário do Sul de Minas Gerais (UNIS), Varginha-MG, Brasil
Danillo Barbosa, Docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), Guarapuava-PR, Brasil
Departamento de Fisioterapia Traumato Ortopédica e Desportiva
Ivo I. Kerppers, Docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), Guarapuava-PR, Brasil
Docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), Guarapuava-PR, Brasil
Publicado
2020-05-03
Como Citar
Ferreira, M. B., Zanin, L. A., Ferreira, V. C., Barbosa, D., & Kerppers, I. I. (2020). Influência da ginástica laboral com base em exercícios de pilates na dor osteo muscular e qualidade do sono: estudo controlado, aleatório e randomizado. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 13(87), 1131-1140. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/1554
Seção
Artigos Científicos - Original