Efeitos da atividade física na saúde e aptidão física de idosos: uma revisão de literatura

  • Rodrigo de Oliveira Bastos Honorato Centro Universitário Leonardo da Vinci, Indaial do Sul, Santa Catarina, Brasil.
  • Camila Silva SAmorim Centro Universitário Leonardo da Vinci, Indaial do Sul, Santa Catarina, Brasil.
  • Frederico Barros Costa Universidade Tiradentes, Aracaju, Sergipe, Brasil; Laboratório de Biociências da Motricidade Humana, Aracaju, Sergipe, Brasil.
  • Carlos Eduardo Lima Monteiro Centro Universitário Leonardo da Vinci, Indaial do Sul, Santa Catarina, Brasil; Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil; Laboratório de Biociências da Motricidade Humana, Aracaju, Sergipe, Brasil.
  • Estélio Henrique Martin Dantas Universidade Tiradentes, Aracaju, Sergipe, Brasil; Laboratório de Biociências da Motricidade Humana, Aracaju, Sergipe, Brasil.
Palavras-chave: Atividade Física, Saúde, Idoso, Envelhecimento

Resumo

Introdução: O fenômeno do aumento da população idosa que vem sendo observado em todo o mundo nas últimas décadas está diretamente relacionado a aspectos como a diminuição das taxas de fecundidade e mortalidade, dentre muitas outras contribuições da ciência. Objetivo: O objetivo do presente estudo é identificar diferentes estudos da área de Educação Física sobre a interação da atividade física na qualidade de vida de diferentes grupos de idosos e seus resultados. Materiais e métodos: Foi realizada uma breve revisão bibliográfica de trabalhos publicados nos anais dos dois últimos Congressos Brasileiros de Ciência do Esporte (CONBRACE) e Congressos Internacionais de Ciência do Esporte (CONICE), importantes eventos na área da Educação Física realizados pelo Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE). Resultados e Discussão: Os principais achados foram os benefícios da atividade física na saúde do idoso, socialização e autoestima, atividade física no auxílio ao tratamento de doenças crônicas e, atividade física na melhora de componentes da aptidão física relacionados a saúde. Conclusão: Conclui-se que a prática de atividade física apresenta uma importância ainda maior durante a terceira idade.

Referências

-Albuquerque, D.B.; Santos, J.H.; Anjos, D.F.F. A atividade física como efeito aditivo no tratamento da depressão em mulheres idosas. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 20. 2017. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2017/7conice/paper/view/9808/4759

-Araújo, C.B.; Lôla, J.S.; Almeida, J.S.; Barreto, M.S. O papel do professor de educação física no projeto de extensão UATI: Um relato de experiência. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 20. 2017. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2017/7conice/paper/viewFile/9886/4653

-Arcila, D.M.C.; Monteiro, P.E.; Gomeñuka, N.A.; Gehrke, R.S.; Pagnussat, A.S.; Peyré-Tartaruga, L.A. Metodologia pedagógica aplicada ao ensino da caminhada nórdica e livre para pessoas com doença de Parkinson. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015. Disponível em: http://revista.cbce.org.br/index.php/cadernos/article/view/2265/1258

-Bastos, C.A.S.; Soares, H.S.; Medeiros, A.G.A. Flexibilidade na terceira idade: um relato de experiência. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 20. 2017. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2017/7conice/paper/viewFile/9039/4618

-Câmara Municipal de São Paulo. Sedentarismo atinge mais da metade dos idosos no Brasil. 2016. Disponível em: http://www.saopaulo.sp.leg.br/blog/sedentarismo-atinge-mais-da-metade-dos-idosos-no-brasil/

-Camargo, T.C.; Telles, S.C.C.; Souza, C.T.V. Inventando o envelhecimento através das práticas corporais: escolhas possíveis no cotidiano que se revela na Intergeracionalidade. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 20. 2017. Disponível em: http://cev.org.br/biblioteca/re-inventando-o-envelhecimento-atraves-das praticas-corporais-escolhas-possiveis-no-cotidiano-que-se-revela-na-intergeracionalidade

-Farinatti, P.T.V. Envelhecimento, Promoção da Saúde e Exercícios: bases teóricas e metodológicas. Barueri. Manole. 2008.

-Gonçalves, C.S.; Viana, R.N.A.; Gonçalves, L.S. Atividades culturais, artísticas e literárias dentro da ILPI: Uma reflexão sobre essas atividades como manifestações de lazer. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/viewFile/7123/3728%3E

-Guedes, D.P.; Guedes, J.E.R.P. Atividade Física, Aptidão Física e Saúde. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Num. 1. 1995. p. 18-35.

-IBGE. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - Características dos Moradores e Domicílios. 2018. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/20980-numero-de-idosos-cresce-18-em-5-anos-e-ultrapassa-30-milhoes-em-2017

-Lakatos, E.M.; Marconi, M.A. Fundamentos de metodologia científica. 5ª edição. São Paulo. Atlas. 2003.

-Neto, G.P.L.; Costa, R.F.; Furtado, R.S; Silva, I.M.L.; Souza, C.V. envelhecimento, idoso e atividade física no congresso brasileiro de ciência do esporte (Conbrace). Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/viewFile/7287/3898

-OMS. Organização Mundial da Saúde.. Mais de 1,5 bilhão de adultos no mundo não praticam atividade física suficiente. 2018. Disponível em: https://nacoesunidas.org/mais-de-14-bilhao-de-adultos-no-mundo-nao-praticam-atividade-fisica-suficiente

-Pereira, A.T.; Tyll, M.G.; Rocha, L.D.C. A prescrição de atividade física direcionada ao idoso na atenção primaria à saúde: um relato de experiência. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 20. 2017. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/download/7285/3399

-Prado, E.C.G.; Santana, N.Q.S.; Jacob, T.; C.; Neves, R.L.R. Presença da educação física na saúde do idoso: caso da unidade de atenção básica à saúde da família em Goiânia-GO. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/viewFile/7096/3377

-Reichert, T.; Coconcelli, L.; Simmer, N.M.; Bagatini, N.C.; Costa, R.R.; Kruel, L.F.M. Efeitos de um treinamento de hidroginástica sobre a Frequência cardíaca no segundo limiar ventilatório de Mulheres dislipidêmicas. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015.

-Rojo, M.R.S.; Carvalho, S.M.R.; Marin, M.J.S.; Dátilo, G.M.P.A.; Barbosa, P.M.K. Efeitos do exercício físico na aptidão física e funções cognitivas de idosos. Brazilian Journal of Health. Vol. 3. Num. 2. 2005. p. 2243–2262.

-Santos, B.A.; Ferreira, E.F.S.; Assis, R.A.; Pereira, J.S.N. Um estudo da flexibilidade das alunas do projeto de extensão “qualidade de vida para o adulto e o idoso”. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/viewFile/7858/3388

-Santos, D.P. O envelhecimento e a atividade física: uma perspectiva epidemiológica em um hospital em Belém-PA. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015.

-Santos, D.P.; Cantanhede, T.C. Benefícios da atividade física em grupo na qualidade de vida do idoso. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 20. 2017.

-Santos, L.M.M.; Maia, M.R.S.; Furtado, F.M.G.P. Nível de atividade física influencia mais do que a idade na funcionalidade e no medo de cair em idosos. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/view/7015/3368

-Sousa, F.E.V.; Rosa, T.S.; Mendes, M.T.; Sousa, Y.R.C.; Sampaio, T.M.V.; Moraes, M.R. Movimentos rítmicos e expressivos em idosas hipertensas: uma atividade dançante hipotensora pós-exercício. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 19. 2015. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/view/7485

-Thimóteo, F.B.; Santos, D.C.; Anacleto, F.N.A.A.; Henrique, J. Análise do nível de atividade física, autonomia funcional e depressão em idosos ativos e sedentários. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 20. 2017. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2017/7conice/paper/view/8993

-Vieira, A.F.; Buttelli, A.C.K.; Jardim, D.; Masiero, M.P.B.; Costa, R.R.; Kruel, L.F.M. Efeitos de dois modelos de treinamento de Hidroginástica na composição corporal de mulheres idosas dislipidêmicas. Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte. Vol. 20. 2017. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/download/7709/3371

-Weineck, J. Biologia do Esporte. São Paulo. Manole. 1991.

Publicado
2022-08-06
Como Citar
Honorato, R. de O. B., SAmorim, C. S., Costa, F. B., Monteiro, C. E. L., & Dantas, E. H. M. (2022). Efeitos da atividade física na saúde e aptidão física de idosos: uma revisão de literatura. RBPFEX - Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, 15(97), 369-378. Recuperado de http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/2390
Seção
Artigos Científicos - Revisão