Conhecimento dos alunos do curso de Educação Física sobre treinamento resistido

Natan Feter, Matheus Pintanel Freitas, Airton José Rombaldi

Resumo


O estudo buscou identificar o nível de conhecimento sobre treinamento resistido (TR) e sua relação com a prática dessa modalidade em alunos dos anos iniciais e finais dos cursos de bacharelado e licenciatura em Educação Física de uma universidade no sul do Brasil. A amostra era composta por universitários de ambos os sexos (n=170), divididos em quatro grupos: alunos do primeiro e último ano dos cursos de bacharelado e licenciatura (diurno/noturno). Assim, foi utilizado um questionário composto por 30 questões fechadas, que propunha identificar o nível de conhecimento sobre TR. O instrumento era dividido em dois domínios (15 questões cada): anatomia-cinesiologia e princípios-métodos. O escore máximo possível era de 30 pontos (15 pontos por domínio), e para que fosse considerado como satisfatório, o escore deveria atingir o ponto de corte de 70% do escore máximo. Entre os alunos que praticavam TR, foi observada prevalência de prática superior a um ano (43,3%). Ainda, os estudantes do último ano dos cursos de licenciatura e bacharelado apresentaram escore total médio de 17,9 e 18,8 pontos (p>0,05). Todavia, os alunos ingressantes obtiveram escores total médio estatisticamente menores (10,6 e 13,5 anos, respectivamente; p<0,001) comparados com os formandos. Após as análises ajustadas, somente a etapa no curso de graduação (β=6,72; p<0,001) e o tempo de prática de TR (β =1,11; p=0,001) mantiveram associações significativas com o escore de conhecimento. Portanto, os resultados sugerem que os alunos do último ano do curso de bacharelado e licenciatura em Educação Física possuem um conhecimento igualmente insatisfatório sobre TR.

 

ABSTRACT 

Students of physical education course on resistance training

This study aimed to identify the level of knowledge about resistance training (RT) and its relation with this practice in students in the first and last years of the Exercise Science and Physical Education undergraduate courses of a federal university in the southern Brazil. The sample was formed by students of both sexes (n = 170) and was divided into four groups: students in the first and final year of Exercise Science and Physical Education undergraduate degree course. Therefore, to identify the level of knowledge about RT, a validated questionnaire composed by 30 closed questions was used. Moreover, the students needed achieved the cut-off of 70% of maximum score to be considered with a satisfactory knowledge. The sample had a mean age of 23.7 ± 6.7 years, and from students who practiced RT, most did it for more than 12 months (43.3%). Students at last year in Exercise Science and Physical Education undergraduate course reported a mean total score of 17.9 and 18.8 (p>0,05). Nevertheless, first year undergraduate students achieved mean total score statistically different when compared with last year students (10.6 and 13.5, respectively; p<0.001). After the adjusted associations, only the years at undergraduate course (β = 6.72; p <0.001) and the practice time RT (β = 1.11; p = 0.001) maintained statistically significant associations with the score of knowledge (outcome). Thus, the results suggest that students at the final year of Exercise Science and Physical Education undergraduate course have an equally insufficient knowledge about RT.


Palavras-chave


Conhecimento; Educação física; Treinamento; Estudantes; Treinamento de resistência

Texto completo:

PDF

Referências


-Barros, F.C.; Silva, M.C. Conhecimento sobre atividade física e fatores associados em adolescentes estudantes do ensino médio da zona rural. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Vol. 18. Num. 12. 2013. p. 594-603.

-Bompa, T.O. A Periodização no Treinamento Esportivo. Editora Manole Ltda; 2001. p.262.

-CNE. Resolução C. CP 1, de 18 de fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena com fundamento nos Pareceres CNE/CP. 2001. p. 9.

-CNE. Resolução CNE/CP no 7, de 31 de Março de 2004. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Educação Física, em nível superior de graduação plena. 2004. p. 18-19.

-Cornelissen, V.A.; Smart, N.A. Exercise training for blood pressure: a systematic review and meta-analysis. Journal of American Heart Association. Vol. 22. Num. 1. 2013. p. e004473.

-CREF. Resolução CREF2/RS Nº 042, de 20 de janeiro de 2011. Dispõe sobre o Estatuto do Conselho Regional de Educação Física da 2ª Região -CREF2/RS. 2011. p.14.

-Domingues, M.R.; Araújo, C.L.P.; Gigante, D.P. Conhecimento E Percepção Sobre Exercício Físico Em Uma População Adulta Urbana Do Sul Do Brasil. Caderno de Saúde Pública. Vol. 20. Num. 1. 2004. p. 204-215.

-Faigenbaum, A.D.; Myer, G.D. Resistance training among young athletes: safety, efficacy and injury prevention effects. British Journal of Sports Medicine. Vol. 44. Num. 1. 2010. p. 56-63.

-Fatouros, I.G.; Tourins, S.; Leontsini, D.; Jamurtas, A.Z.; Sxina, M.; Thomakos, P.; Manousaki, I.; Douroudos, K.; Taxildaris, A. Mitrakou Leptin and adiponectin responses in overweight inactive elderly following resistance training and detraining are intensity related. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism. Vol. 90. 2005. p. 5970-5977.

-Furtado, R.P.; Santiago, L.P. Educação Física e trabalho: considerações a respeito da inserção profissional de egressos da FEF-UFG. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 29. Num. 2. 2015. p. 325-336.

-Hinz, E.K.; Kudesia, R.; Rolston, R.; Caputo, T.A.; Worley, M.J. Physician knowledge of and adherence to the revised breast cancer screening guidelines by the United States Preventive Services Task Force. American Journal of Obstetrics & Gynecology. Vol. 205. Num. 3. 2011. p. 201e1-201e5.

-Huang, C.J.; Webb, H.E.; Zourdos, M.C.; Acevedo, E.O. Cardiovascular reactivity, stress, and physical activity. Frontiers in Physiology. Vol. 4. 2013.

-IHRSA. The 2014 IHRSA Global Report. The state of the Health Club Industry. Boston: IHRSA.

-Muller, A.C. Validação de questionário sobre conhecimento em treinamento resistido. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal de Pelotas. Pelotas. 2015.

-Myer, G.D.; Quatman, C.E.; Khoury, J.; Wall, E.J.; Hewett, T.E. Youth versus adult “weightlifting” injuries presenting to United States emergency rooms: accidental versus nonaccidental injury mechanisms. The Journal of Strength & Conditioning Research. Vol. 23. Num. 7. 2009. p. 2054.

-Salerno, M.; Rombaldi, A.J.; Reichert, F.F.; Silva, M.C. Conhecimento sobre atividade física e saúde dos profissionais de academias de Pelotas, RS, BR. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Vol. 21, Num. 5, 2015. p.345-349.

-Silveira, E.F.; Silva, M.C. Conhecimentos Sobre Atividade Física Em Estudantes De Uma Cidade Do Sul Do Brasil. Motriz, Vol. 17, Num. 3, 2011. p. 456-467.

-Singh, N.A.; Stavrinos, T.M.; Scarbek, Y.; Galambos, G.; Liber, C.; Singh, M.A. A randomized controlled trial of high versus low intensity weight training versus general practitioner care for clinical depression in older adults. The journals of gerontology. Series A, Biological sciences and medical sciences. Vol. 60. Num. 6. 2005. p. 768-776.

-UFPEL, Universidade Federal de Pelotas. Projeto pedagógico do curso de Bacharelado em educação física. Disponível em: .

-Wagner, E. Estudo de lesões musculares e articulares em praticantes de musculação de uma academia do município de Florianópolis. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2013.

-Wilken, I.S. Profissionalização precoce em academias de belo horizonte na área de educação física. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui